O que jantar durante a gestação?

6 de junho de 2017

O café da manhã e o jantar são duas das 5 refeições diárias nas quais há mais dúvidas sobre como devem ser realizadas. Durante a gestação gera uma maior incerteza saber o que podemos comer. Quais alimentos são os mais adequados para o jantar e, a que hora devemos jantar durante a gestação? Hoje no blog vamos a contar-lhes sobre este assunto.

O primeiro e principal é levar uma dieta equilibrada e saudável, nisso se inclui jantar de forma leve e saudável. O jantar de forma leve nos ajuda a ter digestões menos pesadas, considerando que durante a noite esse processo é mais lento. Fazer os jantares desta forma também é recomendável para o resto dos mortais, mas durante a gestação é mais importante prestar atenção a isso.

O melhor é jantar alimentos moles e suaves, nada de gorduras. E fazê-lo entre as 20 e as 21 horas, para poder fazer a digestão antes de deitarmos. 

O que podemos jantar durante a gestação?

Para escolher quais são os alimentos que devemos escolher para o jantar temos que levar em consideração o que é que comemos durante o dia. Se fazemos isto, nos daremos conta de que carências tivemos no dia. Assim, pode-se aproveitar a comida e incorporar esses alimentos que nos faltaram. Os mais adequados para o jantar são:

Proteínas

Durante a gestação é melhor jantar peixe. Também pode-se incluir ovo, seja em um omelete, torta ou cozido.

Gorduras

É melhor evitá-las durante a noite, a única gordura que se recomenda é o azeite de oliva virgem.

Carboidratos

Arroz, massa (melhor se é integral) ou batata.

Alimentos frescos e naturais

 

As verduras são uns dos alimentos mais leves e que mais benefícios nos fornecem. É o caso das vagens, acelgas, espinafre, e diferentes frutas.

Também  é aconselhável beber um copo de leite quente antes de irmos para a cama. Isto favorece o relaxamento e o descanso.

Na escolha do jantar devemos considerar e pensar quais nutrientes nos faltaram consumir durante o dia. 

Propostas de comidas leves para jantar durante a gestação

Entrada

Verduras cozidas (brócolis, batatas, vagens, cenouras), cremes de verduras (abobrinha e queijo, cenouras e aipo, alho-poró, aspargos…), sopa de peixe, caldo de legumes, salada de atum e molho de iogurte, tortinhas de abobrinha, tábua de verduras, salada de beterraba, salada de maçã e frango, tomates recheados, etc…

Prato principal

Hambúrguer de frango ou peru, peixe grelhado ou em papelote (merluza, sardinha, salmão, peixe-galo, linguado, robalo), peito de peru ou de frango grelhado, espinafre salteado com camarão, tortilha de peru, queijo, presunto, berinjelas recheadas de atum, etc…

Sobremesas

Iogurte com frutas ou morango, mousse de morango, queijo fresco com morangos, salada de frutas com molho de chocolate, maçã assada, espetinhos de frutas, compota de maçã, abacaxi.

Recomendações para a alimentação durante a gestação

Durante a gestação é importante cozinhar bem os alimentos. Devemos evitar os ingredientes que estejam crus ou mal cozidos. Estes podem causar-nos doenças que poderiam ser prejudiciais para nosso bebê e para nós mesmas.

● Devemos adicionar aos jantares níveis altos de ácido fólico, cálcio, ferro, ômega 3 e vitaminas.

● Temos que fazer 5 refeições, e se sofrermos de vômitos ou refluxos, devemos comer em menor quantidade, e mais vezes.

● Evita as frituras e utilize principalmente a grelha, o forno e o vapor.

Consuma uma maior quantidade de frutas, hortaliças e legumes, mas é melhor evitá-las no jantar.

● Escolha produtos lácteos desnatados ou leites vegetais.

Evite doces, carnes gordurosas e guloseimas. Se lhe apetecem, consuma-os em algumas ocasiões específicas.

       ● Beba muito líquido, água, sucos naturais e leite.

● É recomendável fazer algum exercício, seja nadar, pilates, yoga, caminhar 30 min, etc…

Bom, agora que você já conhece alguns dos alimentos que pode utilizar para o jantar durante a gestação. É importante que se lembre, novamente: que a escolha do jantar dependerá do que comemos no resto do dia.

Levar sempre uma dieta equilibrada e saudável proporcionará enormes benefícios para nós e para nossos bebês. A partir de agora não há desculpa para não se cuidar durante a gestação, você tem alguns exemplos de jantar para que fique mais fácil  a tarefa de pensar o que jantar à noite.