O método OPOL para crianças

21 de abril de 2019
O método OPOL consiste em que os pais se comuniquem com a criança, cada um em um idioma diferente, a fim de reforçar o seu aprendizado.

O método OPOL (one parent, one language), também conhecido como “um dos pais, uma língua”, significa que cada um dos pais deve falar com os filhos em um idioma diferente. Esse método permitirá que a criança pratique com mais frequência e possa se familiarizar com as línguas mais rapidamente.

Como são as crianças bilíngues?

Aprender uma segunda língua pode parecer complexo, mas se as técnicas corretas forem aplicadas enquanto a criança estiver em pleno desenvolvimento, pode ser simples de implementar.

De acordo com uma entrevista feita pelo jornal El Mundo com Jill Stribling, diretora e fundadora do instituto English for Fun, destaca-se que, embora o ideal seja aprender as duas línguas em paralelo, também é possível aprender uma segunda língua posteriormente.

Segundo a diretora, em países como Holanda e Bélgica, seus habitantes lidam simultaneamente com duas línguas e, inclusive, geralmente começam a fazer isso desde muito pequenos. Além disso, ela acrescenta que “as crianças bilíngues geralmente são mais criativas, desenvolvem o cérebro de uma forma diferente e têm uma maior autoestima.”

De acordo com Jill Stribling, pode ser um erro forçar as crianças a responder em uma determinada língua; principalmente porque isso poderia bloquear o seu aprendizado. Portanto, recomenda-se que os pais sejam pacientes para que a criança possa ter o tempo necessário para aprender.

Como aplicar o método OPOL para crianças

As creches ou escolas infantis são os locais ideais para o desenvolvimento de uma segunda língua, de tal forma que a aplicação do método OPOL pode ser muito mais eficaz. Ele também pode ser aplicado pela pessoa encarregada de cuidar da criança. A seguir, estão alguns dos pontos que devem ser levados em conta ao iniciar esse método:

Usar vídeos e músicas

Para começar a aplicar o método OPOL, é essencial usar vídeos, músicas e até mesmo programas infantis em inglês para que, assim, a criança comece a reconhecer o idioma desde bem cedo. Além disso, isso vai ajudá-la a identificar os vários sotaques.

Como aplicar o método OPOL para crianças

Usar as duas línguas durante o dia

O mais aconselhável para aplicar o método OPOL para crianças corretamente é que ambas as línguas sejam usadas durante o dia, pelo menos 50% cada uma.

Como pode ser um pouco complexo fazer um cálculo exato do tempo de uso de cada uma delas, o idioma secundário deve ser aplicado em pelo menos 30% do tempo; o que se define como pelo menos 5 horas por dia.

A importância do ambiente

É fundamental que a criança relacione diretamente um ambiente ou uma pessoa a uma das línguas para que, dessa forma, o cérebro possa reconhecer quando deve se concentrar em uma determinada língua.

Aplicar rotinas corretamente

As rotinas são amplamente necessárias para aprender um novo idioma; sempre tentando não deixar passar mais de dois dias sem que a criança pratique o idioma secundário. É importante lembrar que as crianças aprendem todos os dias; por isso é essencial reforçar esse aprendizado com tarefas diárias e várias atividades.

Atividades para reforçar o idioma

O jornal El Mundo recomenda algumas técnicas que podem contribuir para que a aprendizagem de uma determinada língua pela criança possa ser mais rápida e eficaz. Estas são algumas das suas recomendações:

  • Com as opções atuais de mudança de idioma, é muito mais fácil para a criança assistir programas em inglês. O que é bastante benéfico nessa fase.
  • Assistir filmes em inglês. Isso vai ajudar a reforçar o idioma e permitir que a criança o assimile mais rapidamente.
  • Ler livros no idioma secundário. Os pais podem usar alguns livros bilíngues que sejam adequados à idade da criança. Os audiolivros geralmente também são muito eficazes.
Atividades para reforçar o idioma

  • Fazer atividades simples e divertidas. Em relação ao que a criança aprende na escola, isso também pode ser aplicado em casa. Por exemplo, se a escola ensinar as cores em inglês, os pais também podem usá-las em casa.
  • Como cada pai fala com a criança em um idioma, ela pode se acostumar com cada um deles mais rapidamente.
  • Baixar aplicativos em outro idioma para que as crianças possam usá-los. Com o uso atual da tecnologia, os pais têm à sua disposição várias atividades e jogos para as crianças.

No início, pode ser normal que, quando as crianças estiverem aprendendo duas línguas simultaneamente, elas possam misturar algumas palavras com outras. Por isso, a paciência e a prática serão fundamentais para conseguir aplicar esse método de forma eficaz.

  • Diario, El Mundo. (2015). ¿Bilingües? Cómo enseñar otro idioma a los niños sin forzarlos. Diario, El Mundo.
  • Garabaya, Celia. (2016). Método bilingüe Opol para los niños. Tribuna Salamanca.