O que fazer se meu filho se queimar com água fervente?

· 4 de fevereiro de 2019
Por mais que os pais proporcionem proteção e os cuidados adequados aos filhos, em muitos casos eles não estão isentos de acidentes na cozinha. Um acidente comum é a queimadura com água fervente.

Meu filho acabou de se queimar com água fervente! Sem dúvida, essa expressão pode ser absolutamente preocupante para os pais que passaram por essa experiência com seus filhos. Portanto, é importante reagir corretamente a essas emergências.


Apesar de os pais estarem sempre atentos para proporcionar toda a proteção e os cuidados que as crianças necessitam, os acidentes são inevitáveis. As queimaduras na cozinha ocupam o primeiro lugar entre os acidentes domésticos mais comuns em crianças.

O mais importante, como sempre, é procurar tomar todas as medidas de segurança necessárias para evitar esses acidentes trágicos.

Da mesma forma, é necessário conhecer os primeiros socorros fundamentais para poder resolver alguma emergência no caso de a criança se queimar com a água fervente.

O que fazer se o meu filho se queimar com água fervente?

Se o seu filho se queimar com água fervente, a primeira coisa a se fazer é manter a calma para examinar cuidadosamente todos os passos a seguir. Assim, você pode ajudar da melhor forma em cada situação.

Em primeiro lugar, é fundamental que você afaste a criança rapidamente da área da cozinha. Leve-a para um lugar iluminado e arejado onde você pode avaliar se a queimadura é de primeiro, segundo ou terceiro grau.

Dessa forma, pode verificar se cuidar com remédios caseiros é suficiente ou se deve recorrer ao serviço de emergência.

queimar com água fervente

Se você considerar que as queimaduras do seu filho são leves, tire a roupa que está em contato com a pele afetada pela água fervente e coloque em água fria por mais ou menos 5 minutos. Isso vai ajudar a aliviar a dor.

É muito importante destacar que é preciso prestar atenção especial ao estado das roupas que a criança está vestindo. Se você perceber que elas estão grudadas na pele, não tente tirar. Nesse caso, leve-a ao pronto socorro imediatamente.

O que fazer com queimaduras de primeiro grau

As queimaduras de primeiro grau causam um dano mais superficial à pele. Contudo, isso não impede a dor intensa, a inflamação e a vermelhidão. Para identificar se este é o caso, notamos que a pele ficará avermelhada como queimadura de sol, mas não apresentará bolhas.

Existem algumas medidas para tomar no caso de a criança sofrer com uma queimadura mais leve. Elas são:

  • Resfrie a área afetada com água fria por não menos de 5 minutos. É importante esclarecer que você nunca deve esfregar gelo na área da queimadura porque piora a irritação.
  • Ofereça um comprimido de ibuprofeno.
  • Você pode passar um hidratante hipoalergênico, babosa (também conhecida como aloe vera) e cremes cicatrizantes.

“Se você perceber que a roupa da criança está grudada na pele, não tente tirar. Leve-a imediatamente ao pronto socorro.”

As queimaduras de primeiro grau podem sarar em até 5 dias sem deixar nenhum tipo de cicatriz. Entretanto, mesmo se a queimadura do seu filho for leve, se as áreas afetadas forem rosto, genitais, mãos ou pés, vá ao médico. A pele nessas áreas é particularmente delicada e precisa de atenção especial.

Se seu filho se queimar com água fervente, avalie a ferida para saber que ajuda aplicar.

O que fazer com queimaduras de segundo e terceiro grau

As queimaduras de segundo e terceiro grau podem deixar consequências e marcas na pele se não forem tratadas corretamente. Isso porque a pele pode ficar deformada ou com cicatrizes.

Portanto, se você considerar que a queimadura da criança é grave, leve a criança ao pronto socorro ou chame uma ambulância.

Nos tipos de queimadura de segundo ou terceiro grau, a pele fica vermelha, inchada, aparecem bolhas imediatamente e, nos casos mais graves, a pele pode ficar esbranquiçada ou preta. Nesse caso, a criança sente que a área queimada está um pouco dormente, mas com muita dor.

Como consideração final, é importante saber que o melhor tratamento, obviamente, é a prevenção. As queimaduras com água quente causam dor intensa e, além disso, são tão graves que em questão de três segundos a queimadura pode ser de terceiro grau.

Então, em caso de dúvidas após uma queimadura na pele do seu filho, consulte o seu médico ou atenda rapidamente ao serviço de emergências. É melhor não poupar cuidados em situações como essas.