A importância de usar o humor na sala de aula

13 de maio de 2020
Ensinar é importante, mas não é por isso que deve ser algo rígido e solene. Introduzir o humor na sala de aula traz grandes benefícios.

Sem dúvida, a educação é uma questão de grande relevância para o avanço de qualquer sociedade. No entanto, isso não significa que deva ser uma tarefa rígida, solene e estressante. Pelo contrário, introduzir o humor na sala de aula demonstrou trazer grandes benefícios, tanto para alunos quanto para professores.

Todos nós, em maior ou menor grau, passamos por experiências e emoções negativas durante os nossos dias de estudante. Muitos se lembram da pressão, da vergonha, do medo do professor e da atmosfera tão pesada que respirávamos no lugar onde passávamos a maior parte dos nossos dias.

Felizmente, os modelos educacionais estão começando a mudar e cada vez mais professores estão se esforçando para transformar o aprendizado em uma experiência gratificante.

O humor é a base da aprendizagem

Podemos considerar como humor tudo o que desperta risadas, diversão e emoções positivas em nós. Isso inclui piadas, jogos, brincadeiras e uma grande variedade de outros estímulos.

O humor estimula o nosso circuito de recompensa cerebral de maneira simples e saudável. É por isso que as crianças usam as brincadeiras para descobrir o mundo ao seu redor.

Ao brincar, elas exploram, descobrem e ensaiam comportamentos importantes. Mas isso é feito de uma maneira descontraída e gratificante. Assim, sempre que podem, elas recorrem às brincadeiras para experimentar essas emoções positivas novamente.

A importância de usar o humor na sala de aula

Já está claramente estabelecido que os aprendizados mais importantes ocorrem apenas quando estão associados a uma emoção, ainda mais quando ela é agradável. Então, por que não recorrer ao humor, essa ferramenta valiosa, para ajudar crianças e jovens a apreciar o conhecimento?

Benefícios de usar o humor na sala de aula

Reduz o estresse e aumenta a motivação

O processo de aprendizagem pode ser difícil. Os alunos geralmente enfrentam frustrações, fracassos, tédio e tensão. A sala de aula se torna um ambiente estressante que gera emoções negativas. Isso pode levar ao aparecimento de sintomas ansiosos e depressivos cada vez mais cedo.

Da mesma forma, o professor, imerso nesse ambiente tenso e exaustivo todos os dias, pode acabar sofrendo de burnout e ter o seu humor afetado.

Introduzir o humor na sala de aula ajuda a criar uma atmosfera positiva e descontraída, na qual o erro não implica rejeição nem humilhação, e no qual predominam emoções agradáveis ​​de cooperação e empatia.

Sem dúvida, isso vai contribuir para que tanto professores quanto alunos alcancem uma maior felicidade e qualidade de vida. E, adicionalmente, também vai motivar os dois grupos a executar o seu trabalho de maneira mais disposta e entusiasmada.

Quando o aprendizado é agradável e divertido, quando gera sentimentos positivos, quem não quer continuar aprendendo?

Aproxima e promove o aprendizado

Ensinar envolve, em grande parte, uma relação social. O professor deve ser capaz de captar a atenção do aluno e de comunicar as informações adequadamente. Da mesma forma, as relações entre os pares também são muito importantes. O humor favorece a proximidade, a intimidade e a coesão entre as pessoas.

As barreiras são destruídas e é forjada uma confiança interpessoal muito estimulante. Assim, graças ao humor, as tensões são suavizadas, há mais proximidade e o efeito comunicativo é promovido. Afinal, foi demonstrado que as informações divertidas chamam mais atenção e são gravadas na memória mais facilmente.

A importância de usar o humor na sala de aula

Promove a flexibilidade mental

Aspectos como criatividade, flexibilidade cognitiva e habilidades analíticas são essenciais para a vida. No entanto, as escolas geralmente implementam um ensino rígido que não permite o envolvimento ativo dos alunos na aprendizagem. Assim, eles se tornam meros receptores passivos de informações previamente elaboradas, que nem sequer despertam a sua curiosidade.  

A implementação do humor na sala de aula favorece que os alunos tenham uma mente desperta, flexível e aberta. Estimula a capacidade de pensamento divergente e os ajuda a desenvolver perspectivas mais amplas.

Como deve ser o humor na sala de aula?

Certamente, nem todo tipo de humor será benéfico. Ridicularizar, humilhar ou rir às custas de outra pessoa só vai gerar sofrimento e divisão. O humor a ser usado deve ser focado em facilitar as relações sociais e em relativizar o fracasso.

Portanto, devemos usar piadas que unam o grupo, dando aos alunos um sentimento de pertencimento e incentivando uma atitude descontraída e positiva diante dos erros, enxergando-os como parte natural do processo.

  • Narváez, E. J., & Solís, J. D. F. (2009). Risa y aprendizaje: el papel del humor en la labor docente. Revista interuniversitaria de formación del profesorado23(3), 203-215.
  • Fernández-Poncela, A. M. (2012). ‘Riéndose aprende la gente’: Humor, salud y enseñanza aprendizaje. Revista iberoamericana de educación superior3(8), 51-70.