A passagem para o ensino fundamental

· 11 de abril de 2018
Chegou o momento de iniciar o ensino fundamental: o desenvolvimento psicológico é percebido ao passar para outras fases do crescimento. Nessa fase, as crianças começam a enxergar a vida com outros olhos. Há mais obrigações e hábitos para consolidar.

Essa fase da infância é muito dinâmica devido às diferentes mudanças que a criança vai enfrentar. No ensino fundamental, ela vai encontrar uma estrutura mais organizada e vai começar a aprendizagem das normas sociais que vão possibilitar uma nova visão da vida.

O desenvolvimento motor em crianças de 5 e 6 anos de idade

Uma mudança significativa pode ser percebida no desenvolvimento motor. A criança já corre com facilidade e coordenação. Também faz bom uso dos membros inferiores e superiores para escalar ou andar de bicicleta. Isso indica que as habilidades estão em pleno uso e tem início um processo de fortalecimento das mesmas. Tudo o que for um desafio para a criança ela estará disposta a tentar.

Uma das atividades que vai testar as habilidades das crianças no ensino fundamental é o uso de instrumentos. Elas se tornam mais hábeis com instrumentos como tesouras, réguas e lápis, pois as habilidades motoras e a coordenação das mãos estão em um alto nível de desenvolvimento.

Além disso, por meio da prática de esportes ou de brincadeiras que requerem esforço físico, elas podem melhorar pouco a pouco suas habilidades junto com seus colegas. Isso não vai permitir apenas serem mais ágeis. Também vai ensinar a trabalhar em equipe.

Desenvolvimento cognitivo no ensino fundamental

Especificamente nessa fase, seu filho pode desenvolver a habilidade de ler. Mas não é só isso, já que também pode adquirir habilidades com os números e aprender a resolver problemas matemáticos.

Com relação a essa habilidade de interpretação, a criança pode conseguir pensar com lógica e analisar situações. Com isso, vai conseguir realizar um raciocínio válido para encontrar soluções. Por conseguinte, a criança vai compreender melhor o meio em que vive, absorver ideias e se lembrar das coisas.

Paralelamente, ela será capaz de seguir ordens e aceitar regras. Também vai identificar situações de perigo e vai começar a desenvolver uma noção de preocupação em relação às tarefas escolares.

Além disso, nessa fase vai começar a desenvolver curiosidade pela sexualidade. Vai perguntar sobre seus órgãos reprodutores, suas origens, a vida e a morte.

A criança vai mostrar, assim, que está tomando consciência da vida em si. Sua capacidade de raciocínio está aumentando e ela é capaz de entender situações realistas da vida adulta.

ensino fundamental

Mudanças emocionais no ensino fundamental

Em relação ao âmbito emocional, a criança vai perceber mudanças a partir dessa idade, pois vai começar a interagir em outros ambientes um pouco mais estruturados. Ela terá que enfrentar mudanças no seu padrão de vida, pois terá que começar a cumprir com certas exigências do ensino fundamental.

Os professores vão passar tarefas que terão que ser realizadas para desenvolver o aprendizado e o senso de responsabilidade. Os pais serão responsáveis por ajudar e supervisionar as crianças para que realizem tais tarefas. Nesse ponto serão combinados o controle e a capacidade de planejamento.

Essa maturidade emocional vai permitir que as crianças obtenham um bom desempenho e uma resposta adequada a outras demandas no seu desenvolvimento futuro. No entanto, não devemos nos esquecer que continuam sendo crianças. Por isso é preciso agir com sensatez em relação às exigências realizadas nesse processo.

“A educação é a arma mais poderosa que se pode usar para mudar o mundo”
-Nelson Mandela-

Bons hábitos de estudo em casa

No ensino fundamental, as crianças vão começar a lidar com muito mais informações e elementos de aprendizagem. Por isso, seus hábitos devem mudar, já que, por exemplo, precisam permanecer sentadas por mais tempo na sala de aula.

É o momento de iniciar hábitos de estudo. Desses hábitos vai depender em grande parte o sucesso da criança no ensino fundamental.

É importante que os pais visualizem bem a capacidade dos filhos de enfrentar essa nova fase e a analisem na medida certa. Estabelecer uma rotina em casa vai permitir complementar o ensino da escola.

Entre os bons hábitos que podemos ajudar as crianças a estabelecer, se destacam:

Preparar um lugar para o estudo

Pode ser suficiente uma mesa e uma estante para que a criança tenha à mão tudo o que precisar para suas tarefas da escola. Esse lugar sempre deve estar disponível para ela, de maneira que possa associar com seu lugar de estudo.

ensino fundamental

O momento para estudar

Como seu filho continua sendo uma criança, ele vai querer brincar e vai precisar se esforçar para manter a concentração nas tarefas. Portanto, o ideal seria realizar as tarefas primeiro e, em seguida, uma atividade recreativa.

Regularidade no trabalho

Estabelecer uma rotina na qual seu filho vai se sentir valorizado e responsável vai gerar um sentimento de segurança. Lembre-se de reiterar o cumprimento das obrigações e parabenizar quando seu filho se sair bem.

A passagem da educação infantil para o ensino fundamental não deve representar um trauma para os pais. Seu filho pode manter um ritmo próprio e você não deve compará-lo com outras crianças. Se vocês conseguirem viver essa fase com descontração, seu filho será uma criança mais feliz. Isso vai depender bastante do que o ambiente puder oferecer em prol do seu desenvolvimento.