Mau humor infantil é um sinal de inteligência?

23 de março de 2017

Mamães, ainda existe esperança. O mau humor infantil, segundo os últimos estudos realizados, é sinal de inteligência. Sim, ainda que custe acreditar por mais estranho e surpreendente que seja, um grupo de pesquisadores afirma essa hipótese.

Mas em que consistiram esses testes e o que dizem a respeito? Para as mães que costumam lidar constantemente com o mau humor de seus filhos, prestem muita atenção porque aqui contaremos detalhes de tal afirmação, um tanto favorável e encorajadora.

Mau humor: A pesquisa que assombrou o mundo

O polêmico estudo foi feito por um grupo de profissionais da Universidade de Nova Gales do Sul na Austrália. Essa pesquisa se realizou com crianças nas quais foram manipuladas o estado de ânimo e humor, com fins meramente acadêmicos.

Desse modo, submeteram as crianças à exposição de determinados filmes, a fim de que desenvolvessem a capacidade de associá-los à coisas positivas e negativas de suas vidas. Deste modo, se chegou a conclusão o que causou tanta agitação no mundo.

Esse estudo sobre o mau humor infantil foi liderado por Joseph Forgas e finalmente publicado na revista Australasia Science. Para surpresa dos próprios pesquisadores, o fato de que as crianças estejam de mau humor, ajuda-os a ver as coisas com maior clareza.

17967a0b8f7afc21b0529943c9e920f5

Agora, é preciso esclarecer que isso não é a única coisa que se descobriu a partir dessa minuciosa investigação, mas ainda existem muito mais informações que vão deixar você boquiaberta. Se surpreenda com os detalhes deste revelador estudo!

Os “benefícios” do mau humor infantil

São vários os pontos importantes que se chegaram na conclusão deste estudo. Primeiro, as crianças que apresentam mau humor, possuem um coeficiente intelectual mais elevado. Caso isso lhe irrite, paciência, porque pode ser um bom sinal!

Por outro lado, as crianças com temperamento “forte” – mais difíceis de lidar – em definitivo- pensam com maior clareza. Igualmente, a pesquisa demonstrou que se trata de crianças com maior capacidade de tomar decisões.

Por serem crianças que prestam mais atenção ao mundo exterior, se convertem em seres menos crédulos. Sem dúvida, são duas características mais que benéficas para o desenvolvimento de qualquer criatura. Por acaso você ainda se nega a aceitar essa tese?

Outro dos aspectos assinalados na análise se relaciona com o ponto anterior: essas crianças questionam sobre tudo o que se relaciona com elas. Quer dizer, julgam aquilo que experimentam, veem, escutam e percebem.

Assim, estas crianças são capazes de julgar os demais de uma maneira melhor, comparadas com as de melhor gênio. Pois a clareza, a inteligência e uma visão mais aguda de sua realidade imediata dão melhores frutos.

Por último, as crianças com mau humor são melhores comunicadores. Isto se deve ao aumento de sua aptidão na hora de argumentar. Também estimula que a criança se expresse corretamente, sem apelar para os gritos ou golpes.

3a4915a7ce13377103e0bc8f6bb69a81

Mau humor infantil: truques para controlar

Estamos de acordo: o mau humor de seu filho é difícil de controlar. Entretanto, segundo afirma o estudo, esse caráter é bom sinal. Então a questão é saber manejá-lo e controlá-lo. Mas surge imediatamente uma pergunta: como?

Pois bem, preste atenção! Aqui compartilhamos truques básicos para lidar com uma criança de personalidade difícil, sem morrer na tentativa:

  • Estimule a criança para que se expresse adequadamente. Ajude a transformar em palavras o que ela sente.
  • Oriente para que se distancie de situações e evite pessoas que o alterem ou prejudiquem.
  • Se ela explode e se manifesta mediante um xingamento, peça que reflita em seu quarto, para conversar depois que se sinta tranquila e preparada.
  • Como sempre dizemos: pregue com o exemplo. Então, não tenha reações exageradas e desmedidas diante de determinadas situações cotidianas.

E você? Tem alguma outra maneira de acalmar o mau humor de seu filho? Qual? Compartilhe na comunidade “Sou Mamãe”. Depois de tudo, todos devemos lidar de alguma maneira com nossos difíceis, porém amados filhos . E nada melhor que fazer isso na esperança de que sejam ultrainteligentes!