O que fazer para que seu filho tome sopa

· 14 de agosto de 2018
Ninguém conhece seu filho tão bem como você. E, com certeza, você já sabe que a alimentação é um dos pilares fundamentais para o crescimento dele. Neste artigo, veja o que fazer para que seu filho tome sopa.

Conseguir fazer com que seu filho tome sopa e goste do seu sabor trará benefícios tanto para o pequeno quanto para você. 

Primeiro, vamos ver por que as sopas trazerem tantos benefícios. Em primeiro lugar, é importante saber que o estômago trabalha como um digestor. Esse órgão trabalha muito rápido e a água quente ajuda a digerir os alimentos com eficiência. As sopas, por sua vez, são um líquido quente. Portanto, um ponto para a sopa!

E não somos nós que estamos dizendo isso. Pesquisadores afirmam que beber água quente ajuda nos processos enzimáticos do organismo para que ele possa digerir melhor os alimentos que consumimos. A água morna contribui para a digestão e absorção dos alimentos, inclusive dos alimentos gordurosos. 

E tem mais: tomar sopa é saudável. O seu principal ingrediente é a água e, por isso, as sopas e os caldos são alimentos que ajudam a manter uma hidratação adequada. Inclusive, o método de cozimento que é utilizado no seu preparo permite o aproveitamento de todos os nutrientes sem desperdiçar nenhum deles.

Ao preparar uma sopa, você consegue evitar o que acontece quando fervemos as verduras. Pois, com esse método, todos os nutrientes permanecem na água do cozimento, que geralmente é descartada, em vez de ser usada para preparar um delicioso caldo.

tome sopa

A sopa para a vida toda

Existem muitas variedades de sopa. A maioria delas contém alimentos muito saudáveis e que possuem grande quantidade de água. Por exemplo: sopa de feijão, de arroz, de galinha, de verduras, de cabelinho de anjo, de aveia, entre outras. Além disso, a sopa contribui para o hábito de comer devagar, ingerindo os alimentos lentamente.

Pesquisando sobre as sopas, encontramos os seguintes dados. As sopas, os caldos e os cremes são alimentos que fazem parte da cozinha tradicional de diversas culturas. As primeiras referências de sopa podem ser encontradas em algumas gravuras do período paleolítico nas cavernas de Les Eyzies Tayac, na França. Essas imagens representam um grupo de pessoas cozinhando uma sopa.

Além disso, é um alimento comum de ser servido aos convidados. Hábito que está se perdendo e que merece ser resgatado em prol da nossa alimentação.

As sopas e a saúde

Foi na casa em que me criei que adquiri o hábito de comer sopa todos os dias. Quando era pequena, não gostava muito. Mas agora eu adoro e sinto falta de comer todos os dias. Quando estou mal de saúde ou sem ânimo, meu corpo pede para ingerir sopa. E essa necessidade tem uma explicação científica.

A canja de galinha, por exemplo, é considerada, tradicionalmente, um excelente remédio caseiro contra a gripe e o resfriado. Essa característica se deve não só ao seu poder revigorante. Pois, estudos apontaram que esse tipo de sopa possui substâncias anti-inflamatórias que contribuem para melhorar os sintomas dessas doenças.

tome sopa

As sopas e as crianças

Agora que sabemos que as sopas são maravilhosas, o problema está em o que fazer para que as crianças tomem sopa. E volto a minha frase inicial: ninguém conhece seu filho tão bem como você. Por isso, você sabe do que ele gosta e do que não gosta. 

Os cremes são muito atrativos para as crianças. Eles possuem uma textura e um aspecto mais agradável e o sabor vem da natureza. Em alguns cremes, não é necessário colocar tanto tempero. Então, se você gostar e quiser que seu filho tome sopa, você pode batê-la no liquidificador.

Essa técnica também serve para as sopas claras. Por exemplo, as carnes, as verduras e os temperos que você colocar na sopa podem ser batidas no liquidificador para obter um aspecto mais espesso. Assim, vão ficar mais parecidas com as papinhas que os bebês estão acostumados. Com certeza seu filho vai querer comer.

O consumo de cremes de vegetais faz com que o objetivo nutricional recomendado pela União Europeia seja alcançado mais facilmente. Esse objetivo propõe 5 porções de fruta e verduras por dia. Por isso, é recomendável incluir esses alimentos na nossa dieta habitual para manter uma boa hidratação, um controle das calorias consumidas e uma ingestão correta de vitaminas e de minerais.

Outro dado muito importante é que se você quer que o seu filho tome sopa, é essencial que você também tome.