É normal ter dúvidas antes do parto?

6 de julho de 2019
Quando chega o momento do parto, é normal que as futuras mamães fiquem cheias de dúvidas e medos, especialmente no caso das mães de primeira viagem. O melhor conselho é prestar atenção ao que o corpo faz você sentir.

É normal ter dúvidas antes do parto, até mesmo um pouco de medo. Certamente, a melhor forma de acalmar a ansiedade é aprender e conhecer mais sobre as fases do parto e tudo o que for relacionado a esse momento tão importante. De fato, uma futura mamãe segura e serena pode enfrentar esse processo de uma forma bastante positiva.

Quais são dúvidas mais frequentes antes do parto?

Geralmente, as principais dúvidas da futura mamãe estão relacionadas ao processo de parto em si, quão doloroso pode ser e se as mudanças que o seu corpo está experimentando são normais ou não.

Na verdade, o próprio corpo é o melhor guia na maioria dos casos. Portanto, saber escutar o próprio organismo e prestar atenção ao que ele diz pode fazer a diferença entre o bem-estar e o desconforto. Assim, ter o máximo de informações possíveis e procurar esclarecer todas as dúvidas antes do parto certamente garantirão um resultado feliz.

Mudanças no corpo quando momento do parto se aproxima

À medida que o tão esperado momento do nascimento se aproxima, o corpo da mulher passa por algumas mudanças físicas.

  • Aumento no nível hormonal. Nessa fase, o corpo da mãe começa a se preparar para o parto. Então, a mulher começa a sentir contrações leves, sensação de frio, tremores ou uma certa sensação de fraqueza.
  • Essa alteração hormonal ocorre porque o colo do útero está dilatando. Da mesma forma, as contrações permitem que o bebê comece a se acomodar.
  • Além disso, outras mudanças físicas importantes para ter em mente são o inchaço das pernas e tornozelos e as cãibras.
  • Pressão na uretra, e portanto, desejo constante de ir ao banheiro, além da pressão na pélvis e no reto.
  • Leve coceira na vagina.
  • Forte acidez no estômago.
  • Desconforto leve, semelhante ao do ciclo menstrual.

Para ajudar nesse processo, é conveniente rever os sintomas que anunciam que o parto está próximo. Assim, você pode conseguir diferenciar um sintoma de outro e não ficará preocupada antes do tempo causando estresse desnecessário.

As gestantes podem ter muitas dúvidas antes do parto, mas existem vários métodos para calcular o momento certo.

5 sinais de que o parto está próximo

Quando o oitavo mês de gravidez se aproxima, o útero começa a se contrair e endurecer em alguns momentos. Isso é comumente chamado de ‘chutes de bebê’. São contrações leves e significa que o útero está se preparando para o momento do parto.

“É normal ter dúvidas antes do parto, até mesmo um pouco de medo. Assim, o melhor a se fazer para acalmar a ansiedade é aprender e conhecer mais sobre as fases do parto.”

Outros sintomas que indicam que a chegada do bebê se aproxima são:

  1. O bebê começará a se posicionar, descendo em direção à pélvis. Esse movimento proporcionará um alívio na região torácica e vai permitir que a mãe respire melhor.
  2. A mulher começa a sentir contrações de forma regular, que progressivamente se tornam mais dolorosas. Isso é conhecido como dilatação progressiva do útero e ocorre devido à pressão exercida pelos músculos do útero que empurram o bebê para a pélvis.
  3. O colo do útero começará a relaxar para permitir que o bebê saia. Nesse momento, o médico vai verificar a dilatação do colo através do exame de toque.
  4. Expulsão do tampão mucoso. O tampão mucoso protege o bebê, selando o colo do útero e evitando o contato com agentes externos. Por isso, quando o momento do parto se aproxima, a mulher expele uma substância mucosa na forma de fluxo.
  5. Rompimento da bolsa. É o termo usado para se referir ao momento em que a bolsa de líquido amniótico estoura. Normalmente, é o sinal da chegada de fortes contrações. Esse é o momento certo para ir ao hospital escolhido.

Em relação a esses sinais, os mais importantes são a expulsão do tampão mucoso, o rompimento da bolsa e a redução do tempo entre uma contração e outra. Normalmente, durante a última hora antes do parto, as contrações ocorrem a cada cinco minutos e têm duração de um minuto.

Se você apresentar esses três sintomas, é necessário ir ao obstetra para verificar a dilatação cervical. Então, se prepare pois o bebê está chegando!

Muitas mulheres têm dúvidas antes do parto.

Motivos para consultar um médico antes do previsto

Se algum destes sintomas aparecer, é necessário consultar o médico imediatamente:

  • Rompimento do saco amniótico.
  • Sangrar de forma visível.
  • Expulsar líquido de coloração esverdeada ou amarelada.
  • Apresentar febre.
  • Forte dor de cabeça.
  • Dor abdominal.

Em suma, é necessário ter conhecimento sobre todos os aspectos relacionados a esse momento tão importante. Dessa forma, as dúvidas da futura mamãe serão sanadas, preparando-a para o processo com muito mais confiança e tranquilidade. Afinal de contas, o importante é garantir a saúde e o bem-estar da mãe e do bebê sempre.