Entorse de tornozelo em crianças

09 Agosto, 2020
A entorse de tornozelo em crianças deve ser tratada assim que o aparecimento dos sintomas for observado. Em muitas ocasiões, dependendo da gravidade, a criança pode precisar de uma terapia de reabilitação.

Quanto mais atividade as crianças fizerem, melhor será seu desenvolvimento e crescimento. Correr, pular e brincar são ações muito importantes no dia a dia de uma criança. No entanto, toda essa energia pode ser a razão pela qual a entorse de tornozelo em crianças é uma lesão tão frequente.

O que é uma entorse?

A entorse ou torção ocorre quando caímos violentamente ou fazemos movimentos bruscos. Dessa forma, um ligamento pode ser estendido excessivamente ou rompido. Esse problema pode afetar qualquer parte do corpo, mas ocorre principalmente no tornozelo.

Sintomas de uma entorse de tornozelo em crianças

Às vezes, a entorse de tornozelo pode ter sintomas leves que vão aumentando com o passar dos dias. No entanto, observa-se uma inflamação imediata na área e dor intensa ao caminhar. Confira, a seguir, os sintomas mais frequentes de uma entorse:

  • Limitação para caminhar: devido à dor intensa e ao inchaço na articulação afetada.
  • Inflamação: não produz deformidades na área afetada, como aconteceria no caso de uma fratura, mas se caracteriza como o sintoma mais notável.
  • Hematomas: quase não ocorrem, mas podem aparecer por causa da ruptura de um vaso sanguíneo. Serão notados principalmente em parte do tornozelo. A cor vai mudando conforme a entorse vai desaparecendo.
  • Calor: por causa do inchaço e da concentração de sangue na área, há um aquecimento no tornozelo.

“Diante de uma entorse no tornozelo, é essencial que a criança não tente apoiá-lo e permaneça em repouso até que o grau da lesão seja determinado”.

Tipos de entorse

As entorses de tornozelo são divididas em três graus, e os sintomas serão mais leves ou mais intensos de acordo com a gravidade da lesão. A seguir, você encontra os tipos de entorse que podem ocorrer:

Entorse de tornozelo em crianças

Causas da entorse de tornozelo em crianças

As causas que podem levar a uma entorse de tornozelo em crianças são muito diversas. A maioria deriva de andar em terrenos irregulares, brincar, correr com cadarços desamarrados ou cair por um mau posicionamento das pernas, entre outras causas.

Além disso, essa lesão pode ser causada por uma pancada ou quando alguém pisa no tornozelo da criança durante a prática de esportes ou atividades físicas. Também pode ser causada por uma fraqueza dos grupos musculares protetores da articulação e até mesmo por calçados inadequados, tanto muito grandes quanto apertados demais.    

Podemos pensar que a entorse é uma lesão sem importância ou de menor gravidade, mas é essencial que ela seja tratada da maneira mais apropriada. Dessa forma, podemos evitar que ela se torne uma lesão duradoura e leve a complicações futuras.

Se a criança sentir muita dor e o tornozelo parecer muito inflamado, é necessário consultar um médico imediatamente.

O que fazer diante de uma entorse no tornozelo?

O fundamental é que os pais consultem o médico imediatamente se notarem um inchaço específico e uma dor aguda que não melhora. O profissional poderá determinar o tratamento correspondente para a lesão.

  • Tratar a tempo: é necessário tratar o problema completamente e no tempo devido para evitar possíveis complicações.
  • Fazer repouso: é necessário descansar, mantendo o tornozelo lesionado elevado. Devemos evitar levantar ou apoiar o pé.
  • Aplicar compressas de gelo: é necessário colocar gelo na área inchada do tornozelo. Isso diminui a dor e o inchaço.
  • Enfaixar: podemos usar faixas para ajudar a reduzir o inchaço e evitar a mobilização do tornozelo.
Entorse de tornozelo em crianças

  • Anti-inflamatórios: são muito úteis para o inchaço, mas devem ser prescritos pelo médico.
  • Reabilitação: algumas crianças precisam usar muletas durante um tempo em caso de uma entorse mais grave. Então, serão necessários exercícios de reabilitação e fisioterapia, principalmente para manter a área afetada fortalecida e em movimento.
  • Paciência: como pais, devemos encarar esse processo com calma e transmitir para a criança a paciência necessária para que ela se recupere. É necessário fazer com que ela entenda que, durante um tempo, não poderá se levantar, brincar e correr como de costume.

Qual é o tempo de recuperação dessa lesão?

A entorse de tornozelo em crianças geralmente não dura mais de uma ou duas semanas, se for de grau I e II. Entretanto, as de grau III podem durar de quatro a cinco semanas, levando em consideração os tratamentos anteriores para uma recuperação rápida e eficaz.

Em todos os casos, será essencial seguir passo a passo as instruções do médico para que o pequeno possa se recuperar corretamente.