Educação ambiental para crianças

· 13 de outubro de 2018
Desde identificar os componentes do meio ambiente até saber como reciclar materiais, tudo o que você possa ensinar ao seu filho sobre a consciência ambiental irá ajudar. Apresentaremos algumas atividades para iniciá-lo nesta jornada.

Todos nós vivemos neste mundo e, portanto, é nossa obrigação saber como cuidar dele.

Nesse sentido, a educação ambiental para crianças assume um papel fundamental: as crianças devem ser ensinadas a respeitar, valorizar e proteger tudo o que nos rodeia.

A infância é um estágio extremamente fértil para semear ideias construtivas nas crianças.

Isso acontece porque elas estão descobrindo o mundo, não são preconceituosas e estão abertas a incorporar todas as ideias que apresentamos.

Claro, apenas falar não é suficiente. Você deve dar o exemplo!

Em cada um dos ensinamentos que você queira transmitir, você deve ser o primeiro a cumpri-los.

Dessa forma, a criança irá imitar seu comportamento e se sentirá orgulhosa de agradar a mamãe.

Nesse sentido, a educação ambiental para crianças não fica de fora de nenhuma dessas considerações.

Esse conhecimento é cada vez mais necessário, pois a situação de nosso planeta está se tornando cada vez mais negativa.

A seguir, detalharemos algumas atividades para realizar com as crianças para ensiná-las a amar e cuidar do meio ambiente.

Atividades de educação ambiental para crianças

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), publicou há quase duas décadas algumas atividades que podem ser desenvolvidas para transmitir esse tipo de educação a crianças pequenas.

Elas despertam o interesse dos pequenos e, certamente, não perderam sua validade.

Listaremos, aqui, as mais importantes para que você possa praticar com seus filhos em seu tempo livre.

Educação ambiental

1. Moinho de vento

Uma excelente primeira aproximação das fontes de energia alternativa para crianças em idade inicial pode ser a construção de um moinho de vento. É extremamente simples e totalmente gráfico.

Graças a essa experiência, podemos explicar às crianças como os elementos (como o vento ou a água) têm o poder de gerar energia elétrica.

As etapas para criá-lo são:

  1. Pegue uma cartolina fina de 10 centímetros.
  2. Desenhe 2 linhas diagonais que se encontram no centro do quadrado. Também faça cinco furos com um alfinete, um em cada ponta e um no centro.
  3. Corte sobre as diagonais até chegar quase ao centro
  4. Dobre os cantos até o centro e e passe um alfinete através dos cinco furos, que devem ficar unidos.
  5. Cole esta estrutura em uma vareta de madeira.

“A educação ambiental para crianças assume um papel fundamental: as crianças devem ser ensinadas a respeitar, valorizar e proteger tudo o que nos rodeia”

2. Aprender a reciclar

Se queremos promover a educação ambiental para as crianças, a reciclagem é um assunto que não podemos ignorar.

Por essa razão, realizar a atividade a seguir pode ser muito útil.

Estas são as instruções para fazer papel reciclado:

  1. Rasgue qualquer papel que não seja mais usado e jogue em um balde com água. Deixe repousar a noite toda.
  2. Escorra o excesso de água com uma colher de pau, de modo que reste apenas a polpa do papel. Se você quiser fazer papel colorido, adicione os corantes agora.
  3. Coloque a polpa em um recipiente e adicione o mesmo volume de água.
  4. Corte um molde de arame ou plástico que se encaixe no recipiente e seja compatível com o tamanho do papel.
  5. Deslize o molde pelo recipiente e levante-o coberto com polpa de papel.
  6. Coloque um pedaço de papel em uma superfície limpa. Além disso, ponha material absorvente sobre ele.
  7. Posicione o molde sobre o material absorvente, com a polpa de papel entre os dois.
  8. Pressione o molde para baixo e, em seguida, separe-o cuidadosamente da polpa. Logo após, adicione outro pedaço de tecido absorvente por cima.
  9. Repita as etapas 6, 7 e 8 até que toda a polpa seja usada.
  10. Uma vez terminado, coloque sobre todas as folhas uma camada de folhas de jornal com um peso em cima.
  11. Como etapa final, desmanche o ‘bolo’ após algumas horas de secagem.

3. Os ciclos da água

Certamente, este é um exercício ideal para que as crianças entendam a dimensão da importância da água.

Em um momento em que se fala muito sobre o aquecimento global, seria bom se as crianças entendessem primeiro o ciclo natural da água sem intervenção humana.

Educação ambiental

Para realizar esta tarefa, é necessário seguir este procedimento:

  1. Despeje água muito quente (quase fervendo) em um recipiente para que todos possam ver o vapor saindo. Tenha muito cuidado para que nenhuma criança se queime.
  2. Adicione muito sal para representar o estado da água nos oceanos.
  3. Coloque um frasco de vidro vazio no meio do recipiente. Por cima disso, passe uma sacola de plástico transparente para cobrir toda a superfície do recipiente. Coloque uma tela de arame sobre ele.
  4. Logo acima do frasco, coloque outro com cubos de gelo em seu interior.

Depois de completar este último passo, você verá que a água vai se condensar no plástico. O gelo da outra garrafa, por sua vez, vai acelerar o processo.

Assim, você poderá explicar às crianças como as nuvens são formadas. Por fim, a água que cai no frasco vazio será a chuva.

Aproveite este exercício para conversar com as crianças sobre os efeitos da poluição neste processo em âmbito global.

Há muitas mais, explore!

Além das mencionadas aqui, há muitas outras atividades que você pode fazer para promover a conscientização ambiental nas crianças.

Por exemplo, fazer uma estufa, examinar elementos contaminantes em um rio ou córrego ou, até mesmo, plantar árvores.

O mais importante é dar à educação ambiental para crianças o lugar de destaque que ela merece.

Com isso, sem dúvida, estaremos formando pessoas responsáveis e com um sentimento de pertencimento ao mundo em que vivem.