O hábito da leitura na adolescência

· 24 de fevereiro de 2018
Através do hábito da leitura, os adolescentes têm a oportunidade de compreender o mundo que os rodeia a partir de novas e diferentes perspectivas. Ajudá-los a adquirir esse conhecimento é um dever dos pais.

Para muitos jovens, ler é sinônimo de trabalhar, uma obrigação. Ainda que a adolescência seja uma fase complicada para toda a família, também é um excelente momento para incentivar o hábito da leitura.

Nessa etapa em que a criança passa a ser um adulto e constrói sua personalidade, podemos demonstrar que ler também pode ser um prazer e lhe trará grandes benefícios.

“A leitura de um bom livro é um diálogo incessante em que o livro fala e a alma responde”

André Maurois–

A leitura para os adolescentes: uma grande ajuda

Durante a adolescência, os jovens se abrem para o mundo, descobrindo sua beleza, mas também sua complexidade. Esse é um momento de transição bastante complicado, já que a inocência da infância acaba. Através do hábito da leitura, os adolescentes têm a oportunidade de compreender o mundo que os cerca a partir de novas e diferentes perspectivas.

Os romances misturam sentimento, razão e imaginação, sem importar o gênero. Porém, ao mesmo tempo se baseiam sempre em elementos reais. Essa combinação reflete o entorno que o adolescente começa a descobrir e o ajuda a se aproximar dele. Além disso, a ficção é um gênero de leitura que oferece liberdade para imaginar, pensar e enfrentar novos objetivos.

Leer nos transporta a un mundo maravilloso.

A adolescência através dos personagens literários

Uma das propriedades mais maravilhosas da leitura é sua capacidade de nos transportar a outros mundos. Nos deixamos levar pela história e inevitavelmente nos colocamos na pele dos personagens. Ler é sentir incontáveis emoções com as quais os adolescentes se identificam.

“A leitura nos oferece muita companhia, liberdade para ser de outro modo e ser mais”

–Pedro Laín Entralgo–

Lendo, o adolescente desenvolve sua imaginação e adota a personalidade de personagens muito variados. Através de suas vivências e de suas diversas formas de entendê-las e enfrentá-las, os jovens aprenderão lições vitais. E ainda mais, encontrarão nesses personagens companhia e consolo para a sensação de solidão que costuma surgir nessa fase da vida.

Incentivar o hábito da leitura

Em certas ocasiões, a insistência para que os adolescentes leiam é tanta que tem efeito contrário. Para muitos, a leitura é como um trabalho, uma obrigação imposta na escola ou em casa. Se quisermos que nossos filhos adquiram o hábito da leitura, não podemos classificar como uma tarefa extra.

Devemos fazer com que os jovens entendam que a leitura pode ser tão prazerosa quanto proveitosa. Através dos livros, eles encontrarão entretenimento e também respostas às suas dúvidas e perguntas. E tudo isso desde o vasto, porém reduzido espaço que é a mente humana, na intimidade e privacidade que tanto se busca durante a adolescência.

Conselhos para um filho que não lê

  • Procure literatura juvenil que seja do seu gosto. Atualmente, a temática desse tipo de literatura é bastante variada e de qualidade. Você pode propor temas que interessem e facilitem a leitura. É importante lembrar que por serem jovens, precisam de temas de acordo com a idade. O que importa é que seu filho leia e aproveite a leitura.
  • Se estão em dúvida do que devem ler, sempre poderão perguntar nas bibliotecas ou livrarias. Além de os orientar quanto as suas preferências, poderão recomendar uma leitura mais atual e moderna, que possa ser mais interessante aos adolescentes.
  • Ler é bom a qualquer hora. Por exemplo, durante as férias, quando há tempo livre de sobra. Tanto que muitas vezes não sabemos o que fazer. Caso você veja que seu filho está nessa situação, proponha a ele que leia um pouco ou conversem sobre algum livro que ambos tenham lido. Esses momentos vão incentivar a união e o hábito da leitura.
  • O ambiente influencia. Quando os pais não têm o hábito de ler, é normal que a criança tenha menos tendência a ler. Entretanto, se oferecemos um ambiente relaxado, confortável e onde ler seja comum, incentivaremos esse hábito.
El hábito de lectura no siempre se adquiere de forma sencilla.
  • O tamanho não importa. Não compre para seu filho como primeiro livro um “calhamaço”. Não importa que outros jovens o tenham lido. Um livro de muitas páginas pode desanimar o jovem. Poderá começar com resumos mais condensados e breves, fábulas ou mesmo romances curtos.
  • Nunca é tarde para começar a ler. Se seu filho não tem o hábito de ler agora, não significa que nunca irá ler. O importante é encontrar uma leitura adequada. Existe um livro para cada um de nós e, com certeza, com sua ajuda seu filho conseguirá encontrar o livro que o deixará emocionado e o ensinará os benefícios da leitura.

Não se preocupe se a princípio seu filho não demonstrar interesse, uma vez que um livro o envolva de verdade, não poderá deixar de visitar frequentemente o maravilhoso mundo da literatura.