Mamãe, não se esqueça de me escutar, de me beijar, de aproveitar da minha presença...

Assim como ontem e assim como amanhã, alguns pais escutam seus filhos, os abraçam, os fazem rir e, acima de tudo, aproveitam a companhia deles.
Mamãe, não se esqueça de me escutar, de me beijar, de aproveitar da minha presença...

Última atualização: 26 Dezembro, 2018

Nem a melhor mãe nem o melhor pai se esquecem. Os pais que aplicam uma criação consciente e uma educação inteligente, madura e, acima de tudo presente, não se esquecem de que hoje é o melhor dia dos seus filhos.

Nos últimos anos, algo que todos notaram é que correntes como o Mindfulness chegaram para nos lembrar – e inclusive nos avisar – que devemos diminuir o ritmo e que o mais importante acontece sempre no “aqui e agora”.

Por isso, talvez não chegue a ser estranho para muitas pessoas que cada vez mais famílias assumem um novo e correto conceito na criação dos seus filhos.

Uma das melhores coisas que pode acontecer na vida é ter uma infância feliz

– Agatha Christie –

Na verdade, já se começa a escutar um termo muito interessante: “mamãe zen”. São grupos de mulheres que iniciaram um movimento que vai além das aulas de yoga e meditação.

O que promovem é o desenvolvimento de uma atitude mais tranquila, paciente e, acima de tudo, mais presente com os seus filhos.

Uma criação na qual é preciso saber escutar e entender que todo gesto conta, que toda palavra, carinho, silêncio ou distância podem deixar uma marca no cérebro da criança.

O principal é evitar essas dinâmicas tão comuns nas quais é preciso tirar o quanto antes a fralda, fazer com que comam alimentos sólidos muito cedo, que aprendam a se vestir rápido, a terminar o almoço sem demora e, inclusive, conseguir fazer com que saibam ler e escrever aos 3 anos.

Sem dúvida, algumas mães e pais esqueceram o que é ser uma criança. Para quem editou, apagou ou, inclusive, deturpou sua própria infância, uma criança não é um adulto de pequeno porte.

É um ser humano que necessita de tudo dos seus pais, alguém para quem o mais importante acontece exatamente neste momento.

Hoje é o melhor dia para me fazer feliz… mas você sabe como?

hoje é

Para fazer uma criança feliz, não é preciso fazer um agrado, levá-la a um parque, nem adiantar em um mês seu presente de aniversário.

Trata-se de algo tão simples quanto “saber estar presente”. E algo assim é possível conseguir mesmo tendo um trabalho de muitas horas, porque o tempo que dedicamos ao nosso filho é, e sempre será, de qualidade.

A seguir, daremos algumas dicas para você refletir. Sem dúvida, podem ajudar a garantir essa qualidade no vínculo com seus filhos.

Dê amor bom, daquele que se nota

  • Dê um amor bom, desse que faz cócegas na barriga, desse que faz rir.
  • Dê sua atenção, faça seu filho perceber que cada coisa que ele diz, pensa ou que acontece com ele é importante para você.
  • Dê seus carinhos, seus abraços, suas músicas e seus beijos de boa noite e de bom dia. “Porque você é mágico e a mamãe te ama” ou “porque você é especial e papai te ama”.
    • Todos esses gestos são um presente de oxitocina que deixam uma marca no cérebro da criança.

Nunca se é muito grande para brincar

hoje é

Hoje pode ser um dia sensacional para brincar de pirata. Para nos sujar com terra enquanto plantamos sementes e sonhamos que um dia vão se tornar árvores gigantes. Ou também para aquelas brincadeiras que nos levarão a outro mundo de cores e flores.

Hoje é um momento fantástico para pegar na mão do seu filho e brincar com ele no parque, na praia ou em casa.

Porque pintar com aquarela as folhas e nossos rostos não é nenhum fatalidade. Além disso, se o animal de estimação da casa fizer parte da brincadeira, o resultado pode ser inesquecível.

Hoje faremos com que as coisas pequenas sejam as maiores

Hoje, assim como ontem e também como amanhã, você fará com que o seu filho veja que as menores coisas são sempre as mais importantes.

É assim que você conseguirá que os seus filhos aprendam a humildade, o respeito e o apreço por dimensões tão básicas como a amizade, o carinho, a natureza, o valor de um sorriso, de um “obrigado”, de um “eu te escuto, respeito e entendo o seu ponto de vista”.

“O que alguém ama na infância fica marcado no coração para sempre”

– Jean-Jacques Rousseau –

hoje é

Educar com efetividade para dar ao mundo crianças felizes requer essa poderosa ferramenta “zen”, com a qual se vive sempre o aqui e o agora, se aproveita o contato pele com pele e se sente a respiração próxima e as risadas dos nosso filhos.

Em suma, com essa ferramenta, é possível ver refletida a vida e a luz do sol na retina dessas criaturas que amamos loucamente.

Lembre-se, hoje é o dia mais importante para os seus filhos. Hoje eles precisam ser escutados, aproveitados e amados. Não duvide em enchê-los de presentes emocionais, desses que constroem segurança e felicidade na mente e no coração.

Pode interessar a você...
Não se preocupe mamãe, você está indo bem
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Não se preocupe mamãe, você está indo bem

Não se preocupe mamãe, você está indo bem. Porque todos os cuidados noturnos para atender os choros fazem sentido. Porque você sabe educar com cari...



  • Bowlby, J. (1986). Vínculos afectivos: formación, desarrollo y pérdida. Madrid: Morata.
  • Bowlby, J. (1995). Teoría del apego. Lebovici, Weil-HalpernF.
  • Garrido-Rojas, L. (2006). Apego, emoción y regulación emocional. Implicaciones para la salud. Revista latinoamericana de psicología, 38(3), 493-507. https://www.redalyc.org/pdf/805/80538304.pdf
  • Marrone, M., Diamond, N., Juri, L., & Bleichmar, H. (2001). La teoría del apego: un enfoque actual. Madrid: Psimática.
  • Moneta, M. (2003). El Apego. Aspectos clínicos y psicobiológicos de la díada madre-hijo. Santiago: Cuatro Vientos.