Seus filhos dormem em um beliche? Recomendações para um uso seguro

Essa cama é uma das formas mais úteis de economizar espaço, mas é preciso ter cuidado antes de comprá-la e ao acostumar a criança às suas dimensões.
Seus filhos dormem em um beliche? Recomendações para um uso seguro

Última atualização: 09 junho, 2022

Se você tem mais de um filho e pouco espaço, é provável que tenha optado por um beliche. No entanto, é possível que você sinta uma constantemente preocupação porque as crianças dormem lá, seja com a rede, as escadas, a altura e outros problemas. Em suma, por todos os riscos envolvidos em passar a noite toda nesse móvel.

Por isso, elaboramos a lista a seguir com as melhores recomendações para prevenir acidentes, permitindo que todos possam desfrutar de um descanso tranquilo e seguro. Você achou bacana? Se sim… Tome nota!

Aspectos a considerar antes de comprar um beliche

De acordo com os parâmetros do Guia para pais sobre a prevenção de lesões não intencionais na infância, aprovado pela Associação Espanhola de Pediatria (AEP), oferecemos as seguintes recomendações antes de comprar um beliche:

  1. Verifique se há grades nos quatro lados que compõem a peça, inclusive a fixada na parede.
  2. Certifique-se de que essas grades estejam presas, sem ganchos de fixação.
  3. O espaço entre a estrutura do beliche e a barreira de proteção deve ser inferior a 7,5 centímetros.
  4. O espaço entre as barras da grade deve ser inferior a 7 centímetros.
  5. O colchão deve ser preso por tiras ou ripas presas ao próprio beliche. Dessa forma, a criança não cairá, mesmo que se mexa muito.
  6. O colchão deve ser do tamanho correto, sem espaço sobrando na cabeceira ou no pé da cama.
  7. A escada deve estar bem fixada e colocada na parte mais longa do beliche.
Menino lendo um livro no beliche
A escada do beliche deve ser fixada à estrutura e localizada em um dos lados mais longos da cama. Da mesma forma, os degraus devem manter uma distância adequada entre si para evitar escorregões e quedas.

Recomendações para usar um beliche com segurança

Muitos pais não percebem que, ao acordar, as crianças podem estar tão adormecidas que não se dão conta de que estão a uma certa altura do chão. Por isso, é preciso ficar atento a alguns aspectos para que o pequeno se acostume a dormir em um beliche.

Algumas dessas questões são as idades mínimas recomendadas para estar na cama superior, o tipo de iluminação do quarto e as características pessoais das crianças. Para protegê-las de lesões, lembre-se das seguintes dicas:

  1. Mantenha sempre as barreiras de proteção instaladas (mesmo que a criança cresça).
  2. Não permita que crianças menores de seis anos durmam na cama de cima.
  3. Evite deixar crianças brincando sozinhas em um quarto com beliches.
  4. Ensine os pequenos a subir e descer as escadas, para que evitem usar qualquer outro móvel para esse fim.
  5. Instale luzes noturnas para que as crianças tenham visibilidade suficiente caso precisem se levantar.
  6. Certifique-se de que as lâmpadas não estejam em contato direto com o beliche. A melhor opção é usar lâmpadas de LED, pois elas não aquecem e iluminam muito bem.
  7. Também não instale lâmpadas de clipe ou lâmpadas de cabo perto do beliche.
  8. Não deixe seus filhos pularem na cama.
  9. Coloque um piso de carpete para evitar acidentes.
  10. Sempre que possível, evite cercar o beliche com outros móveis ou objetos.
  11. Não coloque cordões ou fitas decorativas nas camas. Sem dúvida, isso pode ser bastante perigoso para o seu pequeno.
  12. Sempre mantenha o beliche em perfeitas condições, principalmente as barreiras de proteção, a escada e as ripas do estrado.
Crianças pulando no beliche
Nunca deixe seus filhos brincando sozinhos em um quarto com beliches nem permita que eles pulem em cima das camas.

Seus filhos dormem em um beliche? Siga essas recomendações para um uso seguro e evite acidentes

Não há dúvida de que há muitas considerações a serem levadas em conta quando nossos pequenos começam a dormir em um beliche. No entanto, a verdade é que informação é poder. Portanto, esperamos que essas recomendações tenham ajudado você a ter clareza sobre os principais pontos a serem considerados a fim de evitar qualquer tipo de acidente relacionado ao uso desse móvel.

Claro, se ocorrer uma queda ou qualquer tipo de acidente, não hesite em levar a criança ao médico o mais rápido possível. O profissional poderá aconselhá-lo da melhor maneira possível após avaliar o pequeno.

Pode interessar a você...
6 dicas para organizar os quartos compartilhados entre 3 irmãos
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
6 dicas para organizar os quartos compartilhados entre 3 irmãos

Os quartos compartilhados entre vários irmãos estão sempre bagunçados. Porém, com a aplicação de algumas dicas interessantes, isso pode ser mudado.