6 frases de Howard Gardner sobre a educação

1 de março de 2020
Os pensamentos de Howard Gardner sobre a educação podem ser resumidos em algumas de suas frases célebres.

Howard Gardner é um psicólogo e pesquisador estadunidense conhecido pela sua teoria das inteligências múltiplas, na qual ele descreve a existência de, pelo menos, oito inteligências (linguística, lógico-matemática, espacial, musical, corporal-cinestésica, naturalista, intrapessoal e interpessoal).

Esse autor teve muita repercussão no âmbito educativo. Por isso, neste artigo, apresentamos para você algumas de suas frases mais famosas.

As ideias de Gardner sobre a educação

De acordo com Howard Gardner, as inteligências múltiplas são combinadas e utilizadas em diferentes graus, de maneira pessoal e única.

Assim, cada pessoa tem o seu próprio perfil intelectual, ou seja, é mais competente em algumas disciplinas e menos em outras. Além disso, esse autor postula que cada uma das inteligências expressa no seu interior a própria criatividade.

Portanto, na hora de entender a educação, temos que entender desde uma perspectiva integral e inclusiva, na qual:

  • Sejam trabalhadas todas as áreas da aprendizagem.
  • Sejam levadas em conta as diferenças individuais.
frases de Howard Gardner sobre educação

5 frases de Howard Gardner sobre a educação

1. “Cada ser humano tem uma combinação única de inteligência. Esse é o desafio educativo fundamental”

Para educar corretamente as crianças, temos que conhecer os seus potenciais e dar a elas a oportunidade de poder desenvolvê-los ao máximo. Nesse sentido, o sistema educativo deve oferecer atenção individualizada e personalizada, valorizando todas as inteligências igualmente.

2. “Podemos ignorar as diferenças e supor que todas as nossas mentes são iguais. Ou podemos aproveitar essas diferenças”

Nem todas as crianças aprendem da mesma maneira. Em outras palavras, cada uma tem um perfil intelectual específico e um estilo de aprendizagem determinado. Isso deve ser levado em conta para oferecer uma educação de qualidade, prestando atenção nas necessidades de cada estudante.

3. “A irrupção das novas tecnologias nos obriga a educar as crianças de forma diferente”

As tecnologias da informação e da comunicação permitem facilitar o trabalho do docente no processo de ensino-aprendizagem. Assim, hoje em dia, existem muitas metodologias de inovação educativa que incluem o uso de computadores, tablets e outros dispositivos eletrônicos. Desse modo, podemos trabalhar e estimular todas as inteligências e personalizar a aprendizagem.

4. “As crianças deixam a sua marca na vida fazendo o que elas podem fazer, não o que elas não podem… A escola é importante, mas a vida é mais importante. Ser feliz é usar as suas habilidades produtivamente, sem importar quais elas sejam”

De acordo com Gardner, a inteligência representa a habilidade necessária para resolver um problema ou para elaborar produtos que são importantes em um contexto cultural.

frases de Howard Gardner sobre educação

Portanto, a educação tem a finalidade de conseguir que as crianças adquiram competências e capacidades úteis para a vida diária e o desenvolvimento futuro. Dessa forma, as crianças se transformam em adultos que contribuem, de algum modo, para a sociedade.

5. “O objetivo da educação é ajudar as pessoas a usar melhor as suas mentes”

Como já dissemos anteriormente, a mente é composta por diversos tipos de inteligência. Desde a educação, temos que preparar as crianças para que elas possam utilizar essas inteligências de uma forma eficiente.

6. “Deveríamos passar menos tempo classificando as crianças e mais tempo ajudando-as a identificar as suas competências e dons naturais, e cultivá-los. Há centenas e centenas de formas de ter sucesso e muitas, muitas habilidades diferentes que vão ajudar você a chegar lá”

Muitas vezes, tende-se a comparar as crianças entre si, especialmente no âmbito acadêmico. No entanto, isso é um erro grave, já que cada estudante tem características determinadas.

Portanto, o foco de atenção na educação deveria ser colocado no perfil intelectual de cada criança, em explorar os seus pontos fortes, já que é a escola que tem que se adaptar aos alunos, e não o contrário.

  • Sánchez-Aquino, L.I. (2015). La teoría de las inteligencias múltiples en la educación. México:Universidad Mexicana.