O que toda esposa precisa de seu marido

29 Setembro, 2018
A seguir, você vai encontrar ferramentas valiosas para se comunicar com seu marido e expressar tudo o que precisamos em nosso papel de esposas e mamães.
 

Todas esposa precisa de apoio incondicional de seu marido para assumir com grande responsabilidade a função tão bonita e nobre que é ser mãe.

Quando um bebê chega em casa, é a mãe quem normalmente assume a maior parte dos cuidados e da proteção da criança. Ficar responsável pelo cuidado da criança durante o dia pode criar um distanciamento do casal.

No entanto, a melhor maneira de fortalecer as relações afetivas e amorosas é criar uma equipe, na qual ambos se apoiem e compartilhem igualmente os cuidados do precioso bebê.

Formar uma equipe, na qual se permita estabelecer a organização das tarefas ou rotinas de cuidados com o bebê, fará com que o estresse da nova mamãe diminua consideravelmente.

Consequentemente, ela se sentirá mais tranquila e confortável, permitindo-lhe desfrutar ainda mais os momentos com o bebê.

É importante notar que a comunicação é um fator fundamental que deve estar sempre presente.

Conversar com o parceiro e expressar os sentimentos é uma forma de conseguir um bom relacionamento e assumir da melhor maneira o trabalho tão bonito que é criar e educar o novo membro da família.

Qual é a melhor maneira de se comunicar com o seu marido?

seu marido
 

Não basta apenas falar, é necessário saber como lidar com a situação e controlar as emoções para que a comunicação seja eficaz e para que se evitem conflitos e mal-entendidos.

Por essa razão, apresentamos a seguir algumas ferramentas e dicas que irão permitir uma melhor comunicação com o seu marido:

  • Procure o momento apropriado para que você possa expressar honestamente como se sente. Conte que você gostaria de compartilhar as responsabilidades do bebê e da casa de forma igualitária. Diga que a companhia e o apoio do seu marido são fundamentais.
  • Senta-se valorizada e amada. A demonstração de amor e compreensão do pai de seus filhos fará você se sentir imensamente feliz. Por isso, é importante deixar claro ao seu cônjuge que você gostaria de compartilhar com mais frequência momentos agradáveis da vida em casal.
  • Fortaleça os laços familiares. Diga ao seu marido que gostaria que ele se comprometesse não só com você, mas também com as crianças, demonstrando, assim, apoio continuo e carinho paternal que fortalece o núcleo familiar.
  • Comunicação baseada no respeito mútuo. Quando você conversar com o seu parceiro, procure falar com carinho. Seja clara e use palavras precisas. Mas sempre com um tom de voz apropriado. controlando as emoções.

A base do bom relacionamento é o respeito.

Como formar uma boa equipe de pais?

seu marido
 

O apoio e a compreensão são alguns dos aspectos fundamentais que fazem com que as mães se sintam valorizadas. No entanto, talvez se comunicar e entender não seja o suficiente.

É por essa razão que você deve ter um plano para dividir as obrigações. Dessa forma, a casa será um lugar harmonioso e acolhedor para toda a família.

No começo, poderá ser um pouco difícil. Mas, pouco a pouco, a família poderá encontrar um equilíbrio. Assim, a dinâmica vai funcionar tanto para a mãe quanto para o pai.

É importante notar que as mudanças envolvem um processo de adaptação. Portanto, devemos entender um ao outro para alcançar a harmonia e o equilíbrio nas diversas responsabilidades.

As responsabilidades da casa devem ser distribuídas de forma equilibrada e equitativa. Sempre levando em conta as outras atividades desenvolvidas por cada um dos membros da família, tais como estudos, trabalho, etc.

Uma excelente ideia é organizar as tarefas de acordo com o cronograma de cada um. Assim, será possível criar uma melhor organização e planejamento. É fundamental que isso seja feito entre os dois para decidir em conjunto a repartição das tarefas.

Sabemos que as mães são super mulheres que podem lidar com mil coisas ao mesmo tempo: cuidar das crianças, trabalhar, fazer o trabalho doméstico, etc…

Mas, para as esposas, não há nada mais gratificante do que o fato de se sentirem apoiadas e amadas pelos seu maridos.

 
  • Sabater, V. (2019, mayo 30). El papá que cuida al bebé no «ayuda», ejerce la paternidad. Recuperado mayo de 2020, de https://lamenteesmaravillosa.com/papa-cuida-al-bebe-ejerce-paternidad/
  • Sabater, V. (2018, diciembre 23). Mi pareja «no me ayuda» en casa: ambos colaboramos. Recuperado mayo de 2020, de https://lamenteesmaravillosa.com/pareja-casa-colaboramos/