Esfoliação da pele durante a gravidez: tudo o que você precisa saber

A esfoliação durante a gravidez costuma fazer parte da rotina de beleza das mulheres. A seguir, contaremos tudo o que você precisa saber sobre o tema.
Esfoliação da pele durante a gravidez: tudo o que você precisa saber

Última atualização: 08 julho, 2022

A esfoliação durante a gravidez é uma ótima opção para manter uma rotina correta de cuidados com a pele. Embora existam vários métodos, nem todos são adequados para mulheres grávidas. Neste artigo, contaremos tudo sobre isso. Interessada?

O que é a esfoliação e para que ela serve?

A esfoliação é uma técnica que ajuda a soltar e eliminar, de forma controlada, as células mais superficiais da pele, com ou sem parte da derme. Isso favorece a remodelação e regeneração da superfície da pele, além de facilitar a remoção de todas as impurezas ali localizadas.

Os esfoliantes colaboram inclusive para acelerar os processos de renovação da pele. A partir da remoção das células velhas, uma nova camada de pele sobe à superfície para crescer, desenvolver e melhorar a oxigenação dos tecidos.

O peeling de pele é bastante útil e eficaz nas seguintes condições:

  • Melasma.
  • Cicatrizes de acne.
  • Fotoenvelhecimento.
  • Pele envelhecida.

Além disso, contribui para que a textura da epiderme fique mais lisa, macia e homogênea, recuperando seu brilho e vitalidade.

esfoliação mecânica
Os tratamentos estéticos realizados durante a gravidez devem ser adequados para a gestante e seu bebê. Além disso, devem ser realizados em estabelecimentos confiáveis e por profissionais treinados.

Esfoliação mecânica

A esfoliação mecânica é um procedimento manual ou físico que envolve buchas vegetais, cremes granulados leves, certas luvas, escovas faciais mecânicas ou microblanding. Portanto, as soluções ácidas que desprendem a camada superficial da epiderme não estão envolvidas nesses procedimentos.

Consequentemente, o peeling mecânico é mais suave e superficial do que o peeling químico. Aqueles cremes ou géis que contêm minúsculas partículas capazes de eliminar as impurezas da pele são ideais para realizá-lo. Da mesma forma, é sempre recomendável consultar um médico diante de qualquer dúvida ou preocupação.

Peeling químico

Existem diferentes tipos de ácidos e soluções usadas para dissolver as células mortas na superfície da pele:

  • Alfa hidroxiácido (AHA).
  • Beta hidroxiácidos (BHA).
  • Fenol.
  • Ácido tricloroacético (TCA).

De acordo com uma revisão no International Journal of Women’s Dermatology, o uso de ácido lático e glicólico é considerado seguro durante a gravidez. Inclusive, peelings de ácido glicólico em concentrações de 30-70% têm penetração insignificante na derme. Portanto, podem ser usados sem problemas. No entanto, o ácido tricloroacético deve ser evitado ou aplicado com extrema cautela nessa fase.

Uma boa opção de tratamento para acne gestacional, que não causa riscos ao feto, é o ácido lático a 2%.

Indicações para esfoliação da pele durante a gravidez

Seja qual for o tipo de agente ou mecanismo esfoliante utilizado, devem ser seguidas indicações específicas para seu uso. Entre elas, destacam-se:

  • Distúrbios pigmentares, incluindo lentigos, máculas de hiperpigmentação pós-inflamatória, melasma e sardas.
  • Proliferação da epiderme e lesões pré-cancerosas, incluindo queratoses sebáceas e actínicas.
  • Rejuvenescimento da pele facial para tratar condições estéticas, como poros dilatados ou rugas.
  • Processos inflamatórios, incluindo rosácea, acne vulgar, cicatrizes pós-acne e pseudofoliculite da barba.

Esse procedimento deve ser implementado na rotina de cuidados com a pele a cada 20 dias. Por sua vez, deve sempre ser aplicado protetor solar, renovando a cada duas horas para evitar o desenvolvimento de manchas hiperpigmentadas na pele.

A segurança dos esfoliantes de pele e a gravidez

É bastante complexo determinar a segurança dos esfoliantes em mulheres grávidas, pois surgem várias dúvidas.

Em geral, as mulheres grávidas são aconselhadas a evitar o uso e a aplicação de certos agentes tópicos com dados de segurança pouco claros, como hidroquinona e tazaroteno. Recomenda-se ainda evitar ingredientes ativos como ácido salicílico e retinol, pois podem causar defeitos congênitos no bebê.

Por tudo isso, os dermatologistas não aconselham iniciar procedimentos ou tratamentos para combater as alterações fisiológicas da gravidez nessa fase. Na verdade, a recuperação pode ser melhor após o parto, como é o caso do melasma.

Mulher limpando o rosto como parte de sua rotina diária de beleza durante a gravidez.
O ideal para a esfoliação é optar por esfoliantes mecânicos durante a gravidez e adiar o uso de ácidos para o pós-parto.

Cuidados pós peeling

Um dos cuidados imediatos após a esfoliação da pele é a aplicação de uma emulsão hidratante para nutrir as novas camadas de células da epiderme. Além disso, durante a gravidez há uma maior predisposição para desenvolver manchas hiperpigmentadas, por isso os cuidados com esse delicado tecido devem ser reforçados.

A suscetibilidade da pele é causada pelas alterações hormonais da gravidez que estimulam a produção de melanina. Por isso, a indicação mais importante para os cuidados com a pele é o uso constante e diário de protetor solar.

Considerações finais sobre peeling e gravidez

A pele das gestantes tende a mudar sua aparência e textura. Para evitar danos, hidratar e esfoliar são etapas essenciais na rotina de cuidados. Portanto, se você optar por um peeling químico, é melhor consultar um médico e evitar tratamentos caseiros, pois podem ser inadequados e inseguros.

Pode interessar a você...

Alterações cutâneas no pós-parto e como tratá-las
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Alterações cutâneas no pós-parto e como tratá-las

Existem algumas alterações cutâneas durante o pós-parto. Vamos trazer mais detalhes aqui para que você saiba como tratá-las e combatê-las.



  • Bozzo P, Chua-Gocheco A, Einarson A. Safety of skin care products during pregnancy. Can Fam Physician. 2011 Jun;57(6):665-7. PMID: 21673209; PMCID: PMC3114665.
  • Trivedi MK, Kroumpouzos G, Murase JE. A review of the safety of cosmetic procedures during pregnancy and lactation. Int J Womens Dermatol. 2017 Feb 27;3(1):6-10. doi: 10.1016/j.ijwd.2017.01.005. PMID: 28492048; PMCID: PMC5418954.
  • Basit H, Godse KV, Al Aboud AM. Melasma. 2021 Nov 5. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan–. PMID: 29083744.