Outros bons costumes para ensinar aos seus filhos

· 27 de junho de 2018
Neste artigo, vamos continuar falando sobre os bons costumes para ensinar aos seus filhos. Não são úteis apenas na infância, pois vão ajudar as relações sociais deles a serem mais saudáveis para o resto de suas vidas.

Complete a sua lista de 25 bons costumes que todas as crianças devem saber. Tente colocar em prática em casa e você verá a diferença aos poucos.

Neste artigo, continuaremos a nossa lista de 25 bons costumes que as crianças devem saber. Se quiser saber quais foram os 10 primeiros, veja aqui a parte 1.

Mais alguns bons costumes para ensinar aos seus filhos…

11. No momento de falar ao telefone: se é você quem liga, deve se apresentar e se identificar antes de perguntar sobre a pessoa que procura. O mais adequado é cumprimentar e dizer o nome.

12. Não importa qual o presente recebido, se é grande ou pequeno, se é o brinquedo esperado ou uma nota curta escrita à mão; devemos expressar palavras de agradecimento.

bons costumes

13. Há certas fases da infância em que as crianças usam palavras constrangedoras para uma situação social. Embora possa ser normal quando a criança é muito pequena, deve ser ensinado que muitas palavras não são apropriadas para interagir com cortesia com os outros.

14. Uma das boas maneiras para ensinar aos seus filhos é que eles não devem usar apelidos ofensivos para se referir a outras pessoas, sejam elas crianças ou adultos. Os únicos apelidos aceitáveis são aqueles com uma conotação afetuosa e que não incomode a outra pessoa.

15. Com o seu exemplo, você deve mostrar que não é apropriado zombar das pessoas, por nenhum motivo. Não é educado ou aceitável que alguém se sinta negligenciado ou abusado por um comentário malicioso que fazemos.

16. Quando estamos em uma classe ou na frente de uma pessoa que se volta para nós para nos dizer alguma coisa, devemos permanecer em silêncio e prestar atenção às palavras dela. É possível aprender muito com cada uma dessas situações. Quando estivermos no lugar da pessoa, saberemos como é agradável ser ouvido.

17. Se você está andando ou correndo prestando atenção em outra coisa e acidentalmente esbarra em alguém, você deve sempre pedir desculpas.

18. Um dos hábitos mais comuns em crianças pequenas é colocar os dedos no nariz. À medida que crescem, elas devem ser ensinadas que não é um comportamento que devem fazer em público. Elas também devem saber que quando espirrar ou tossir, devem cobrir a boca.

19. Quando um adulto ou alguém pede um favor amavelmente e não há impedimentos para fazê-lo, o mais adequado é fazê-lo com um sorriso e sem gestos depreciativos que denotem uma má atitude.

bons costumes

20. Um gesto bonito que pode ser desenvolvido desde que as crianças são pequenas, é ensinar corretamente a usar os talheres. Gradualmente, à medida que crescem, você pode mostrar qual é a função de cada um dos elementos e como usá-lo conforme for apropriado. Quando adultas, elas vão agradecer.

21. Quando você chegar a um lugar, deve esperar o anfitrião convidar a entrar na casa. Especialmente quando não há uma intimidade especial com a pessoa. Você deve aprender a diferenciar quando entrar na própria casa ou na casa de avós e quando for na casa de um amigo da família.

22. Evitar chamar os adultos pelo nome é uma das regras de etiqueta que as crianças podem aprender desde pequenas. Ao longo da vida, precisamos respeitar as convenções sociais. Fazer isso desde cedo será útil para as crianças.

23. O bom comportamento à mesa é outra boa maneira para ensinar aos seus filhos. Peça para que sentem adequadamente, não saiam da mesa sem pedir autorização e usem corretamente objetos como guardanapo. Estimule o bom comportamento das crianças para que sejam mantidos.

24. Não saia de um lugar sem se despedir das pessoas. É um gesto muito simples indicando cortesia e boas maneiras.

25. O último dos hábitos de que falaremos é responder respeitosamente às perguntas e sugestões de outras crianças e adultos. Ficar em silêncio quando perguntam algo estabelece a distância social e denota antipatia.