Quais são os melhores alimentos para crianças?

Os hábitos alimentares saudáveis são transmitidos na infância. Oferecer alimentos de qualidade todos os dias é um dos pilares essenciais para isso.
Quais são os melhores alimentos para crianças?

Última atualização: 25 Agosto, 2021

Neste espaço, vamos revelar quais são os melhores alimentos para oferecer aos seus filhos e como incluí-los em sua alimentação regular. Todas as opções apresentadas são produtos de alta qualidade nutricional e fornecem substâncias essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Você deve saber que um dos pilares fundamentais de uma dieta saudável é a variedade. Nesse sentido, é conveniente preparar cardápios com alimentos de todos os tipos para aumentar o repertório de nutrientes. Lembre-se de que o melhor é optar sempre por produtos frescos e evitar os ultraprocessados.

Portanto, se você deseja melhorar a alimentação dos pequenos, leia atentamente as seguintes recomendações.

Legumes

Assim como no restante dos alimentos de origem vegetal, os legumes são ricos em vitaminas, minerais e fitonutrientes. Todos esses componentes são essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Dentre as suas propriedades, destaca-se o poder antioxidante, que favorece a eliminação de resíduos tóxicos das células. Quando essas substâncias não são eliminadas corretamente, elas se acumulam e aceleram o envelhecimento dos tecidos. Com o tempo, isso pode levar a diferentes doenças.

É importante estar ciente de que os bons hábitos alimentares são transmitidos durante os primeiros anos de vida. Por isso, é imprescindível que os legumes apareçam com frequência no prato das crianças. Com exposições repetidas, os pequenos se acostumam com suas propriedades organolépticas e aos poucos os aceitam.

Dentro desse grupo de alimentos destacam-se o brócolis, a couve-flor e os legumes de cor vermelha intensa, como o pimentão.

Frutas

Bebê experimentando várias frutas diferentes.

Assim como os legumes, as frutas também concentram grande quantidade de vitaminas e compostos antioxidantes. No entanto, a qualidade nutricional dos legumes é muito melhor.

Uma das grandes vantagens desses alimentos é que possuem alta concentração de água, o que ajuda a manter o estado de hidratação. Isso é particularmente importante durante os meses quentes do ano, quando a perda de fluidos corporais aumenta por causa da transpiração.

Ao consumir frutas, é importante priorizar a fibra em relação ao suco, pois é neste último que se concentra todo o açúcar (ou frutose). Por isso, é preferível oferecer a fruta inteira ou em pedaços para aproveitar ao máximo todas as suas propriedades.

Uma dica importante é tentar oferecer as variedades de cor vermelha ou exóticas ou com alto teor de água, como o melão e a melancia.

Leguminosas

As leguminosas são um grupo alimentar amplamente esquecido nas dietas infantis. Esses produtos são fonte de grande quantidade de proteínas vegetais, mas também contêm fibras e diversos minerais essenciais.

Embora sua digestão nem sempre seja simples, é importante consumi-las pelo menos algumas vezes por semana.

Grãos

Os grãos são alimentos muito saudáveis e nutritivos para incluir na dieta das crianças. No entanto, nem todos devem aparecer na mesma proporção e é sempre preferível optar pelas variedades integrais. Estes últimos têm a particularidade de conservar grande parte de sua fibra.

É importante limitar a ingestão de grãos e cereais refinados ou com açúcares adicionados. São os mais encontrados nas grandes lojas, mas não são as alternativas mais adequadas.

Se você quiser incluir os grãos nos pratos da sua família, experimente a aveia, que é o melhor cereal de todos.

Laticínios

Esse grupo alimentar merece uma menção especial, pois constitui uma grande fonte de proteínas. É importante ter certeza de sempre oferecer a variedade integral, pois a maioria das vitaminas está dissolvida na gordura.

Além do leite, as variedades fermentadas como o iogurte e o kefir são ótimos alimentos. Ambos contêm probióticos, que são microrganismos capazes de melhorar a saúde intestinal das crianças.

Carnes e peixes

Criança comendo peixe porque é muito importante na alimentação infantil.

Tanto as carnes quanto os peixes devem ocupar um lugar central na maioria das refeições, pois são alimentos de alta densidade nutricional.

Assim como os legumes, eles contêm proteínas de alto valor biológico, indispensáveis para o desenvolvimento dos tecidos e dos músculos da criança.

É importante incluir alimentos de qualidade na dieta da criança

Ao planejar a dieta do seu filho, é necessário promover o consumo de alimentos frescos e evitar os ultraprocessados.

Dessa forma, você garante o fornecimento de nutrientes essenciais para o adequado crescimento e desenvolvimento. Além disso, você ajuda a reduzir o risco de desenvolver algumas doenças crônicas e complexas, como a obesidade e a diabetes.

Pode interessar a você...
Dicas para prevenir transtornos alimentares desde a infância
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Dicas para prevenir transtornos alimentares desde a infância

Para prevenir os transtornos alimentares desde a infância, é necessário informar, construir hábitos e promover atitudes saudáveis. Confira algumas ...



  • Liguori I, Russo G, Curcio F, et al. Oxidative stress, aging, and diseases. Clin Interv Aging. 2018 Apr 26;13:757-772. doi: 10.2147/CIA.S158513. PMID: 29731617; PMCID: PMC5927356.
  • Wojtyniak K, Szajewska H. Systematic review: probiotics for functional constipation in children. Eur J Pediatr. 2017 Sep;176(9):1155-1162. doi: 10.1007/s00431-017-2972-2. Epub 2017 Aug 1. PMID: 28762070; PMCID: PMC5563334.