Meu bebê é desses que tem caráter forte!

· 29 de outubro de 2018
Há quem acredite que os bebês vêm ao mundo como telas em branco, e que seu caráter, responde a simples comportamentos aprendidos. Não é verdade.

Por mais curioso que possa parecer, cada recém-nascido tem um temperamento e uma personalidade própria que irá amadurecendo com o tempo, com base em várias dimensões pelas quais “nem sempre” somos responsáveis.

Todos os pais vão notar em alguma ocasião. Seu bebê não tem mais do que alguns meses e, no entanto, já demonstra o caráter vulcânico de um adulto.

Com quem ele se parece? Talvez esse gênio venha do avô, ou talvez, seja tão teimoso como são seu pai e sua mãe juntos.

Entretanto, mais além de tentar buscar a origem do comportamento precoce de nossos bebês, é necessário ter consciência de um aspecto: essa criança que acaba de chegar ao mundo é única.

Devemos tentar não compará-la com ninguém. De nada serve tentar saber de quem é esse caráter .

O mais importante é sermos sensíveis, intuitivos e ir compreendendo dia após dia as necessidades e características particulares dessa criança.

“A melhor forma de dar ao mundo crianças boas é fazê-las felizes”

-Oscar Wilde-

De fato, algo que às vezes nos entristece ouvir da boca de muitos pais e mães é aquela história de “É que eu não consigo lidar com ele, tem só dois anos e tem um gênio insuportável”.

Em vez de brigar um dia sim e no outro também com essa criança difícil, o mais adequado seria entender o mundo emocional desse pequeno para guiá-lo e canalizar seu temperamento.

A criação é uma arte para seres pacientes e para corações sábios. Temos certeza de que você compartilha estas características.

O bebê com caráter forte tem mais necessidades

caráter forte

O bebê com caráter forte geralmente compartilha traços comuns que todo pediatra especialista em psicopedagogia infantil conhece.

Alguns exemplos de características de bebês com caráter forte são:

  • Bebês reclamões.
  • Não se acostumam com as rotinas ou quando são quebradas por algum motivo reagem de forma exagerada: como uma tempestade de meleca de nariz e choros.
  • Acordam muitas vezes durante a noite.
  • São muito intensos em suas reações. Na hora de chorar, de mostrar seu incômodo, sua felicidade, sua insistência, etc.

É comum que as crianças com caráter forte exijam muito de seus pais e mães.

Os bebês reclamões têm uma maior necessidade de apego. É nesse aspecto, portanto, no qual devemos investir tempo e esforços.

Facilitar essa proximidade, na qual dia a dia se sintam mais seguros para acalmar seus medos, sua ansiedade pela separação, sua frustração por não ter cada coisa que desejam, etc.

O desenvolvimento da personalidade das crianças

caráter forte

Em primeiro lugar, vamos diferenciar 3 aspectos importantes: o temperamento de uma criança faz referência a sua maneira particular de reagir diante de um estímulo.

A personalidade é sua forma de ser e o caráter é uma expressão de sua personalidade. Assim, bebês com caráter forte têm uma personalidade forte.

O que um bebê mostra em seus primeiros meses é uma combinação entre o temperamento e o caráter.

Na verdade, sua personalidade ainda está amadurecendo, mas ele já tem algumas “bases” próprias e únicas que o definem. Nossa responsabilidade, portanto, é orientar essas bases da melhor maneira.

Seu caráter já nos dá uma pista de seu gênio, de sua tendência comportamental, de suas reações, medos e ansiedades. Mês a mês e ano a ano, o bebê irá consolidando diversos aspectos.

No entanto, é importante lembrar que se nosso filho de 2 anos é um pouco introvertido, nunca poderemos transformá-lo numa pessoa aberta e extrovertida.

Dessa forma, nossa responsabilidade como pais é favorecer sua autoestima, aumentar sua segurança pessoal e ser artífices de uma adequada inteligência emocional.

A personalidade da criança é dela. Nossa missão é conseguir que seja feliz, respeitosa e independente com base nas raízes de seu próprio caráter.

Quais pistas meu bebê dá sobre sua personalidade?

caráter forte

A seguir, explicamos uma série de dimensões que já podem nos dar algumas pistas sobre a personalidade mais ou menos reclamona ou estável de nossos pequenos.

O nível de atividade

Um bebê inquieto não é necessariamente um bebê hiperativo.

Há bebês que se mexem menos, que mexem em tudo e que são mais difíceis de acalmar à noite quando precisamos colocá-los para dormir.

Muitas vezes, essa característica faz referência à sua curiosidade natural ou sua precocidade no amadurecimento.

A regularidade

Há bebês irregulares, como aqueles que não se habituam às rotinas, aos horários, às orientações do dia a dia.

São crianças que vão precisar de mais tempo para adquirir competências, como o controle do esfíncter, por exemplo.

Portanto, requerem mais paciência da nossa parte.

A adaptabilidade

Esta é uma pista muito clara sobre o caráter de um bebê.  Existem aqueles que não se adaptam às mudanças.

A intolerância à novidade define a criança de personalidade difícil.

Demanda das atenções

O mundo dos bebês geralmente se divide em duas tipologias: aqueles mais tranquilos que dormem bem, que comem bem e que se adaptam de forma adequada, e aqueles que exigem nossa atenção quase a todo instante.

Os bebês de alta demanda entram nesta característica e são, em geral, crianças mais difíceis.

No entanto, lembre-se sempre do seguinte: as crianças de alta demanda ou com caráter forte não têm nenhum problema, nem nenhuma patologia.

São pequenos que precisam mais de nós, que exigem nossa proximidade para se sentir seguros.

Se estivermos ao lado delas, sabendo dar sempre respostas emocionais adequadas durante os primeiros 5 anos de vida, sem dúvida, essas crianças se transformarão em crianças que anseiam conhecer o mundo, crianças hábeis, despertas e com alta necessidade de aprender.