Ensine seu filho a ser responsável

· 26 de setembro de 2018
Ensine seu filho a ser responsável levando em conta nossos conselhos. São 3 recomendações que consideramos imprescindíveis para a formação de uma criança.

É claro que cada família possui um método de educação próprio e transmite os valores que seus membros respeitam. No entanto, consideramos que nossos conselhos podem ser adaptados a qualquer doutrina que você deseja seguir na sua casa.

Sinceramente, esperamos que este artigo seja útil para que você consiga ensinar seu filho a ser responsável e, de alguma forma, continuar avançando no difícil, mas precioso trabalho de educá-lo.

Para ensinar seu filho a ser responsável:

Atribua tarefas dentro de casa

As tarefas domésticas devem ser divididas entre todos os membros da família, desde os pequenos até os mais velhos. Isso também deve ser ensinado à criança.

Ela é a principal responsável por manter seu quarto arrumado e seus brinquedos no devido lugar. Não é certo que a mamãe e o papai tenham que ficar atrás dos filhos o dia todo pedindo para que arrumem a bagunça que fizeram.

a ser responsável

Mas a criança deve aprender que não são responsabilidades dela apenas o quarto e os brinquedos.

Existem muitas tarefas de casa que beneficiam toda a família. Por isso, devem ser de responsabilidade de todos. A limpeza, o preparo das refeições, lavar a louça, lavar as roupas, tirar o lixo, reciclar, cortar a grama, etc.

O trabalho engrandece o homem e por meio do trabalho se aprende a ser responsável. Por esse motivo, inclusive quando a criança tiver apenas um ano de idade, é preciso ensiná-la a ajudar nas tarefas domésticas. Como?

Por exemplo: se seu filho tem um aninho, ele pode ajudar você a levar a roupa lavada da cama até o armário, a levar o cesto de roupa suja vazio até o banheiro ou até o lugar que você costuma colocar.

Da mesma forma, você pode pedir para ele ajudar a carregar as compras do carro até a cozinha. Claro que nessas sacolas deve haver coisas leves, como caixinhas de chá, iogurtes, sorvetes, pão…coisas do tipo.

Para que as responsabilidades não o peguem de surpresa quando for mais velho, você deve ensinar seu filho a ajudar em casa a partir do momento em que ele começar a dar os primeiros passos.

Ensine a se preocupar com as outras pessoas

Com 2, 3 ou 4 anos de idade, a criança deve aprender a se preocupar com as outras pessoas e ajudá-las sempre que for preciso. Assim, você estará ensinando seu filho a ser responsável com seus semelhantes. 

A maior responsabilidade dele se resume a estudar e aprender algo novo todos os dias. Mas ele deve aprender que aquelas pessoas com quem convive precisam dele tanto quanto ele precisa delas.

Se a mamãe está com dor de cabeça e deita por uns instantes no sofá, ele pode fazer carinho na testa para tirar a dor e ficar um pouco com ela.

Ensinar uma criança a amar e gostar das outras pessoas também é se preocupar com seu bem-estar físico e emocional.

É importante que a criança nem sempre seja o centro das preocupações familiares. Ela precisa aprender que os outros membros da família também são humanos e, como tal, também são importantes.

a ser responsável

Recompense pelo bom comportamento

Por fim, queremos falar sobre o significado das recompensas na formação de uma criança e sobre o quanto isso vai ajudá-la a ser mais responsável. Mesmo que, no começo, você não acredite nessa prática, dê uma chance!

Tenha em mente que quando falamos sobre recompensas, neste caso, não nos referimos a uma bicicleta, um tablet, um celular, um passeio ou qualquer outro presente material que pode ser dado a uma criança.

Falamos sobre recompensas como elogios, demonstrações de carinho e cuidados com a autoestima.

Uma criança que é responsável consigo mesma e com as outras pessoas deve receber elogios dos adultos com quem convive. É preciso destacar as boas ações e o bom comportamento.

Mas, é claro, também não é preciso exagerar porque isso pode causar certo egoísmo.

Se hoje, por exemplo, além das responsabilidades habituais (fazer as tarefas da escola, tirar o lixo, arrumar o quarto e guardar os brinquedos), a criança se preocupou em ajudar a mamãe a colocar a mesa e o papai a podar as plantas do jardim, ela com certeza merece um elogio:

“Que criança mais responsável!”, “Como você está crescendo rápido!” “Muito bem, é assim que se faz!” “Obrigada”.

Todos gostamos de ser valorizados

Porque seu filho, assim como as outras crianças, precisa receber respostas que indiquem que ele está agindo corretamente e que demonstrem o quanto as outras pessoas valorizam as atitudes dele.

Tenha em mente que as crianças adoram ser úteis e receber maravilhosas recompensas: um beijo, um carinho nos cabelos, um abraço ou uma frase encorajadora. Podemos dizer, por exemplo, “Que criança mais responsável, olha como ajuda a mamãe!”.

Além disso, se é verdade, por que não colocar isso em palavras? Quem poderia ser melhor para ensinar seu filho do que você, mamãe?

Imagem principal cortesia de © wikiHow.com