Mitos que você deve conhecer sobre a amamentação

9 de agosto de 2018
“Se você tem os seios pequenos, praticamente não terá leite”, “Se você amamenta seu filho além dos 2 anos, ele será obeso”, “Quando você dá o peito, jamais deve tomar banho frio…”.

Você já ouviu essas frases alguma vez? Se sim, fique tranquila. Há muitos falsos mitos sobre a amamentação. Continue lendo e você vai descobrir alguns deles. 

Mesmo que seja verdade que atualmente se continua dando relevância à importância de dar o peito às crianças até que a mãe considere ou assim o deseje, são muitas as mulheres que deixam de fazê-lo devido a conselhos incorretos ou falsos mitos.

Outras mulheres, por exemplo, pensam que se deve respeitar  ao máximo o horário das mamadas e que não é conveniente dar o peito antes da hora certa. Infelizmente, essa não é uma atitude correta. Lembre-se sempre de que diante de qualquer dúvida, o melhor especialista é o pediatra. Não importa o que te digam outras mães levadas pelas modas de última geração.

O melhor é entender as necessidades de seu bebê, conhecer seu corpo e ter sempre o apoio de um bom profissional. Daremos mais algumas informações neste artigo.

Falsos mitos sobre a amamentação

Quando somos mamães e vivemos essa maravilhosa época da amamentação, sempre temos ao nosso redor os familiares, amigas, avós, tias, primas e vizinhas que podem ajudar nos dando seus sábios conselhos.

Tudo isso é positivo. Entretanto, nunca se deixe levar por tudo o que te disserem. Pense que a principal prioridade é seu próprio filho. Em certas ocasiões, uma frase pouco oportuna pode fazer com que nos preocupemos sem razão ou que acabemos tendo condutas erradas.

Veja, a seguir, alguns falsos mitos que toda mãe já teve que enfrentar:

mitos sobre a amamentação

Se seus seios não aumentam durante a gravidez é porque você não vai ter leite

Muitas mulheres não tem um aumento de tamanho dos seios durante a gravidez, isso acontece. Entretanto, não significa que você não vai ter leite. A parte do seio que produz o leite é a zona glandular. O mais provável, nesses casos, é notar o aumento de tamanho durante os primeiros meses após dar à luz. É algo completamente normal.

Quando você dá o peito, tem que beber mais leite

Com certeza já te falaram que, durante a amamentação, é necessário beber mais leite. Dessa forma, teríamos mais leite para dar ao nosso filho. Bem, esse é outro mito. O importante é que a sua alimentação seja variada e equilibrada. Não se trata de consumir produtos lácteos exclusivamente. Mas, sim, de ter uma alimentação balanceada que inclua frutas, verduras e proteínas.

Os bebês tem que comer a cada três horas. Nunca os alimente antes!

Qual é o sentido dessa afirmação? Se um bebê está com fome, teremos que esperar três horas para dar de mamar? Não dê ouvidos a essa afirmação. Lembre-se, simplesmente, de que um bebê precisa mamar entre 8 e 12 vezes por dia. O ideal é que tome pequenas quantidades de leite várias vezes ao dia. Sempre de acordo com o que o bebê pedir.

À medida que seu filho crescer, sua demanda já não será tão elevada. Contudo, durante os primeiros meses basta que entendamos as necessidades do nosso filho.

mitos sobre a amamentação

As mamadas duram 10 minutos em cada seio e o bebê tem que mamar nos dois peitos em cada mamada

Esse falso mito também tem passado de geração em geração. O pior de tudo isso é que quando uma mãe fica obcecada com essa ideia, o bebê acaba recusando o peito. Certamente, isso não é adequado.

É preciso que entendamos o seguinte:

  • Quando um bebê começa a sugar, a primeira coisa que ele perceberá é o leite aguado.
  • Segundos depois, esse leite já estará rico em gordura.
  • O ideal é que em cada mamada a criança se concentre em um peito para que, dessa forma, tome ambas as coisas: água rica em leite e leite rico em gordura.

Os 10 minutos de tempo também não são uma obrigação. Pois cada criança tem suas próprias necessidades.

Durante a amamentação, a mulher não engravida

Esse é outro mito muito comum que muitas mães já sabem que é completamente falso. Mesmo que seja verdade que depois de dar à luz podem se passar alguns meses sem que exista a ovulação, isso não ocorre sempre.

Quando as crianças começam a andar, deve-se parar de amamentar

Certamente, esse é um dos mitos mais negativos e retrógrados que podemos encontrar. Um bebê tem que receber leite materno durante os 6 primeiros meses. Até os dois anos, o leite materno – ou a mamadeira – devem ser complementados, pouco a pouco, com outros alimentos.

mitos sobre a amamentação

  • Prolongar ou não a amamentação além dos dois anos é algo que somente a mamãe deve decidir. Ninguém mais deve decidir por ela. E decidir pelo término não vai criar nenhum trauma na criança. Ela não vai ser mais dependente, nem será obesa, nem uma criança com baixa autoestima.

Essa criatura será, no futuro, o que ela quiser ser. E com a alimentação correta, muito provavelmente, será mais imune, mais saudável, vai ter menos alergias, etc.

A questão de parar de amamentar um filho é algo que compete somente à mãe. Portanto, vamos acabar com os falsos mitos sobre a amamentação para o bem de todos.