Música clássica para crianças: o que escutar?

Ritmo desde a barriga da mãe. Muitas mamães colocam para tocar música clássica para o bebê escutar durante o processo de gestação, pois ambos se beneficiam dos seus efeitos. No caso dos bebês, a partir da vigésima semana, eles já têm capacidade de ouvir.

A partir desse momento, a música afeta positivamente o sistema circulatório, estimula as células e favorece o desenvolvimento do cérebro.

No caso da mãe, a música faz com que ela tenha estados de espírito positivo que o bebê é capaz de perceber. Quando a mãe relaxa escutando música e se concentra na sua respiração, as batidas do coração vão adquirindo um compasso e são um estímulo para o bebê.

Por que música clássica para as crianças?

Alguns estudos garantem que a música clássica é benéfica para as crianças de variadas formas desde os primeiros anos de vida. A maioria desses benefícios estão relacionados com as áreas do cérebro que são estimuladas por causa do tipo de ritmo e composição musical. Alguns desses benefícios para as crianças são:

  • Estimula as emoções positivas.
  • Aumenta a concentração e atenção.
  • Estimula a criatividade.
  • Melhora as habilidades matemáticas.
  • Serve como meio de expressão.
  • Desenvolve a expressão corporal.
  • Favorece a interação social.
  • Estimula a elaboração de lembranças, o que aumenta as capacidades intelectuais.
  • Reduz os níveis de estresse e ansiedade.
  • Diminui a dor se houver.
  • Se a criança além de escutar música clássica tocar algum instrumento musical, ela desenvolve disciplina e responsabilidade.
crianças tocando instrumentos variados de música clássica

Quando o estudo da música é formal, existem outros benefícios como o aumento das habilidades de leitura e do quociente intelectual. A música, inclusive, tem efeitos terapêuticos para problemas de dislexia.

O tipo de música clássica para crianças depende do que se quer estimular

Professores, músicos e pais estudaram os efeitos da música nas crianças. Chegou-se a algumas conclusões interessantes sobre o tipo de música, dependendo do instrumento que predomine:

Instrumentos de cordas: melhoram a concentração na hora de estudar.

Percussão: desenvolve a motricidade grossa, pois estimula todo o corpo da criança.

Todos os tipos de música clássica: por ter uma estrutura complexa, escutar música clássica apresenta às crianças as emoções e a estrutura da linguagem.

O que escutar?

Para bebês:

  • A canção de ninar clássica de Brahms, Lullaby.
  • O Noturno, Ópera 9, nº 2 de Chopin.
  • O concerto com clarinete e o concerto para piano nº 21, o Concerto para piano nº 23 e o Concerto para violino nº 3 de Mozart.
  • Air, Suite para Orquestra, nº 3 de Mozart.
  • Para Elisa (Für Elise), Claro de luna, Sonata para piano nº 14, e a Sonata nº 8 em Dó menor de Beethoven.
  • O Adagio de Albinoni.

Essas são peças de orquestra, cuja composição, harmonia e beleza acabam sendo altamente relaxantes, por isso vão ajudar a regular o ritmo das batidas do coração do bebê, acalmando-o e ajudando-o a conciliar o sono sem problemas.

Para se concentrar

Para crianças mais velhas, a lista anterior pode servir para a hora de estudar. Outra opção é o Primeiro movimento da Sonata para piano em Ré maior k 448 de Mozart. E também a Sonata para piano nº 11, k 331, III Marcha Turca, e a Sonata nº 15, K 545 do mesmo autor.

Para brincar e não ficar parado

O primeiro movimento de A Primavera de Vivaldi ou o As 4 Estações, Verão n º 3 do mesmo compositor são opções muito boas para a hora de brincar, já que são peças que despertam vigor, entusiasmo e alegria. Outra opção alegre e dinâmica é a Dança Húngara nº 1 de Brahms.

Além disso, nessa lista pode-se incluir o Concerto para flauta BWV 1044 Allegro de Bach. A Sonata nº 12 em Fá maior de Mozart também é uma excelente opção.

Para brincar ou correr

Existem muitos exemplos de músicas e composições muito dinâmicas. É o caso da Marcha Radetzky, Ópera 228 de Johann Strauss; Marcha de Pompa e circunstância, nº 1, Ópera 39 de Edward Elgar.

A música clássica e o xilofone

Romance para os mais sensíveis

A bela adormecida de Tchaikovsky é um puro clássico e sua beleza é cativante, principalmente, para as crianças mais sensíveis, sonhadoras e de personalidade delicada. Outra opção é o Clair de Lune de Debussy, como outra de grande popularidade.

Outras opções

A lista de peças clássicas vai ser tão variada e extensa quanto os gostos musicais dos pais e de outras pessoas importantes que têm influência sobre a vida das crianças. Eles são os responsáveis por propiciar esses primeiros contatos com a música clássica e conseguir uma boa introdução à música no geral. Pouco a pouco, as crianças vão desenvolvendo os próprios gostos e preferências e escolhendo suas músicas favoritas.

Se os pais não forem especialistas, na internet existem listas completas que podem ser de grande utilidade. Só precisa digitar no buscador as informações necessárias, como, por exemplo: “música clássica para crianças” ou, então, “música clássica para bebês”.

Além disso, é possível escolher projetos musicais de artistas que apresentam um estilo neoclássico. Vanessa Mae, Yiruma, Lindsey Striling, The Piano Guys, e Two Cellos são alguns dos mais populares nessa categoria musical e todos são uma excelente opção, para nós também. Suas propostas são realmente lindas!

Muitas dessas peças maravilhosas podem ser encontradas online em diversas plataformas audiovisuais. O conteúdo está ao alcance de todos, de graça, assim não temos mais desculpas para não recorrer a esses clássicos que nos trazem grandes benefícios na formação das crianças.

Recomendados para você