Os benefícios de comer abacate na gravidez

· 22 de fevereiro de 2017

O abacate é um alimento que não só contribui com sua alimentação quando você está grávida mas que além disso traz consigo grandes benefícios para o crescimento de seu bebê. Comer abacate na gravidez pode ser mais vantajoso do que você acredita. A fruta contém uma grande quantidade de nutrientes fundamentais para ter um corpo mais saudável.

O abacate proporciona tanto para a mãe como para o bebê que está se desenvolvendo no ventre, importantes doses de Vitamina A, Vitamina E, gorduras saudáveis, cálcio, magnésio e até ácido fólico.

Comer esse alimento em boas quantidades ajudará a ter uma gravidez mais tranquila e muito menos traumática. A contribuição que este elemento alimentício pode trazer é realmente assombrosa.

Comer abacate na gravidez impacta no desenvolvimento de seu bebê 

Comer abacate na gravidez é sinônimo de um bom desenvolvimento da gestação, já que contribui para a correta formação do tubo neural do feto. Isso acontece graças aos altos índices de ácido fólico que estão contidos na fruta em questão.

Outro aspecto a se destacar tem a ver com o tipo de gorduras que contém o abacate. Como é um alimento com alta variedade de nutrientes e gorduras saudáveis (colesterol bom) consideradas absolutamente indicadas para o organismo. 

O abacate ajudará a desenvolver órgãos que precisam dessas gorduras, como o cérebro e o coração.

As gorduras saudáveis do abacate se convertem em vitaminas A e E, indispensáveis para o desenvolvimento perfeito do bebê na sua gestação. Adicionalmente, contribui para a criação de tecidos para a proteção de todos os órgãos no processo de crescimento.

Além de todas as propriedades antes mencionadas, o abacate também contém potássio, magnésio e cálcio. Todos estes minerais são indispensáveis para potencializar e controlar o ritmo cardíaco da mãe durante o processo de gestação.

Seu alto conteúdo em cobre permitirá que seu organismo crie mais glóbulos vermelhos

Comer abacate na gravidez reduz os indicadores negativos em seu organismo

O abacate é um grande protetor. Seu consumo ajuda a controlar os níveis exagerados de colesterol e controla a pressão sanguínea, que geralmente tende a aumentar durante o processo de gestação.

Seu alto teor de cobre permitirá a criação de glóbulos vermelhos em seu organismo, reduzindo a possibilidade de que você ou seu bebê sofram com algum vírus.

Outro aspecto positivo é que sua ingestão adequada previne a aparição da chamada “anemia ferropriva”, que aparece como consequência de um baixo consumo de ferro.

Ajuda a controlar os sintomas negativos da gravidez

Outro aspecto que você talvez desconheça é que o abacate será um aliado perfeito para diminuir os sintomas da gravidez. Algumas das moléstias causadas durante este belo, mas duro processo podem ser controladas com essa ajuda:

  • Náuseas. Se você sente muitas náuseas, temos uma boa notícia: consumir abacate ajudará a diminuir a desagradável e repetitiva sensação de mal-estar geral que acontece no processo de gestação.
  • Cãibras e cólicas. O mesmo se adapta para as cãibras das grávidas. Suas pernas sofrerão menos e você também poderá se prevenir perante as cólicas. Essas duas mudanças para melhor ocorrem por causa da grande quantidade de potássio que este alimento aportará ao seu organismo.

Receitas de como você pode comer abacate na gravidez

Receitas de como você pode comer abacate na gravidez

É possível que o abacate se constitua um alimento pesado se acompanhado de outros carboidratos, como algumas fatias de pão . Assim, a melhor forma de comer a fruta é acompanhada de alimentos ligeiros:

  • Petiscos ou saladas. Fazer tira-gostos com abacate na receita é uma grande ideia para lanchar ou fazer uma boquinha mesmo. Outra opção é fazer saladas onde o abacate ganhe protagonismo.
  • Vitaminas. Há mulheres que não gostam deste delicioso e nutritivo alimento. Para elas, é recomendável fazer vitaminas e misturar com outras frutas que podem ser cítricas ou doces. Tudo dependerá de seu gosto.

Abacate e a fertilidade

E se ainda não chegou a visita da cegonha, mas já está batendo a ansiedade para ter um bebê temos um remédio fabuloso: Comer abacate frequentemente.

Segundo um estudo da Escola de Saúde Pública da universidade americana Harvard, comer abacate e azeite de oliva triplica as probabilidades de ficar grávida. É um alimento ideal para favorecer os resultados dos procedimentos da fertilização in vitro.

O segredo parece estar novamente nas gorduras saudáveis deste magnífico alimento. E você já sabe: durante a gestação ou para aumentar suas probabilidades de ficar grávida, a melhor coisa a se fazer é comer grandes quantidades desta maravilhosa fruta.