Método Kumon: um sistema de aprendizado autônomo

· 12 de janeiro de 2018

O método Kumon é um sistema japonês que busca desenvolver o potencial de aprendizagem das crianças. O método está baseado em dois programas, um de matemática e outro de leitura, que inclui outras línguas.

Mais do que desenvolver habilidades específicas, este método visa preparar o aluno para o aprendizado autônomo. Isso seria alcançado adquirindo o hábito de estudo contínuo com um plano individualizado.

Como surgiu o método Kumon?

“Toda criança tem potencial de se superar e habilidades para explorar”

O método Kumon foi criado pelo japonês Toru Kumon em 1954. Esse professor começou desenvolvendo um programa de matemática pois o filho dele tinha muita dificuldade. Mais tarde, também criou um programa de leitura ou de linguagem, dando origem ao sistema atual.

Kumon acreditava que todas as crianças têm potencial de se superar e que elas possuem muitas habilidades que devem ser exploradas. Para isso, ele achou necessário criar um sistema de aprendizado que permitisse expandir as capacidades de cada criança ao máximo.

método kumon incentiva a criança

Os objetivos deste método de aprendizado

A prática deste método se baseia em um currículo individual e personalizado, no qual cada aluno avança no próprio ritmo. Seguindo a filosofia do professor Kumon, as crianças conseguem:

  • Dominar os conceitos mais básicos da matemática e da linguagem
  • Melhorar a concentração, a organização e os hábitos de estudo
  • Desenvolver todo o potencial
  • Aumentar a autoconfiança e a autodisciplina
  • Se sentir mais motivadas e satisfeitas
  • Se tornar autodidatas e capazes de estudar sozinhas

Em que se baseia o método Kumon?

Este sistema possui duas modalidades, matemática e línguas (que inclui português, inglês e japonês). Em cada uma delas o progresso e o estudo das matérias são, logicamente, diferentes. Em ambos os casos, os estudos começam com exercícios mais simples que vão progredindo gradualmente e se tornam mais complexos.

O método para a matemática é baseado na repetição de exercícios básicos como a adição, a subtração, a multiplicação e a divisão. Estes exercícios vão ficando progressivamente mais e mais complexos até atingir um nível avançado. No método da aprendizagem de línguas, por sua vez, o estudo foca nos estágios de leitura e de formação das palavras.

Os segredos desse aprendizado são o estudo contínuo e a abordagem autodidata. O professor tem o papel de orientador que vai focar em melhorar os pontos fracos das crianças programando as tarefas. Ocasionalmente, ele pode dar dicas para propor a resolução das atividades, mas não vai ensinar a fazer como o professor convencional.

“No método Kumon o professor é o acompanhante das descobertas do aluno”

Qual a idade ideal para começar com o método Kumon?

Uma das principais características do método Kumon é que não existe uma idade certa para começar. Embora seja recomendado começar o mais cedo possível, pode ser aplicado em qualquer fase da vida. O método é capaz de desenvolver o potencial de cada aluno desde a educação infantil até a universidade.

Cada um estuda no nível mais apropriado para a sua capacidade, sem qualquer limite de idade ou de nível escolar. Desta maneira, de forma tranquila e gradual, os estudantes ganham gosto por aprender e podem ter a satisfação de alcançar bons resultados com o esforço que fizeram.

O que é valorizado com o método de Kumon é o estudo autodidata e a capacidade de aprender sozinho. O estudo é realizado através de leituras e de reflexão, repensando os problemas até chegar na solução sozinho.

O papel fundamental dos pais

Embora o objetivo seja fazer com que as crianças sejam autodidatas e capazes de resolver qualquer desafio, elas não estão completamente sozinhas nesse processo. Esta metodologia poderia ser comparada com um triângulo, cujos vértices seriam o aluno, os orientadores do método e os pais.

método kumon para reforçar aprendizado

A família é o principal apoio das crianças, especialmente durante os primeiros anos de vida. No caso do método Kumon, os pais também têm um papel fundamental. O papel dos pais se concentra em duas tarefas:

  • Fazer a correção dos exercícios que os filhos fazem todos os dias em casa. A correção não toma muito tempo e compartilhar o tempo de estudo com as crianças pode aumentar a satisfação pessoal em fazer o dever de casa.
  • Motivar as crianças de forma contínua. Estudar não é divertido para a maioria das crianças, e menos ainda se o aprendizado for extracurricular como sugere o método de Kumon. Portanto, avaliar o esforço que a criança faz e encorajá-la todos os dias deve ser o principal trabalho dos pais.

Onde é possível estudar com o método Kumon?

Atualmente, existem mais de 1.300 unidades de escolas Kumon distribuídas no Brasil.

Esse método é uma ótima pedida para ajudar a criança que está tendo dificuldades no desenvolvimento escolar.