Se não se separa do seu peito é porque sente sua falta

· 9 de dezembro de 2018
Quando um recém-nascido ou uma criança passa um tempo longe da mamãe, precisa manifestar sua angústia. Mas, como? A reação mais comum é se agarrar ao peito como se não houvesse amanhã.

Sim, se seu filho não quer se separar do seu peito é porque, simplesmente, sente sua falta. Não, ele não é uma criança malcriada. É apenas um bebê e precisa sentir o calor e o cheiro da sua mãe. Deseja saborear o mais rico e saudável alimento natural.

É essa a maneira pela qual seu bebê tenta compensar o tempo que sentiu sua falta durante sua ausência.

O bebê simplesmente não vai querer se separar do seio da mãe. Mas fique tranquila, muito provavelmente seu filho não está morrendo de fome, apenas precisa de carinho e sentir que sua mãe está ali.

Ele precisa de abraços e mimos, dessa conexão única que o aleitamento materno proporciona e, principalmente, precisa se sentir amado.

Agora que você já sabe e pode se sentir mais aliviada, surge uma pergunta obrigatória: O que fazer nesse caso? Pois bem, preste atenção porque, neste artigo de Sou Mamãe, vamos contar como agir quando seu bebê não quer se separar do seu peito.

O que fazer se meu filho não quer se separar do meu peito?

se separar do seu peito

É imprescindível primeiro destacar que nesses momentos de dúvidas vai chover conselhos não pedidos à sua volta. Muitas pessoas vão se aproximar para dar suas opiniões e questionar nossas ações ou, inclusive, rotular a criança.

O coração de uma mãe é um abismo, no fundo do qual sempre se encontra o perdão

-Honoré de Balzac-

Então, possivelmente você vai ouvir dizer que seu filho te engana, que ele é uma criança malcriada que só quer ficar no colo. Outros darão um palpite mais extremo: é preciso deixar o bebê chorar, pois se você responder ao chamado dele, estará mandando uma mensagem positiva.

A missão aqui parece ser não deixar o bebê mal acostumado, já que ele vai ficar cada vez mais exigente assim.

Certamente, se você não ligar para o chamado da criança, após alguns dias ou semanas, seus pedidos vão diminuir.

Mas uma coisa que deve ficar bem clara aqui é: a criança não se sente melhor assim. Ela apenas sofre em solidão, já que chegou a uma conclusão: “Não gostam de mim, não vale a pena tentar”.

Por isso, se você percebe que seu filho não quer se separar do seu peito, sinta-se abençoada porque você tem uma pessoa que te ama tanto que sentiu muito sua falta.

Porque você tem alguém que esperou horas para te ver de novo. Simplesmente porque você tem alguém para quem você significa o mundo e é dessa maneira que seu filho demonstra esse sentimento.

se separar do seu peito

Não se deixe enganar, o objetivo não é outro senão confortar e cuidar dessa criança que apenas manifesta sua carência e seu amor. Sim, você consegue fazer seu filho parar de reclamar.

Mas que isso aconteça porque ele realmente se sente bem, não por enxergar em você uma luta vã e inútil.

Se não quer se separar do seu peito, agarre-se mais forte ainda a ele

Se tudo indica que o bebê não quer se soltar do seu peito por nenhum motivo, então, agarre-se a ele ainda mais forte.

Não hesite em demonstrar todo o seu carinho e que você também sentiu falta do seu pequeno. Demonstre o quanto seu filho fez falta e como você está feliz por encontrá-lo de novo.

Abrace-o muito forte e encha seu pequeno de beijos. Expresse com palavras e milhões de sorrisos o que você sente por ele. Cante todas as cantigas de ninar que quiser, conte histórias, faça suas brincadeiras favoritas.

Pegue-o no colo e passeie pela casa toda, oferecendo carinhos infinitos. Você pode fazer muitas coisas para curtir o seu pequeno e encher sua alma e seu coraçãozinho de tranquilidade e segurança.

Não é preciso apenas amar seu filho, mas principalmente fazer com que ele saiba disso e efetivamente se sinta querido.