Higiene dos ouvidos: saiba a importância dela e como fazer

24 de março de 2019
Muitas pessoas sofrem de problemas auditivos regularmente, por isso é aconselhável se perguntar: o que fazer para evitá-los? Devo dar mais importância à higiene dos ouvidos? 

Você já passou por alguns momentos desconfortáveis por causa de ouvidos tapados? Embora não pareça, esses eventos dolorosos estão relacionados ao cuidado do órgão auditivo na maioria da população. Por esse motivo, para ajudar você a evitar essas situações, apresentaremos algumas dicas para manter uma boa higiene dos ouvidos.

Por que a higiene dos ouvidos é importante?

O ouvido é o canal sensorial interno, enquanto o pavilhão auditivo é a parte externa, coberta por folículos pilosos e glândulas. Eles produzem um óleo de cera chamado cerume, que chega à abertura da orelha. A quantidade de cera produzida varia de acordo com o organismo de cada pessoa.

O cerume retém partículas de poeira do ar. Dessa forma, impede que elas atinjam o tímpano, protegendo-o. Isto é, a cera tem uma função preventiva no ouvido.

No entanto, quando se acumula na entrada da orelha, geralmente bloqueia o canal auditivo externo. Essa é uma das causas mais comuns de perda auditiva. É por isso que a higiene dos ouvidos é de vital importância. Você não deve deixar um excesso de cerume se acumular lá.

Manter seus ouvidos limpos permite que esse órgão desempenhe efetivamente sua função auditiva e de equilíbrio. Com as devidas precauções, você evitará infecções e problemas graves, como a surdez permanente.

Como limpar os ouvidos corretamente

A evolução das patologias auditivas está se tornando mais perceptível a cada dia. No entanto, você pode evitá-las limpando o ouvido corretamente apenas quando for necessário.

Primeiramente, você deve usar um difusor de água marinha para diluir a cera acumulada e facilitar a remoção.

Você também pode usar glicerina. Essa ação terá maior efeito se realizada uma hora antes do banho, já que o banho é o melhor momento para a higiene do ouvido.

cotonetes no ouvido

Depois de alguns minutos, incline a cabeça sobre uma toalha para drenar a água e a cera diluída. Depois disso, seque a parte externa da orelha com a toalha. Dessa forma, você evitará o aparecimento de fungos.

A periodicidade desse processo deve ser em dias alternados. Lembre-se de que o ouvido não deve ficar completamente livre da cera.

O que evitar ao limpar os ouvidos?

Frequentemente, problemas auditivos são diagnosticados pela limpeza inadequada das orelhas. Por exemplo, alguns recomendam água oxigenada para a higiene do órgão auditivo. 

No entanto, não é a melhor opção. Na verdade, os médicos não a indicam, especialmente em pacientes com tímpano perfurado. Assim, tente não usá-la ao limpar seus ouvidos.

Além disso, evite usar cotonetes para remover a cera das orelhas, pois, em vez de removê-la, empurra o plugue de cera para dentro. Se a cera penetrar no ouvido, pode causar danos graves ao tímpano.

Também não introduza nenhum tipo de objetos como pauzinhos, alfinetes ou ganchos para aliviar a orelha ou limpá-la. Ao fazer isso, você corre o risco de romper as estruturas de seu ouvido.

Manter seus ouvidos limpos permite que este órgão desempenhe efetivamente sua função auditiva e de equilíbrio.

Como saber quando as orelhas estão sujas

Você pode saber se precisa limpar seus ouvidos se tiver alguns dos sintomas característicos. Por exemplo, perda auditiva, irritação no ouvido e coceira.

Às vezes, o plugue de cera pode se mover e causar alguma dor. Se mesmo depois de fazer a respectiva limpeza em casa você sentir desconforto, então deverá ir ao médico.

ouvido de criança

Cuidados necessários para um ouvido saudável

A boa saúde do ouvido não depende apenas da limpeza, mas também é preciso cuidados para evitar danos e ferimentos. Isso é especialmente relevante em crianças. Principalmente se praticarem natação, tente sempre fazê-las nadar com plugues de proteção do canal auditivo.

Além disso, evite expor seus ouvidos a ruídos muito altos e, se sentir desconforto ou dor, evite a autoexploração. Também não se automedique ou insira coisas no ouvido.

Da mesma forma, tente manter a televisão e os equipamentos de som em um volume moderado. Ademais, evite usar fones de ouvido com frequência e mantenha os ouvidos longe da umidade. Após o banho, certifique-se de secá-los bem.

Em conclusão, a higiene dos ouvidos deve ser acompanhada de bons hábitosTente mantê-los limpos e secos para evitar complicações que possam afetar significativamente sua vida diária.