4 exercícios de séries para crianças

Aprender habilidades matemáticas começa com exercícios simples. Vamos praticar!
4 exercícios de séries para crianças

Última atualização: 18 junho, 2022

Aprender a separar por grupos ou em determinada ordem é uma habilidade que se adquire uma vez que as relações entre os objetos podem ser estabelecidas. E para alcançar esse aprendizado, os exercícios de série para crianças são as atividades mais indicadas.

Serializar é ordenar coleções de objetos mantendo alguns de seus atributos constantes, exceto outros (um ou mais) que são usados para comparação.

-Castro e Olmos-

O que são as séries?

As séries são grupos de objetos que são construídos de acordo com a implementação de determinados critérios. Existem vários tipos de séries, mas todas podem ser combinadas. São as seguintes:

  • Qualitativas: são uma série de objetos que contêm a mesma qualidade (cor, textura, forma).
  • Quantitativas: a ordem é realizada de acordo com uma certa magnitude (largura, comprimento, peso).
  • Mistas: a série é construída com base na qualidade e na quantidade.
  • Pré-numéricas: essas séries ordenam números, mas não em um sentido matemático.

Exercícios de séries para crianças de acordo com a idade

Para ensinar as crianças a montar séries, você deve ter em mente que, dependendo da idade, você pode planejar diferentes tipos de exercícios. Além disso, também deve ficar claro que o papel do adulto, seja pai ou professor, é orientar e motivar, pois, por se tratar de uma atividade visual, a criança consegue enxergar facilmente seus erros e resolvê-los.

1. Atividades para os pequenos

Nas fases iniciais da infância e até aproximadamente 2 anos de idade, os exercícios propostos devem ser muito simples e baseados em um único critério.

Por exemplo, mostre à criança uma bola grande e uma pequena, deixe-a manipulá-las e depois faça perguntas específicas como: Qual é a maior? E o menor?

Por volta de dois anos, você já pode oferecer várias bolas de 2 tamanhos diferentes e pedir para o bebê começar uma série com uma bola grande, depois uma pequena, uma grande, uma pequena e assim por diante. Certamente, após o primeiro exemplo, poderá continuar por conta própria!

jogo de correspondência de cores
Ordenar os objetos de acordo com critérios de classificação exige o treinamento de certas habilidades, que são adquiridas nas fases iniciais do desenvolvimento infantil.

2. Exercícios para crianças de 3 anos

Para essa faixa etária, o mais indicado é trabalhar séries simples e curtas, com o uso de 2 ou 3 objetos e segregar de acordo com uma única qualidade, que pode ser cor ou tamanho.

O que você precisa?

Como é o processo?

  1. Desenhe uma linha reta na folha branca.
  2. Cole as primeiras tampas formando uma série. Por exemplo: azul, amarelo, azul, amarelo.
  3. Em seguida, peça às crianças que continuem.

Você também pode fazer isso com blocos de tamanhos diferentes, sendo o critério da série o tamanho: grande, pequeno, grande, pequeno.

3. Atividades para crianças de 4 anos

Agora você pode adicionar alguma outra qualidade e aumentar o número de elementos para aumentar a dificuldade da série.

O que você precisa?

  • Canetinha preta.
  • Lápis de cor.
  • Uma folha de papel branco.

Como é o processo?

  1. Desenhe uma fileira de maçãs na folha.
  2. Peça às crianças para pintá-las de acordo com o seguinte padrão: vermelho, amarelo, verde, vermelho, amarelo, verde.

Também aqui você pode combinar o tamanho e desenhar as maçãs de tamanhos diferentes para montar uma série mais complexa: uma maçã amarela pequena, uma maçã vermelha média e uma maçã verde grande.

4. Trabalhe a série com crianças a partir de 5 anos

Nessa idade já podemos inverter o procedimento e pedir para as crianças montarem uma série sozinhas com objetos do cotidiano. Por exemplo, caixas, recipientes, parafusos, porcas ou o que quer que tenham à mão.

O exercício consiste em que as crianças primeiro construam a série e depois expliquem os critérios que usaram para determinar essa ordem.

Outra maneira muito eficaz de trabalhar essa habilidade sem usar nenhum elemento é usar as próprias crianças para construir uma série.

Atividade 1

  1. Escolha o aluno mais baixo e o mais alto do grupo.
  2. Adicione um terceiro e peça ao resto das crianças para formar uma série por tamanho, do mais baixo para o mais alto, da esquerda para a direita.
  3. Em seguida, peça que alterem a série (do mais alto para o mais baixo), mas no mesmo sentido.
  4. Em seguida, peça que continuem construindo essa série com todas as crianças do grupo: alto, médio, baixo, alto, médio, baixo.
  5. Por fim, devem ser adicionadas crianças à fileira para que possam ser intercaladas de acordo com os critérios estabelecidos. Isso as ajudará a entender como preservar a ordem da série.
crianças agrupadas felizes na fila contra a parede
Quando as crianças forem mais velhas, você pode incentivá-las a escolher seus próprios critérios de classificação e adicionar novos elementos às séries já criadas. Inclua os pequenos na atividade para que sejam os próprios elementos seriais!

Atividade 2

Um exercício muito eficaz para entender o assunto das séries é aprender a compará-las. Para isso, tenha em mente os seguintes passos:

  1. Divida o grupo de crianças em duas equipes.
  2. Peça a cada equipe para fazer uma série com o que tiverem à mão: blocos, garrafas plásticas, figuras, brinquedos ou lápis. As crianças terão absoluta liberdade para escolher os elementos e os critérios.
  3. Assim que terminarem, cada equipe terá que observar a série da outra e explicar quais critérios foram escolhidos para ordenar os elementos.

Qual é a utilidade dos exercícios de séries para crianças?

Os exercícios propostos seguem a lógica sugerida por Piaget, que indica que as crianças aprendem as séries em diferentes fases do desenvolvimento, desde o período sensório-motor (primeiros anos de vida) até o período de operações concretas (7-8 anos).

Durante esse tempo, as seguintes habilidades são adquiridas:

  • Reconhecimento de diferenças entre objetos (dois ou mais).
  • Classificação de objetos de acordo com um critério comum (cor, forma, tamanho).
  • Adição de novos objetos em uma série já construída.
  • Correspondência entre duas séries.

Essa capacidade de construir e entender a série é de grande importância, pois é a base para a aquisição de conhecimentos mais complexos. Seja a compreensão de números ou a execução de operações matemáticas.

O que você está esperando para começar?

Pode interessar a você...
O desenvolvimento da lógica nas crianças: como acontece e como incentivá-lo
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
O desenvolvimento da lógica nas crianças: como acontece e como incentivá-lo

Você quer saber como é o desenvolvimento da lógica nas crianças e como promovê-lo? Neste artigo você poderá descobrir tudo isso.