Parece que as grávidas podem tomar um pouco de café sim

3 de julho de 2018
Afinal, mulheres grávidas podem ou não podem tomar café? Descubra a opinião de alguns especialistas neste artigo.

“As mulheres grávidas não podem beber café porque a cafeína provoca aborto nas primeiras semanas de gravidez.”

“As mulheres grávidas não podem beber café porque a cafeína provoca complicações no parto.”

“As mulheres grávidas não podem beber café porque a cafeína faz com que o bebê fique com pouco peso”

Como qualquer um desses três critérios pode ser o seu, em Sou Mamãe temos a responsabilidade, pelo menos assim acreditamos, de lhe colocar a par de um estudo realizado no Estados Unidos em 2015 em relação ao consumo de cafeína durante a gravidez.

É imprescindível dizer que com isso não pretendemos fazer você mudar de opinião, nem desconsiderar os demais estudos que foram feitos no mundo todo ao longo dos anos. Neste artigo, vamos apenas apresentar uma informação que achamos que você deve conhecer.

Café não causa alterações durante a gravidez

A Universidade Americana de Obstetras e Ginecologistas, localizada em Washington, realizou em 2015 um estudo sobre o consumo moderado de cafeína durante a gravidez.

Esta pesquisa foi fundamentada para mostrar que a cafeína não é responsável por abortos ou nascimentos prematuros em mulheres que consomem essa substância. Como se pensava anteriormente e como ainda é considerado por muitos.

Devemos esclarecer que em tal pesquisa, assim como opinam outros especialistas do ramo, recomenda-se que as mulheres grávidas que consomem cafeína, seja através do café ou de qualquer outra bebida ou alimento, reduzam o consumo deste estimulante para menos de 200 miligramas por dia durante o período de gestação.

tomar um pouco de café

Este estudo por sua vez, baseado em outras pesquisas realizadas em várias mulheres grávidas, revelou que não se pode afirmar que o consumo de cafeína deve ser reduzido porque provoca aborto, nascimento prematuro, retardo no crescimento do feto, ou ainda faz com que o peso do feto fique abaixo do normal de acordo com a idade gestacional.

Bebidas e alimentos que contêm ou podem conter cafeína

Mamãe, você sabe que a cafeína é um composto químico que age como um estimulante do sistema nervoso central. Ele é encontrado em muitos alimentos e bebidas que você consome diariamente.

Abaixo, você pode encontrar uma pequena lista de alimentos que contêm ou podem conter cafeína, dependendo de como são preparados. Dessa maneira você pode decidir se quer consumir cafeína ou não durante a gravidez.

Tais alimentos e bebidas incluem:

  • Café
  • Chá verde e chá preto
  • Derivados de cola como refrigerantes com esse sabor
  • Chocolate amargo
  • Sorvetes de chocolate ou de café

Sim ao café na gravidez de acordo com estudos

tomar um pouco de café

Agora que você está grávida deve ficar mais atenta aos danos que as altas doses de café trazem para a sua saúde e o seu bem-estar.

Tenha em mente que. ao manter você mais ativa, o café pode interferir no seu período de sono e de descanso.

Se você sofre de acidez no estômago, o café intensifica essa condição. Está comprovado que a cafeína irrita as paredes do estômago e piora a gastrite.

Além disso, o elevado consumo de café atrapalha o funcionamento dos rins. Sabe-se que os rins são um dos órgãos que mais dão problemas durante esse período tão delicado.

A halitose é outra alteração bastante comum durante a gravidez e o café piora ainda mais.

Em conclusão, queremos lembrar que os especialistas sugerem que se você realmente gostar de beber um pouco de café de manhã e de tarde, é importante reduzir o consumo de cafeína para até 200 miligramas por dia.

Mas ao contrário do que se pensava anteriormente, a cafeína não é um fator que irá provocar o aborto, o nascimento prematuro de seu bebê, nem reduzir o peso dele.

Enfatizamos que pelo menos isso é o que indica esse estudo de 2015 realizado na Universidade Americana de Obstetras e Ginecologistas dos Estados Unidos da América.

Recomendados para você