Ondas de calor na gravidez: é possível reduzi-las?

· 29 de maio de 2019
Muitas mulheres apresentam desconfortos durante a gravidez devido a alterações hormonais, náuseas e tonturas. A melhor coisa diante desse quadro é ter conhecimento de suas causas para aliviar o problema.

A partir do momento da gestação, o corpo da mulher começa a sofrer algumas mudanças, graças ao distúrbio hormonal que ocorre nele. No primeiro trimestre, há tonturas, náuseas e dor na mama. Além disso, também aparecem as ondas de calor na gravidez.

Sentir calor excessivo e de uma maneira inesperada, mesmo quando há frescor no ambiente, é normal na gestação. Essas ondas de calor podem ocorrer durante a gravidez.

Inicialmente, as ondas de calor estão mais relacionadas à alteração do ritmo hormonal, mas à medida que a gestação avança, elas se tornam mais associadas a alterações fisiológicas e anatômicas. Por exemplo, o suprimento de sangue aumenta e os órgãos internos são realocados para dar espaço ao útero.

Por outro lado, já no último trimestre da gestação, o peso corporal foi alterado e a mulher ganhou alguns quilos, motivo pelo qual o corpo dela precisa de mais energia para se movimentar, assim como o bebê. Isso causa ondas de calor durante a gravidez nas mulheres.

Síndrome do pé quente durante a gravidez

Essas ondas de calor na gravidez geralmente são sentidas no peito, no pescoço e na cabeça. No entanto, algumas mulheres também experimentam o que chamam de “pés quentes”, o que é um incômodo ligado a essas ondas de calor.

Essa síndrome, na maioria dos casos, é caracterizada por dor intensa na planta e nos dedos dos pés, bem como por uma sensação de queimação causada pelos ossos metatarsos, os quais são comprimidos e causam problemas de circulação.

Por essa razão, é extremamente importante que as mulheres grávidas usem sapatos confortáveis, com uma sola respirável e macia. Também é aconselhável massagear as pernas e os pés no final do dia para, assim, reduzir as chances de vir a sofrer desse desconforto.

mulher com azia durante gravidez

É possível controlar as ondas de calor durante a gravidez?

Existem algumas maneiras de controlar ou, pelo menos, reduzir o aparecimento dessas ondas de calor durante a gravidez. Aqui estão algumas dicas que irão ajudá-la:

Beba muita água

A ingestão constante de líquidos ajudará a neutralizar a sensação de rubor e manterá a mãe e o bebê hidratados.

Tenha um borrifador com água

Ter um borrifador com água fresca em mãos é uma excelente opção, pois será um aliado para refrescar a pele ante uma onda de calor.

Modifique a temperatura da água nos banhos

Muitas pessoas geralmente se banham com água quente no início ou no final do dia para relaxar. No entanto, com a presença desses sintomas, é aconselhável tomar banho com água morna ou fresca. 

Assim, o corpo da mãe se aclimatará e será capaz de lidar com o processo de gravidez em melhores condições.

Diminua a ingestão de alimentos condimentados

Comida picante provoca irritação no estômago, o que causa desconforto e ondas de calor em quem a ingere. É por esse motivo que se recomenda limitar ou eliminar seu consumo durante a gravidez.

Evite exercícios físicos extenuantes

Não é errado fazer exercícios físicos durante a gravidez. No entanto, se essa exaltação ocorre, é necessário reduzi-los, ou pelo menos dar preferência àqueles que não exigem tanta energia. Portanto, a natação é aconselhada com moderação.

“Inicialmente, as ondas de calor estão mais relacionadas à mudança no ritmo hormonal, mas à medida que a gravidez progride, passam a se associar mais a mudanças fisiológicas e anatômicas.”

Use roupas leves

É aconselhável usar roupas de algodão para promover a transpiração. Isso impedirá que a pele da mãe adquira uma temperatura mais alta do que o normal e que cause, assim, ondas de calor durante a gravidez.

Tenha mais almofadas e um balde com água fresca no quarto

Se você sofre de ‘pés quentes’, é aconselhável ter alguns travesseiros extras para colocar seus pés no alto. Essa técnica regula a circulação nos pés e nas pernas.

Da mesma forma, é aconselhável colocar um balde de água ao lado da cama, no caso de o calor tomar conta dos pés e, assim, evitar o desconforto noturno.

No momento, não há nenhum tratamento farmacológico conhecido para aliviar o desconforto causado pelas ondas de calor na gravidez, mas há muitas ervas refrescantes com as quais se pode fazer chás frios que ajudam a mãe a se refrescar.

Fique alerta com a temperatura

mulher preocupada

Ainda que seja completamente normal que uma mulher grávida tenha ondas de calor, é muito importante distinguir entre ondas de calor e febre.

Se a temperatura do corpo exceder 37 ou 37,5 graus Celsius, pode ser um sinal de infecção e deve ser tratado com urgência. Recomenda-se ir imediatamente a um médico.

As futuras mamães devem estar sempre um passo à frente e documentar as mudanças físicas que ocorrem durante a gravidez. Com isso, elas evitarão angústias por situações perfeitamente normais.

Lembre-se de que um ser cresce em sua barriga, é normal que seu corpo responda com comportamentos incomuns para você. No entanto, seguindo algumas dicas fáceis, você pode superar os obstáculos que surgem em seu caminho.

Perante as ondas de calor na gravidez, arme-se com as melhores estratégias e refresque sua vida! Aproveite muito sua gravidez, mas sem complicações.