O décimo segundo mês de vida do bebê

24 Fevereiro, 2018
Nessa fase, o bebê está mais esquivo que nunca na hora de provar novos alimentos. No entanto, é quando se deve tentar alimentar bem o pequeno.

No décimo segundo mês de vida, os bebês começam a entender e compreender melhor as coisas. Também é a fase na qual eles começam a ser mais esquivos com as comidas. É por isso que se deve considerar alimentos que contenham mais nutrientes para sua alimentação, para seu desenvolvimento e que contribuam para um melhor crescimento nessa fase da criança.

A nutrição nessa fase é essencial. Já que no décimo segundo mês de vida do bebê, ele começa a mudar seus hábitos em relação às refeições. É possível complementar sua dieta com alimentos como bolachas, presunto, ovos, além de outros como queijos, peixes e alguns produtos enlatados, como o atum.

Algumas novas verduras podem ser introduzidas, como, por exemplo, a couve-flor e o nabo. Em outras palavras, já se pode incorporar as verduras que produzem flatulências. Assim como a beterraba e o espinafre. Estas verduras devem ser evitadas nos meses anteriores, pois produzem transtornos com o metabolismo do ferro, como a meta-hemoglobinemia.

Alimentação no décimo segundo mês de vida do bebê

No décimo segundo mês de vida do bebê, ele começa a comer alimentos amassados com o garfo. Embora possam parecer úteis, é melhor evitar os trituradores de alimentos, pois permitir que o bebê triture por si mesmo os alimentos faz parte da estimulação alimentar.

décimo segundo mês de vida

Recomenda-se começar com alimentos sólidos, sem hesitação ao adicionar a quantidade necessária de água para facilitar sua absorção.

  • Os tomates. Podem ser acrescentados nas papinhas, mas com a ressalva de que estejam bem lavados (e preferivelmente sem pele). Têm alto valor energético. Como a vitamina C, por exemplo, além de conter vários elementos antioxidantes e ser rico em fibras.
  • Leguminosas secas. Como as lentilhas, o grão-de-bico e a vagem. Elas podem ser cozidas junto com verduras e, para servir, um pouco de arroz.
    • Estes alimentos proporcionam muitas vitaminas ao bebê. Assim como minerais e fibras.
  • Iogurte, queijo e leite de vaca. Podem ser servidos no café da manhã, no almoço ou no jantar. O importante é considerar que os bebês devem ingerir aproximadamente 500 ml de leite ou seus derivados por dia.
    • Podem ser oferecidos em forma de vitaminas ou também acompanhados com frutas, as que seu bebê gostar mais. Todos estes componentes proporcionam muitas vitaminas, cálcio e minerais ao bebê.
    • É preciso evitar queijos gordurosos e iogurte com açúcar.
  • Sal, açúcar e mel. Estes ingredientes podem ser oferecidos, mas em quantidades pequenas. Por exemplo, o sal deve ser preferivelmente iodado.
    • O açúcar não é necessário porque as frutas já possuem. E em relação ao mel, só deve ser oferecido em pequenas quantidades. Esses alimentos só são dados aos bebês pelo fato de melhorarem o sabor dos alimentos. Mas, para dizer a verdade, não são indispensáveis.

Estimulação de um bebê de doze meses

No décimo segundo mês de vida do bebê começam as birras e um ou outro ataque de raiva. Essas situações são normais. Ao mesmo tempo, já é hora de o bebê começar a desenvolver mais a fala e a interagir verbalmente. 

No décimo segundo mês de vida do bebê, pode-se começar a diminuir ou eliminar por completo o uso da chupeta.

Em relação aos brinquedos, você deve evitar os que possuem peças pequenas para que o bebê não tente engolir. Outros brinquedos que os bebês de um ano gostam são aqueles que é preciso empilhar as peças, indo do maior para o menor. Além dos baldes com figuras geométricas para aprender encaixar e diferenciar as cores, os telefones com músicas e luzes, etc.

décimo segundo mês de vida

Outros brinquedos para bebês de doze meses

Existem outras opções que podem ser utilizados para estimular os bebês no décimo segundo mês de vida. Recomenda-se comprar brinquedos que sejam de boa qualidade e que sejam aprovados pelas normas de segurança atuais. Entre eles estão:

  • Livros pequenos com relevo, música e desenhos.
  • Bonecos e carros de diferentes formatos e tamanhos.
  • Qualquer tipo de brinquedos que possam ser empilhados, com formas geométricas, etc.
  • Algum instrumento musical. Especialmente os de sopro, como, por exemplo, a flauta, pois estimulam o desenvolvimento da fala mais rapidamente. Estes instrumentos são considerados uma excelente terapia para a linguagem.

Peso e tamanho

O tamanho deve oscilar entre os 72,5 cm e 74,5 cm, para ambos os sexos. O peso deve estar entre os 9,3 kg e 9,8 kg e o perímetro craniano deve ser de 46 cm. O ideal é que no décimo segundo mês de vida do bebê ele já tenha os primeiros incisivos laterais e os 4 primeiros pré-molares.