O que fazer se meu filho tiver vergonha de falar em público?

2 de junho de 2019
Caso você tenha filhos tímidos ou introvertidos, uma grande pergunta que você já deve ter se feito é "o que fazer se meu filho tiver vergonha de falar em público?". Qualquer pessoa pode passar por essa situação, mas existem soluções efetivas para esse problema. 

A vergonha de falar em público é uma das manifestações do chamado medo de palco. Qualquer pessoa pode sofrer disso. No caso de crianças e jovens, a superação dessa forma de ansiedade irá garantir um ótimo desenvolvimento pessoal. Como posso fazer para que meu filho perca a vergonha de falar em público? Veja algumas medidas recomendadas a seguir.

É realmente um problema que o seu filho tenha vergonha de falar em público?

Existem várias situações em que uma criança, no decorrer de seu crescimento, terá que falar em público. Por exemplo, em uma exposição escolar, atividade profissional ou em ações de diversas índoles.

A primeira coisa a se considerar antes de qualquer abordagem do problema é a idade da criança. É diferente tratar dessa dificuldade na infância e na puberdade. Caso ela se apresente em uma criança pequena, trata-se de uma conduta normal, considerando que está enfrentando o mundo social pela primeira vez.

É importante perceber quando a conduta evasiva representa realmente um problema. Recomenda-se observar se é uma manifestação de extrema timidez, um medo subjacente ou se existe uma causa mais séria por trás disso.

Caso trate-se de um simples constrangimento devido à insegurança, as seguintes dicas podem ajudar. No entanto, se há um motivo mais complexo, é hora de procurar ajuda profissional. Devemos ter em mente que, diante de qualquer problema psicológico, leve ou grave, a autoconfiança é crucial para superá-lo.

Dicas para que meu filho perca a vergonha de falar em público

Estas dicas podem ser de grande ajuda para que seu filho não tenha medo de ser ouvido em público:

Estimulação precoce

Existem crianças que, desde pequenas, interagem muito com a família e os amigos. Elas tendem a pertencer a famílias extrovertidas e lúdicas. Ao crescer, não veem o ato de falar em público como algo ameaçador ou inovador, mas como algo natural.

menino atuando como palhaço

Não ridicularize ou brigue com a criança

Uma criança ou um jovem que é repreendido ou é ridicularizado sofre o reforço dessa conduta negativa e não irá procurar mudá-la. Não se deve fazer com que eles se sintam diferentes. Pelo contrário, o melhor a fazer é convencê-los de que qualquer pessoa pode passar pela mesma situação e pode superar.

Apoiar e ajudar

Deixar que a insegurança se apodere do seu filho pequeno fará com que ele se torne mais vulnerável. Assim, ele poderá se tornar incapaz de avançar.

Uma das funções dos pais é, justamente, ser uma boa companhia e apoiar a criança em seu crescimento. Isso implica estar presente e interagir nos momentos difíceis para que exista um bom nível de comunicação na família.

Fazer com que a criança participe da busca pela solução

A própria criança deve se dar conta do problema, pois, reconhecê-lo é ter meio caminho andado. O pequeno tem que perceber que a vergonha produzida perante a exposição pública carece de justificação racional. Dessa forma, será possível que tome ações para evitá-la.

Dar significado ao fato

Falar em público não tem valor por si só, mas acaba formando objetivos, projetos e gostos. Faça com que seja um momento divertido e uma atividade prazerosa. Isso fará com que os conteúdos se tornem positivos e ganhem um novo significado.

Se a criança for pequena, um reforço positivo como um prêmio, uma valorização ou os elogios lhe ensinarão que agir ou falar em público é algo bom. Também é um grande reforço que a exposição pública lhes faça se sentirem adultos.

“Uma das funções dos pais é, justamente, ser uma boa companhia e apoiar a criança em seu crescimento.”

Não obrigar nem apressar

Se você obrigar a criança, o fato que a aterroriza se encherá de mais atributos negativos, o que impede o seu crescimento. Além disso, não se deve esperar que a mudança seja repentina, já que tudo tem o seu tempo.

Ensaiar

Um conselho para que seu filho perca a vergonha de falar em público é ensaiar a atividade em todos os seus detalhes, várias e várias vezes. Assim, seu filho se sentirá mais seguro da próxima vez que for enfrentar esse desafio.

Usar líderes ou ídolos como modelo

As crianças e os jovens têm ídolos ou líderes pelos quais sentem grande admiração. Uma boa estratégia é usar essas referências para que os pequenos se sintam seguros.

mãe conversando com filho sobre vergonha

Não supervalorizar o fato

Às vezes, as crianças têm um pensamento muito negativo, produto da supervalorização que faz de uma atividade. Tudo isso lhe causa angústia. É essencial ajudá-la para que não dê importância e saiba que a sua vida não depende disso e que ela sairá dessa situação ilesa. Igualmente, pode-se tentar canalizar esse medo em uma energia criativa.

Quando você deve procurar ajuda profissional

Se essas medidas não forem suficientes para que seu filho perca a vergonha de falar em público, é possível que haja uma razão mais profunda. Nesse caso, é hora de recorrer a um profissional. Ele fornecerá um diagnóstico claro, uma abordagem personalizada e um tratamento adequado.