O melhor brinquedo do bebê: a voz da mamãe e do papai

As crianças não precisam de muitos luxos para serem felizes. Estar com seus pais nos melhores momentos é a coisa mais importante para elas. Saiba mais abaixo!
O melhor brinquedo do bebê: a voz da mamãe e do papai

Última atualização: 10 Junho, 2021

Um dos ‘brinquedos’ mais importantes para o desenvolvimento das habilidades cognitivas de um bebê não tem preço: é a exposição regular à voz da mamãe e do papai. Para que se desenvolvam adequadamente, os bebês precisam estar em contato com os pais, sendo estimulados por suas vozes, pelo toque e pelo calor que todo seu amor incondicional lhes proporciona.

O desenvolvimento da linguagem

O desenvolvimento da linguagem é um dos marcos principais no desenvolvimento da primeira infância. Uma parte importante do desenvolvimento social e intelectual de uma criança depende de atingir esse marco. As crianças que apresentam falta de conhecimento sobre a língua podem ser retraídas ou até mesmo se tornarem pessoas isoladas. Além disso, não ter habilidades linguísticas também aumenta as dificuldades de aprendizagem.

O nível de linguagem das crianças determina se a aprendizagem em idade escolar será fácil ou uma batalha diária. Na verdade, o estímulo da linguagem ajuda as crianças a determinar sua inteligência no futuro. Por isso, é tão importante que haja um bom estímulo linguístico, já que o bebê começa a interagir com os pais de uma forma ou de outra.

Existe uma relação estreita entre a linguagem falada e dificuldades específicas de aprendizagem, como a dislexia. Cerca de 60% das crianças com dislexia começaram a falar tarde. Ao contrário da crença popular, o desenvolvimento da linguagem não é um processo natural ou automático… Tudo o que uma pessoa sabe ou é capaz de fazer é aprendido, e a linguagem não é exceção.

Começar cedo

 

A importância da voz da mamãe e do papai

O cérebro do bebê quer começar a desenvolver a linguagem antes mesmo do nascimento, então o ouvido começa a funcionar quando o pequeno ainda está no útero da mãe. Durante as últimas dez semanas da gravidez, o bebê começa a aprender sua língua materna enquanto espera confortavelmente no útero o momento de sair.

Em questão de horas após o nascimento, os bebês são capazes de distinguir entre sua língua materna e línguas estrangeiras. Isso envia uma mensagem clara para todas as mães e pais: seu bebê ouve, aprende e lembra durante a última fase da gravidez, por isso é fundamental que você converse e interaja com ele, mesmo que não o veja porque ele ainda está dentro da sua barriga.

Essa ideia é corroborada por vários estudos. Durante o sexto mês de gravidez, o bebê começa a desenvolver audição e a ter sensibilidade pela primeira vez à voz da mãe, e até mesmo a entender o ritmo particular de sua língua materna. Os bebês começam a distinguir qual é a voz da mãe para começar a aprender e melhorar sua fala no futuro.

Um estudo alemão registrou o choro de bebês com idades entre três e cinco dias e analisaram os sons. Metade dos bebês tinha origem em famílias de língua francesa e a outra metade em famílias alemãs. Os cientistas descobriram que há uma clara diferença na forma e no som entre os gritos e choros de bebês de diferentes grupos de origem.

 

A voz e a fala dos pais.

Pais e mães do todo mundo devem, portanto, começar a falar com seu bebê antes do nascimento e continuar a fazer isso após o parto, desenvolvendo assim a arquitetura de seu cérebro. O pequeno vai precisar dessa arquitetura posteriormente para ler, aprender e pensar com inteligência. Pais, irmãos mais velhos, avós e cuidadores devem, desde o início, ajudar a fornecer uma base sólida para o aprendizado. Como? Falando!

É necessário que os pais, os familiares e os cuidadores dos bebês tenham consciência de que sua voz e sua fala são o aspecto mais importante para o desenvolvimento dos pequenos. Embora possa parecer que eles não entendem, seu cérebro está trabalhando incansavelmente, criando milhões de conexões que os ajudarão a se desenvolverem melhor, não apenas cognitivamente, mas também linguisticamente no futuro.

Existem muitas maneiras de interagir com o bebê. Converse com o pequeno como se ele entendesse você, diga a ele tudo o que você vai fazer, explique o cotidiano para ele. Leia histórias, cante canções e repita palavras com diferentes entonações para chamar sua atenção. Aproveite estar com seu bebê e poder conversar com ele o tempo todo. Seu pequeno precisa de você para aprender e se desenvolver.

Pode interessar a você...
Tudo sobre os brinquedos interativos para crianças
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Tudo sobre os brinquedos interativos para crianças

Os brinquedos interativos para crianças representam o futuro da aprendizagem através das novas tecnologias. O que devemos saber sobre eles?