Mudanças no corpo após a gravidez

27 de março de 2019
Você sabe como o corpo muda após o parto? Você vai se surpreender ao saber algumas das transformações mais comuns.

Depois de dar à luz, a pele muda, pode surgir uma transpiração excessiva, a retenção de líquido desaparece quase magicamente… Estas são algumas das mudanças no corpo que ocorrem após a gravidez.

Muitas delas podem te surpreender ou até mesmo serem confundidas com um problema de saúde. Por isso, neste artigo, queremos mostrar algumas das mudanças mais comuns no pós-parto. Dessa forma, você estará ciente de alguns sinais que o seu corpo vai apresentar devido às alterações hormonais.

Fique calma, porque esses sintomas vão desaparecer gradualmente, e embora alguns possam se tornar permanentes – como por exemplo as estrias –, podem ser prevenidos ou até mesmo reduzidos com a devida atenção e cuidados antes e após o parto.

Depois de nove meses passando por mudanças hormonais e físicas, é normal que o nosso corpo não seja mais o mesmo após o parto. Ficamos inchadas pela expansão sofrida pelo nosso útero, nossos músculos abdominais estão fracos e nossos hormônios continuam alterados e voltados para a produção de leite.

Voltar ao corpo de antes da gravidez

Geralmente, são necessários entre 9 e 12 meses para recuperar o corpo de antes da gravidez. Certamente, cada corpo é de um jeito e vai levar o seu próprio tempo. Por isso, não se assuste tanto se você se recuperar rapidamente quanto se demorar mais do que a média.

As consultas médicas vão te ajudar neste processo. No entanto, a forma física que você tinha antes, assim como sua alimentação ou seu nível de atividade, serão fatores determinantes.

A seguir, vamos mostrar uma lista das mudanças no corpo após a gravidez, não apenas para que você as conheça, mas ainda mais importante, para que você compreenda que é um processo natural e que é possível recuperar a sua aparência anterior em grande medida.

Mudanças no corpo

Se você está aqui porque você está grávida, tenha em mente que nessa fase você pode sofrer, como diz Astrid Olivar, “alterações na cor da pele e na mucosa genital ou hipermobilidade das articulações” e também passar por mudanças mais significativas como as que surgem “nos sistemas cardiovascular, urinário, digestivo, respiratório, de coagulação e nos órgãos reprodutivos”.

Vamos analisar os aspectos da metamorfose do corpo no pós-parto.

Mudanças no corpo após a gravidez

Mais comuns

1. Redução de peso

Vamos começar com uma notícia boa: após o parto nós eliminamos a retenção de líquido e nosso útero começa a se contrair, diminuindo o seu peso pela metade. Isso nos faz perder vários quilos logo de cara, e mesmo que não nos leve ao nosso peso ideal, já é um bom começo.

A maioria das mulheres perde metade do peso do bebê em até 6 semanas após o parto, de acordo com o portal Medline Plus. Você sabia que durante o parto você já perde entre 5 e 7 quilos?

2. Barriga inchada

O útero está um pouco dilatado, por isso demora um pouco mais de um mês para voltar ao seu estado anterior.

3. Dores vaginais

Elas se intensificam nas mulheres que passaram por um processo de parto natural, mas também ocorrem desconfortos após a cesárea. Seus sintomas são ressecamento, inflamação, presença de uma secreção conhecida como lóquio e incapacidade de ter contato sexual.

4. Inchaço nas pernas

Esse incômodo pode durar várias semanas, mas desaparece com massagens suaves e ao fazer exercícios ou caminhadas.

5. Transpiração abundante

Esse aspecto responde aos ajustes hormonais, já que o nosso corpo, ao não precisar reter líquidos, começa a expelir água pelas glândulas sudoríparas.

6. Dor nas costas

Este é um dos desconfortos mais comuns e também está ligado à fraqueza dos músculos abdominais, que gera um esforço adicional para que os músculos da lombar possam sustentar toda a área da cintura. Fazer massagem com um massagista pode ajudar a aliviar os sintomas.

7. Inflamação das mamas e sensibilidade

Isto ocorre devido à produção de leite, podendo fazer com as mamas fiquem um pouco flácidas e que apareçam estrias.

Você deve aplicar cremes constantemente e usar um sutiã adequado que não cause atrito, porque também é possível ter dor ou desconforto nos mamilos.

8. Incontinência urinária

A distensão muscular durante o trabalho de parto pode causar a perda de urina ao fazer esforço, como, por exemplo, ao tossir ou rir. Os movimentos intestinais também podem ser afetados se você teve um parto vaginal longo.

Entretanto, se você fez exercícios para fortalecer o períneo durante a gravidez, os desconfortos vão desaparecer mais rapidamente.

Barriga inchada

Outras mudanças:

  • Sensação de ardência ao urinar
  • Infecções urinárias
  • Queda de cabelo e fraqueza nas unhas (associadas a alterações hormonais)
  • Constipação
  • Hemorroidas
  • Acne
  • Desidratação da pele
  • Varizes

Lembre-se de que todos esses sintomas são circunstanciais e que nem todas as mães passam por eles. O seu aparecimento pode até mesmo ser muito sutil ou imperceptível.

Para concluir, queremos fazer uma reflexão final porque sabemos que vivemos em uma sociedade inundada de estímulos visuais direcionados à perfeição estética. Os corpos perfeitos no pós-parto que aparecem na televisão e nas redes sociais pertencem a uma pequena minoria.

Quando vemos uma celebridade exibir um corpo praticamente inalterado algumas semanas após o parto, fica claro para nós que tanto as intervenções cirúrgicas quanto o photoshop são os verdadeiros protagonistas.

Então, não se sinta mal! As mudanças que você tem são normais. Não se sinta pressionada a recuperar a forma. 

  • Canaval, G. E., Jaramillo, C. D., Rosero, D. H., & Valencia, M. G. (2007). La teoría de las transiciones y la salud de la mujer en el embarazo y en el posparto. Aquichan
  • Olivar Bonilla, A. (2002). Cambios biológicos, psicológicos y sociales durante el embarazo. Rev Fed Odontol Colomb, 37-51
  • La recuperación después del parto. Kidshealth.org. 2018.  https://kidshealth.org/es/parents/recovering-delivery-esp.html