Ensine aos seus filhos o valor da família na época do Natal

· 6 de dezembro de 2016

Neste post vamos sugerir algumas recomendações para ensinar a seus filhos o valor da família na época do Natal.

Desde pequenos tendemos a atribuir o significado do Natal aos presentes, festas, bônus e viagens, mas às vezes deixamos de lado o elemento mais importante: a família. Este é o pilar fundamental de nossas vidas e merece que demos o seu lugar de direito na lista de nossas prioridades.

“Eu quero que todos vão embora!” Este é o desejo de Natal de Kevin McCallister, interpretado pelo ator Macaulay Culkin no filme “Home Alone”, que foi intitulado para Espanha e América Latina como “Sozinho em Casa” e “Esqueceram de Mim”, respectivamente.

O filme da década de 90, que é visto por milhões de pessoas no mundo a cada ano, é um retrato fiel da família, onde não se excluem os aspectos negativos de conviver com outras pessoas: as discussões, repreensões, gritos, tios chatos e crianças desobedientes. Podemos pensar, nossas famílias escapam desta realidade? Assumimos que não, a menos que sejam de outro planeta.

Como sabemos que cada uma das nossas famílias não é exceção, porque todos nós temos defeitos, é importante ensinar nossos filhos a apreciar a companhia de seus irmãos, primos, tios e avós.

Todos somos diferentes mas temos em comum o amor

Nossos filhos devem saber desde pequenos que o fato de que cada um de nós seja diferente de outro não significa que não possamos viver em harmonia e que por isso não temos  possibilidade de sermos felizes juntos. Claro que sim! A família pode tudo!

O fato é que não é incomum focarmos nos defeitos de nossos familiares e discutirmos com eles sempre que temos a oportunidade, mas acima dessas divergências só existe algo realmente importante: se trata das pessoas que a vida nos deu para passarmos por ela.

Sem a família, absolutamente tudo seria triste e até mesmo insuportável. Pensemos por um momento que na noite de Natal, em todas as casas ao nosso redor as famílias celebram em grandes mesas, brindando pela alegria de terem uns aos outros enquanto nós estamos sozinhos. Nada divertido, não é?

O melhor presente: o valor da família

Todos sonhamos em receber a melhor dádiva, e quando crescemos nos esforçamos para dar aos nossos filhos o maior presente , por isso investimos tempo e dinheiro procurando a boneca que está na moda ou o carro de controle remoto mais rápido.

Esquecemos completamente que esses objetos materiais jamais irão substituir o amor e respeito que deve reinar em toda família.

Uma simples demonstração de carinho, como um beijo, um abraço ou uma palavra de encorajamento trazem alegria e regozijo. Ao mesmo tempo, o reconhecimento pelo esforço do outro, o bom tratamento e pedir desculpas quando um erro é cometido são demonstrações inconfundíveis de respeito, e isso é sempre bem recebido por todos.

 Qual é o melhor presente? É o perdão

Esse dom libertador que cura tanto a quem perdoa como a quem é perdoado. Não importa a extensão do dano que temos recebido de algum familiar, saber deixar tudo para trás e abrir espaço para a reconciliação é um gesto nobre que só trará consequências positivas. Esta é a grande lição que podemos oferecer aos nossos descendentes.

Devemos lembrar que o reconhecimento de um erro não serve de nada se não encontra o perdão que procuramos. Se a outra pessoa não está disposta a perdoar, vamos que pensar não vale a pena nos arrependermos por nossos erros e continuaremos a vida sem levar em consideração os sentimentos dos outros.

O perdão é um sinal de maturidade, de amor e também o melhor exemplo de que viver em harmonia é possível.

Assim como a família é um grande tesouro que devemos guardar e cultivar a cada dia, apresentamos uma lista de tarefas que lhe permitem desfrutar de seus entes queridos.

Detalhes para reforçar o valor da família

  • Faça uma lista daqueles familiares que você não vê há algum tempo e ligue para eles. Convide-os para sua casa ou vá visitá-los. Certifique-se de que seus filhos participem deste plano para que aproveitem.
  • O objetivo mais importante é compartilhar em família. Então, prepare bolinhos, uma rosca ou um bolo de Natal, serão a desculpa perfeita para que todos possam sentar-se à mesa e partilhar.
  • Peça para seus filhos pensarem em ideias para planejar cartões de Natal para cada membro da família. Desenhá-los e escrevê-los vai ser divertido e eles irão se encantar.
  • Quando todos estiverem reunidos tentem ser crianças novamente. Brinquem, dancem e sejam felizes. As crianças da casa não ficarão desgostosas se os adultos se comportarem como crianças.

A família, como todos os tesouros pode se extinguir com o passar do tempo, por isso não hesite em dizer a seus filhos o quanto é importante aproveitar enquanto tenham a bênção de ter pessoas queridas com quem rir e chorar. E o mais importante é ensinar a eles  que não devem dar valor só nesta época de festas, mas a cada dia do ano.