Ensine as crianças a perder

Todos nós já experimentamos o gosto amargo da derrota! Longe de considerá-las um motivo de tristeza, as crianças devem ser encorajadas a ver essas situações como uma força motivadora.
Ensine as crianças a perder

Última atualização: 20 Abril, 2021

Nem sempre se vence em tudo, mas todos nós gostamos de vencer. Ensinar as crianças a perder garante adultos equilibrados. De adultos a crianças, somos pessoas competitivas. Mas um resultado adverso é uma situação com a qual devemos começar a nos acostumar, sem exceção.


Além dos adultos, também existem muitas crianças que não conseguiram lidar com a derrota da maneira desejada. Algumas chutam, gritam, desistem e têm acessos de raiva comuns devido ao aborrecimento causado por um revés.

No entanto, embora muitas vezes seja difícil evitar a derrota, é necessário reconhecer que o aprendizado começa a se desenvolver gradualmente desde a infância. Nesse aspecto particular, as crianças são ensinadas que ganhar e perder podem ter recompensas.

É possível obter benefícios com tudo, dependendo da perspectiva a partir da qual se olha. Mas os filhos não podem aprender a lição sozinhos, pois precisam que os pais os guiem ao longo do caminho.

É sabido que muitos pais podem achar difícil instruir seus filhos a aprender a perder, em parte porque isso é difícil para nós mesmos. Mas uma instrução adequada começa com a experiência e, às vezes, com bons conselhos.

A seguir, juntos vamos alguns sábios conselhos que, sem dúvida, nos ajudarão a superar uma situação de derrota.

Conselhos para ensinar crianças a perder

  • Falar sobre a derrota: é essencial que desde muito cedo se ensine que perder nunca pode ser tão ruim e que sejam explicados os benefícios que o fracasso também pode trazer.
  • Deixar os pequenos expressarem sua frustração: é imperativo que as crianças enfrentem seus sentimentos no momento da derrota. É uma grande conquista quando nossos filhos aprendem a canalizar seus sentimentos da melhor maneira possível.
  • Educar com exemplos: os pais são o padrão que as crianças devem seguir, pois são eles que passam mais tempo com elas. Os pais e o grupo familiar devem ter consciência e respeitar os perdedores, a fim de evitar a geração de comportamentos negativos nos filhos.
  • Motivar as crianças continuar: não é recomendável que as crianças acreditem que o simples fato de perder uma vez pode representar o fim do mundo. Por isso, é recomendável explicar que elas nunca devem desistir diante das adversidades e que se trata apenas de uma oportunidade para melhorar.
  • Ensinar os pequenos a se divertir: é de extrema importância que as crianças aprendam a valorizar o caminho. Uma criança capaz de definir uma meta tem várias opções para se divertir enquanto busca atingi-la.
  • Incentive sempre, independentemente dos resultados: é importante que as crianças se sintam amadas e respeitadas mesmo quando perdem em alguma atividade.

Quais são os benefícios da aprendizagem das crianças?

Aprender a lidar com a derrota não só implica uma realização pessoal para as crianças, mas isso também se estende ao seu grupo de forma satisfatória. O desenvolvimento individual da criança é fortalecido cada vez que ela aprende a tomar decisões e resolver conflitos.

Porém, a família e o grupo escolar também se beneficiam com o aprendizado de cada indivíduo. Nesse sentido, vamos conhecer os benefícios da superação dessa fase pelas crianças:

  • Elas deixam de ser excessivamente competitivas, pois se concentram em se divertir e aproveitar o momento.

  • Melhora a autoestima. Ao compreender que podem ver “o copo meio cheio”, as crianças não levarão a derrota para o lado pessoal. Elas começarão a perceber que seu valor é maior do que qualquer circunstância adversa.
  • As habilidades sociais são reforçadas: se conseguirem focar mais na atividade, os pequenos aprenderão a compartilhar da forma desejada com seus colegas.
  • Aprendem a ser persistentes: independentemente de enfrentar uma possível derrota, as crianças podem se tornar constantes e continuar tentando até atingir o objetivo.

De qualquer forma, é aceitável que as crianças expressem seus sentimentos negativos para que possam desabafar e se acalmar.

No entanto, os pais devem estar atentos a qualquer comportamento destrutivo e agir o mais rápido possível para evitar que estes se tornem repetitivos.

É imperativo que as crianças aprendam a assumir um papel positivo diante de qualquer derrota possível. Mas isso requer a colaboração dos pais, guiando-as ao longo desse caminho e ensinando-lhes a importância de enfrentar as derrotas.

Pode interessar a você...
Aprender a perder é amadurecer
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Aprender a perder é amadurecer

Aprender a perder é um ensinamento fundamental. Deixar seu filho ganhar não é uma boa ideia. Se ele sempre vencer, provavelmente terá esse costume ...