O que são os pais helicópteros?

20 Julho, 2018
Alguma vez você já ouviu o termo "pais helicópteros"? Você tem alguma ideia do que eles são? Você é um deles? Descubra neste artigo!

Provavelmente você já tenha ouvido falar sobre os pais helicópteros, mas não sabe muito bem a que esse termo se refere. Aqui nós te damos uma definição e te ajudamos a descobrir se você é um deles.

O significado de pais helicópteros

O termo “pais helicópteros” nasceu em 1969, quando o Dr. Haim Ginott escreveu o livro “Pais e Adolescentes” (tradução livre). Durante várias entrevistas realizadas para reunir informações, ele percebeu que muitos adolescentes diziam sentir que seus pais estavam sobre eles, como helicópteros.

Ginott tomou esse termo e o usou em seu livro. Depois, em 2011, o termo foi adotado oficialmente e alguns dicionários começaram a incluir seu significado.

Os pais helicóptero são os pais que se concentram demais em seus filhos. Normalmente, eles assumem muita responsabilidade sobre as experiências, os sucessos e os fracassos de seus filhos. Eles são caracterizados por querer estar em todas partes e chegam aos extremos quando o assunto é proteção, controle excessivo e busca intensa pela perfeição.

Quem é o pai ou a mãe helicóptero?

Um pai helicóptero pode ser qualquer um. No entanto, se tem observado que os pais de adolescentes são mais suscetíveis à serem pais helicópteros. Eles são caracterizados por assumirem a responsabilidade por tarefas que correspondem aos seus filhos como:

  • organizar as tarefas;
  • perguntar duvidas sobre as aulas aos professores;
  • controlar excessivamente os hábitos de exercício;
  • escolher amigos;
  • prestar ajuda descomunal a seus filhos;
  • realizar as tarefas escolares mais complexas para seu filho.

Como dissemos, em qualquer idade pode surgir o comportamento do pai helicóptero, mas acredita- se que o risco aumenta na adolescência.

pais helicópteros

Os motivos dos pais helicópteros

Os pais helicópteros têm diferentes razões para terem esse comportamento, e cada um é distinto. Mas os motivos mais comuns são:

1.Medo de consequências negativas

A ideia de que os seus filhos não se encaixem em um grupo, tenham notas baixas ou não alcancem um determinado tipo de emprego pode parecer muito grave para esses pais. Na tentativa de evitar qualquer contratempo, eles vão se concentrar na prevenção do sofrimento de seus filhos.

O irônico da situação é que aquilo que eles buscam prevenir é o que eles acabam por causar em seus filhos:

  • infelicidade;
  • estresse;
  • rejeição;
  • excesso de trabalho;
  • resultados incertos.

2. Ansiedade

Alguns pais helicópteros sentem muita preocupação com fatores como a economia, o trabalho e as questões sociais. Isso os leva a querer que seus filhos alcancem um bom status, o que faz com que exerçam pressão sobre eles como forma de proteção.

O principal risco deste tipo de pressão é que os filhos podem se sentir forçados a criar falsas relações. Além disso, podem aprender que os fatores econômicos são os mais importantes na vida e se esquecer de ver o valor real das pessoas.

3. Autocompaixão

Os adultos que sentem ou sentiram rejeição, falta de amor ou que foram ignorados durante a infância têm um alto risco de serem pais helicópteros. Eles procuram evitar todas as coisas que foram tão negativas para eles.

Eles procurarão suprir toda a carência emocional em seus pequeno. Mas no caminho correm o risco de criar os problemas que tanto tentam evitar. É importante que nessa fase os pais realizem terapia para aprender a separar as suas experiências das de seus filhos.

4. Pressão por parte de outros pais

Devemos reconhecer que a convivência com outros pais pode gerar algumas pressões e competições. Tudo bem tentar ser um pai melhor, mas não se deve pressionar seu filho para ser melhor do que os outros.

É fácil para os pais competitivos perderem a noção da pressão que estão exercendo. Cada vez eles mais irão impor novos limites até que seus filhos não resistam mais. O problema é que podem fazer com que seus filhos desenvolvam um sentimento de culpa enorme.

pais helicópteros

Consequências de ser pais helicópteros

Os pais helicópteros começam com a melhor das intenções. O problema é que os limites são bem fáceis de ultrapassar. E assim muitos pais acabam causando graves problemas nas emoções de seus filhos e no relacionamento com eles.

É importante que em todos os momentos você esteja disponível para conversar com seu filho e descubra se você está excedendo seus limites, além, é claro, de saber como ele está se sentindo. Talvez seu filho fale que está tudo bem, mas logo se pode observar que a autoestima e a autoconfiança estão sendo afetadas. Você deve aprender a ver e avaliar os sinais para evitar graves danos no futuro.