Ele será um bom pai? Saiba como descobrir

13 de agosto de 2017

Algumas mulheres acham que encontraram o tão desejado homem ideal. Depois de alguns meses de relacionamento, começa uma avaliação com o intuito de olhar para o futuro. Elas tendem a fantasiar até o ponto de observar se esse homem cumpre os requisitos para ser um bom pai.

Na verdade, não se sabe 100% o que acontecerá. No entanto, mencionaremos a seguir alguns critérios que podem ser aplicados para avaliar se um homem está no caminho certo. Esperemos que ele se torne o bom pai que você tanto espera.

Será um bom pai se…

Expressa seus sentimentos

Ele não tem medo nem receio de dizer um elogio ou um “eu te amo”. Se ele demonstra ser do jeito que realmente é, sem se importar com o bom e o mal, então você não terá nenhum problema. É possível que ele possa esclarecer o que quer e o que não quer. Nesse sentido, o companheiro poderá tomar as decisões através do diálogo. Além disso, é uma amostra do carinho que ele demonstrará aos seus filhos.

Se preocupa com o seu companheiro

Está ciente de tudo o que acontece a todo momento. Um homem que se preocupa de verdade pode chegar ao ponto de se lembrar de alguma consulta médica que é importante para sua companheira. Ele tolera aquelas coisas que podem ser caprichos. Ele mima você, e não sai do seu lado até que você esteja bem. Faz tudo o que for preciso para que você fique alegre e sorria.

Presta atenção aos detalhes

Nem todos os homens são bons para essas coisas, mas alguns podem prestar atenção aos detalhes. Quando ela coloca uma pulseira que acabou de comprar ou sapatos novos. Esse homem notará imediatamente tudo o que estiver diferente na sua companheira.

É independente, sabe cuidar de si

Não apenas sabe tratar sua companheira como rainha, mas além disso, é capaz de realizar as tarefas domésticas quando chega em casa, assim como suas próprias coisas. É um bom cozinheiro, pode lavar ou ajudar a sua amada em algo. Não precisa ligar para a sua mãe para tomar decisões.

Ele será um bom pai? Aprenda a descobrir

Um bom pai deve ter um bom senso de humor

Entra em contato com o seu lado mais cômico. Quando está com você adora fazer bobagens e palhaçadas para que você fique rindo. Faz o possível para que você se sinta alegre, porque ele sente prazer em lhe ver sorrindo.

É um bom cozinheiro

É divertido cozinhar em casal. No entanto, ele pode ganhar pontos com ela ao preparar um lindo jantar romântico numa sexta a noite, ou um bom almoço no domingo. Seria ótimo chegar do trabalho cansada e o seu companheiro ficar encarregado do jantar. Demonstrar que sabe cozinhar bem e com muito amor pode render pontos extras.

Tem a responsabilidade de um bom pai

Já é de se supor que pelo simples fato de fazer parte de um relacionamento ele deverá assumir algumas responsabilidades. Ele tem o costume de dar mais explicações e dedicar mais tempo a você do que a coisas de menor importância. É importante saber que isso deve acontecer naturalmente. O casal é uma parte das suas responsabilidades com tudo o que isso implica, e ele parece gostar disso.

Gosta de crianças

Ele será um bom pai? Aprenda a descobrir

Podemos notar que quando ele vê um bebê, ele sorri com doçura. Ele gosta de brincar com os sobrinhos ou priminhos mais novos. Isso é um bom indício que pode sinalizar que ele será um pai muito alegre e brincalhão.

Pensa no futuro

Não apenas está no presente, mas planeja alguns objetivos a longo prazo e têm sonhos mútuos. Planejam ir moldando pouco a pouco o relacionamento, pensam em coisas como casamento. Pensam em comprar uma casa maior, ter um animal de estimação e até ter aquela sementinha do seu amor: um filho.

Em situações de pressão, mantém a calma

Normalmente é a mulher que mantém a calma. No entanto, quando ela não tem paciência suficiente, ele pode controlar aquelas situações que estão fora de controle. É um bom sinal que ele sabe dominar suas emoções.

O bom pai é 100% confiável

É claro que num relacionamento é importante a confiança. Poder contar um com o outro para o que for preciso, é muito valioso. No momento de uma recaída, ele não duvidará em apoiar sua parceira.