Nós somos mães e trabalhamos, somos guerreiras

· 25 de julho de 2018
Nós mulheres deste século somos mães e trabalhamos ao mesmo tempo. Já se passou o tempo em que as mulheres eram responsáveis apenas por cuidar dos filhos, do marido e da casa.

As mulheres de hoje em dia têm um ou dois filhos e são funcionárias, empreendedoras, executivas, freelancers, empregadas…

Levantar-se todas as manhãs com a preocupação de fazer o almoço, levar o cachorro para passear, limpar o chão e passar roupas é quase uma raridade.

O trabalho dentro de casa e a responsabilidade da criação dos filhos agora são partilhados entre o casal. Ou pelo menos isso é o que deveria acontecer.

A mulher já não ficam em casa esperando a chegada do marido e dos pequenos. Hoje, ela é independente, dona de sua própria vida e autossuficiente em relação à situação financeira.

Ocupa posições importantes como, por exemplo, administrativas e de gestão, é diretora financeira, é responsável pela construção de uma obra de grande porte, etc. A mulher desta época é tão ou mais competente do que qualquer outra pessoa.

Mas a mulher continua sendo uma mãe amorosa, e não é porque trabalha e sai bem cedo de casa que presta menos atenção e dá menos carinho aos seus filhos.

Nós sabemos que você é uma mãe guerreira que não se intimida frente às dificuldades e que sempre segue em frente, independentemente dos obstáculos. É por isso que queremos dedicar este post exclusivamente a você.

Responsabilidades no trabalho vs atenção para os filhos

somos mães e trabalhamos

Sabe-se que uma mulher que trabalha passa menos tempo em casa. Seja ela funcionária em um escritório, loja, caixa de supermercado, etc. O espaço onde trabalha se torna sua segunda casa, e não é estranho ouvir opiniões como: “Ela está mais preocupada com o trabalho do que com os filhos.”

Esse pensamento é muito errado e até mesmo mal-intencionado. Mas ouvir algo desse tipo pode te fazer se sentir muito mal. Por favor, não ligue para esses comentários e se sinta livre de qualquer culpa, porque isso é mentira.

Mamãe, sabemos que é exatamente porque você se preocupa muito com seus filhos que você trabalha tão duro e, inclusive, às vezes têm pouco tempo para descansar.

É claro que você se importa em dar aos seus filhos uma estabilidade financeira, levar o pão à mesa, se preocupa em vesti-los, pagar as vacinas e os exames médicos, etc.

Tempo de qualidade

Você é uma mãe que se importa em dar aos seus pequenos um lar seguro, uma casa na qual dormir todas as noites, o entretenimento e outros elementos que eles precisam, como por exemplo: computador, tablet, celular, lápis de cor, brinquedos, livros, etc. Se você realmente não se preocupasse com filhos, não trabalharia tanto. Nós sabemos disso.

Mas também sabemos que a riqueza material que você oferece não pode impedir que você se sinta culpada por passar menos tempo com eles, e os bens materiais também não vão compensar o amor ou afeto que você pode dar a seus filhos.

Você deve entender que é melhor priorizar qualidade do que quantidade em relação ao tempo que você passa com suas crianças.

Embora seus filhos precisem que você esteja ao seu lado sempre que possível, o mais importante é que as horas dedicadas a eles sejam para fazer coisas juntos e atividades que todos gostem. Mesmo que o tempo seja pouco.

Passear, brincar, conversar, se divertir e dar carinho é fundamental. De nada serve se sentar um ao lado do outro, e cada um permanecer conectado ao seu computador.

somos mães e trabalhamos

Nós somos mães e trabalhamos, somos guerreiras

Não se sinta culpada por querer manter sua independência financeira, por querer ser útil para a sociedade, por querer ser reconhecida por seus méritos intelectuais ou melhorar profissionalmente.

Você é um ser humano e, como todos os outros, você merece ter uma vida que te agrada. Você é uma mulher que luta, trabalha e segue em frente. Você é digna de admiração, não de críticas. Lembre-se sempre disso.

Seus filhos te amam e adoram o tempo que você compartilha com eles porque se divertem e aproveitam cada segundo.

As crianças que você está criando se sentem orgulhosas da mãe e da mulher trabalhadora que você é. E com certeza elas aproveitam o bom exemplo que você lhes dá.

Elas vão aprender com você que através da perseverança, do sacrifício e dos esforços, os objetivos podem ser alcançados. Além disso, estão sendo educados como pessoas de bem, emocionalmente fortes, vitoriosas e felizes.