Fazer exercícios depois do parto

9 de abril de 2019
Fazer exercícios depois do parto não apenas te ajudará a entrar em forma e a ter uma boa silhueta, mas também te fará liberar serotonina, o hormônio da felicidade. 

Embora seja verdade que o corpo deve se recuperar pouco a pouco e que é preciso levar em consideração vários cuidados, praticar alguma atividade ou esporte depois do parto não é apenas positivo, é indispensável para o organismo.  A seguir, vamos analisar mais detalhadamente esse tema.

Como se sabe, a atividade física sempre é benéfica para o ser humano. O sedentarismo acarreta consequências negativas que, com o passar do tempo, podem piorar. E no caso das mulheres na fase do pós-parto, a prática de exercícios as ajuda tanto a adquirir uma boa condição física quanto a se sentir melhor psicologicamente. 

Entretanto, devemos ressaltar que não vale a pena tomar decisões precipitadas sem uma consulta prévia com o médico. Longe de te trazer benefícios, ignorar essa recomendação pode acarretar inconvenientes.

O ideal é buscar aconselhamento e decidir, junto com seu médico, quando e como você pode começar a se exercitar. Isso é especialmente importante durante os primeiros meses após o parto.

Quando começar a fazer exercícios depois do parto?

Não se apresse. Em geral, o recomendável é esperar, no mínimo, o final da quarentena. Uma vez finalizado esse período, é possível começar a planejar uma rotina de exercícios leves na medida das suas possibilidades. Vale destacar que tais exercícios não podem ser de alto impacto, nem devem ter duração prolongada.

Pouco a pouco, a exigência física pode aumentar. Não há motivos para forçar o corpo a realizar uma rotina de campeonatos da noite para o dia. É mais importante investir tempo em realizar bem as atividades do que se apressar e acabar sofrendo uma lesão. Você precisa cuidar corretamente de si, por você e pelo seu bebê.

Fazer exercícios depois do parto

O tempo de recuperação varia de acordo com o tipo de parto

Se seu parto foi normal, provavelmente seu corpo sofreu certa distensão muscular na região pélvica. Isso, por vezes, é responsável pela ocorrência de incontinência urinária nas mulheres. Diante disso, a prática de alguma atividade física seria contraproducente, visto que poderia agravar a situação.

Os exercícios aeróbicos que incluem circuitos com saltos, abdominais, entre outros, são os menos recomendados durante o pós-parto.

Se você tiver dado à luz por meio de uma cesárea, então o tempo de recuperação se prolonga um pouco mais do que quando o parto tiver sido vaginal. Isso porque a cicatriz dessa cirurgia é interna e externa. Por isso, você deve esperar um período de tempo razoável antes de começar a fazer exercícios.

Além disso, é imprescindível receber a permissão do médico. No entanto, cada mulher é diferente. Não existe uma regra que reúna todos e cada um dos casos.

Benefícios imediatos

  1. Combate a depressão pós-parto por meio da distração, da liberação de toxinas e do aumento na liberação de hormônios como a serotonina.
  2. Por sua vez, a mulher desenvolve resistência, algo fundamental para o dia a dia e, em especial, para o cuidado do bebê.
  3. Também promove uma melhora na qualidade do sono. Devemos nos lembrar de que não se trata de dormir mais, mas de dormir melhor.

Praticar alguma atividade física depois do parto é uma excelente opção para recuperar a boa forma e o ânimo, mas devemos saber quais são as opções mais adequadas para o nosso caso.

Fazer exercícios depois do parto: atividades recomendadas

1. Aquagym

Esse é um esporte de baixo impacto que vai melhorar consideravelmente vários grupos musculares. Basicamente, consiste em fazer ginástica na água. Graças a esse meio, o peso do corpo é reduzido, e isso favorece a recuperação pós-parto.

Os exercícios dessa disciplina trabalham os músculos lombares e peitorais, além do períneo e da região abdominal. Além disso, a água é muito relaxante. Assim, só há benefícios ao escolher essa opção.

2. Yoga

Graças aos seus benefícios físicos e mentais, a yoga é ótima para a recuperação pós-parto. Essa prática contribui para melhorar o equilíbrio emocional e a postura corporal. Além disso, aprende-se a praticar a respiração profunda, que permite oxigenar muito melhor o cérebro. 

Naturalmente, você deve contar com ajuda profissional. Assim, você poderá receber indicações sobre quais são as posturas adequadas para você e como realizá-las corretamente.

Assim como em qualquer prática, você vai começar com movimentos leves e de baixa dificuldade para, depois, aumentar a exigência física à medida que seu corpo indicar que pode mais.

Fazer exercícios depois do parto

3. Pilates

Essa disciplina ajuda a tonificar os músculos e, sobretudo, reduz os incômodos na região lombar. Em especial, a musculatura pélvica e abdominal são as áreas mais beneficiadas. Também se trabalha a área do períneo, realizando alongamentos que vão aumentando a dificuldade e a intensidade com o passar do tempo.

O pilates também tem ótimas técnicas de respiração, por isso fortalece seus músculos e te permite relaxar ao mesmo tempo.

Quando o objetivo é voltar a fazer exercícios depois do parto, o importante é não se pressionar. Ou seja, não se obrigue a se esforçar fisicamente mais do que você deve por querer obter um resultado imediato. Entenda o seu corpo e cuide bem dele. Dê a ele seu próprio tempo.

Quando você estiver preparada para fazer exercícios depois do parto, considere essas opções que apresentamos, pois são ideais para suprir as necessidade do seu corpo nesse momento.

Lembre-se de que a intensidade da atividade física deve ser sempre leve ou moderada. Além disso, a prioridade no começo da prática deve ser recuperar a força do assoalho pélvico.