O que é a perturbação da amamentação?

5 de maio de 2018
A perturbação da amamentação é um dos problemas que podem afetar as mães durante a lactação. Porém, se manter positiva e distraída permitirá superar essa situação.

A perturbação da amamentação é um dos problemas que podem aparecer durante a lactação, na qual a mãe experimenta angústia e inclusive rejeição ao peito ao bebê.

Esse sentimento leva a mãe a sentir uma enorme culpa, já que sofre a necessidade de interromper a lactação do pequeno.

É considerada uma das situações mais negativas pela qual uma mãe pode passar, já que se trata de um sentimento irracional. Isso acontece porque ela sente um impulso esmagador de parar de amamentar imediatamente.

Em outros casos, acontece porque a lactação pode chegar a ser um ato incômodo, em geral quando se pratica a lactação em série.

Porém, com o apoio e o compromisso adequados, pode-se superar este desafio.

Por que acontece?

Ainda que existam muitas teorias a respeito, a causa que desencadeia a aversão à amamentação por parte da mãe ainda não foi explicada.

O que é certo é que os pensamentos e emoções não desejados surgem principalmente quando o bebê se agarra ao peito de forma ansiosa.

Em geral, esses sentimentos desaparecem quando o pequeno para de se alimentar no peito.

8 conselhos para combater a perturbação da amamentação

A prática dos seguintes conselhos te ajudará a combater a perturbação da amamentação:

1.- Procure distrações

A maioria das mães que experimentaram esta situação antes, manifestam que se distrair é o mais importante para superar essa fase difícil.

Você não pode se deixar vencer. Por isso, deve tentar pensar em outras coisas. Você precisa ter a mente ocupada e limpa.

2.- Tente descansar bem

Você deve dormir o suficiente e descansar o máximo possível durante este período. O cansaço pode piorar a aversão à lactação.

Nestes momentos, você deve prestar atenção no seu bem-estar e cuidar de si mesma. Aproveite para descansar nos momentos em que o bebê permitir.

3.- Evite as situações de estresse

Você deve evitar qualquer tipo de situação que te cause estresse. Esse é um momento complicado para você, no qual deverá tentar, acima de tudo, manter a calma.

Portanto, controlar o estresse que a situação te causa influenciará em seus sentimentos.

Realizar uma organização maior, como pode ser planejar a semana, contribuirá para evitar qualquer situação que possa escapar do seu controle.

4.- Coma e se hidrate corretamente

Não pule as refeições, não importa o quanto você pode ficar ocupada com o bebê. Ainda, é igualmente importante que esteja bem hidratada. é aconselhável que beba muita água e tome bebidas frescas.

5.- Não pratique a lactação em série

Se você pratica a lactação em série te recomendamos não amamentar seus dois pequenos ao mesmo tempo.

Sua angústia poderá aumentar se você amamentar de forma simultânea.

6.- Considere um possível desmame

De certo modo, a agitação por amamentação pode ser uma resposta completamente normal à dor que amamentar o bebê pode te causar.

À medida que a gravidez avança, os hormônios mutantes podem preparar o corpo para que sinta que é o momento de desmamar a criança.

Se você pensa que chegou o momento ideal para isso, pode consultar um especialista para saber como fazer de forma progressiva.

7.- Normalize a situação

Você deve normalizar a situação e transformar este sentimento de culpa inicial em positivismo. Não é nem a primeira nem a última mãe que sofre esta sensação.

Claro, você também não é uma mãe ruim por querer finalizar a amamentação do seu bebê.

8.- Compartilhe a sua experiência

Em primeiro lugar, esse é o momento de compartilhar sua experiência com seu parceiro e não guardar este sentimento de culpa dentro de você.

Será muito importante compartilhar suas emoções com as pessoas próximas para que possam entender como você se sente e assim oferecer outros pontos de vista.

Além disso, é positivo conversar com outras mães para que saiba se elas também sofreram esta situação e identifique o que pode te ajudar.

Como sempre, manter uma conversa com um profissional da saúde será de grande ajuda.

Portanto, tente enfrentar esta situação como mais um desafio que você é capaz de superar.

Manter uma atitude positiva, se distrair e contar com o apoio de pessoas próximas tornará possível enfrentar essa situação.