O que é a endometriose?

12 de julho de 2018
A endometriose é um das condições que o endométrio, o tecido que cobre a parte interna do útero, pode apresentar.

A endometriose é um problema mais comum do que se pode pensar e afeta, sobretudo, mulheres em idade fértil. É uma doença que tem predisposição hereditária e pode aparecer tanto de maneira assintomática quanto com dores frequentes e intensas.

Para que você entenda o que é essa doença, de que maneira ela afeta a mulher e como ela pode ser aliviada, decidimos escrever este artigo em forma de perguntas e respostas. Esperamos que elas sirvam para esclarecer suas dúvidas.

O que é o endométrio?

O endométrio é um epitélio que cobre toda a parte interna do útero. É uma mucosa formada, entre outros componentes, por tecido conectivo, ou tecido conjuntivo: um conjunto de tecidos que integram de maneira sistemática o organismo e se alojam às estruturas neurovasculares por onde o sangue flui.

O papel do endométrio é abrigar o zigoto, possibilitando, assim, que este se implante no útero e dê continuidade à gestação. No endométrio se desenvolve a placenta, o órgão que protege e sacia as necessidades vitais do feto. É o que o protege até seu nascimento.

a endometriose

O que é a endometriose?

A doença conhecida como endometriose aparece quando o tecido endometrial cresce fora do lugar, ou seja, fora do útero.  Quando isso acontece, começam a se formar sobre esses tecidos pequenos caroços que vão se desenvolvendo à medida que o tempo passa.

Os caroços, geralmente, são benignos. Mas ainda assim, não é descartada a possibilidade de algum desses tumores implicar em consequências piores.

Todos os tumores endometrióticos estão ligados ao ciclo menstrual. A cada mês, durante o momento em que a mulher menstrua, eles também sangram. Mas o sangue liberado não é expulso do organismo, assim como ocorre durante a menstruação. Esse sangue se acumula até formar uma fibrose. 

Não são poucas as pesquisas realizadas em mulheres que sofrem de endometriose. Graças a elas, atualmente existem diversas suspeitas da origem dessa doença. No entanto, até esta data, não se tem total certeza de nenhuma delas.

Em quais lugares do corpo o tecido endometrial pode crescer?

Quando uma mulher sofre de endometriose é porque o tecido endometrial cresceu em outros órgãos. Geralmente, em órgãos da região abdominal, como nos ovários, na bexiga, nos intestinos, na parte posterior do útero, etc.

Mesmo não sendo frequente, também se tem visto casos de crescimento de células endometriais em outras áreas do corpo feminino, afastadas da região abdominal, inclusive no cérebro.

a endometriose

Quais são as consequências da endometriose?

Entre as consequências da endometriose e os sintomas que ela traz podemos citar:

  • Dor ou ardência durante as relações sexuais ou depois delas. (Dispareunia). Esses incômodos trazem consigo a perda de apetite sexual e problemas entre o casal.
  • Incapacidade para engravidar (Infertilidade).
  • Menstruações prolongadas e com sangramento abundante.
  • Menstruações dolorosas (Dismenorreia).
  • Sangramentos vaginais fora do ciclo menstrual (Metrorragia).
  • Ardência ao urinar.
  • Dores nas coxas e pernas, dores na região lombossacral e incômodos na área abdominal e na pélvis.
  • Prisão de ventre e incômodos ao defecar.
  • Ausência da menstruação (Amenorreia).
  • Enxaquecas.

Como a endometriose pode ser curada?

A endometriose é uma doença que não tem cura conhecida, pelo menos até hoje. Os tratamentos que existem apenas servem para aliviar a dor que ela provoca e mitigar outros sintomas que a acompanham, como por exemplo o sangramento.

Esses procedimentos e remédios são definidos segundo o quadro clínico de cada paciente. Geralmente, são prescritos analgésicos para a dor, tratamentos hormonais e são realizadas intervenções cirúrgicas nas regiões afetadas.

A mulher precisa saber que a endometriose dificulta a qualidade de vida dela e intervém negativamente nas suas relações profissionais, familiares e sociais. As dores frequentes podem provocar irritabilidade, ansiedade e até mesmo momentos de agressividade em seu comportamento.

Se você apresenta algum desses sintomas que mencionamos acima e, sobretudo, se você tem períodos menstruais dolorosos, deve procurar um especialista em ginecologia.

É recomendável, o quanto antes, que você elimine qualquer suspeita de que esteja sofrendo de endometriose. Se for o caso de ter essa doença, você deve se submeter a um tratamento.

Recomendados para você