Passear na natureza: só benefícios

03 Agosto, 2020
O contato com a natureza traz muitos benefícios para as crianças, não apenas físicos, mas também para seu estado mental. Além disso, as crianças também vão aprender a respeitar e apreciar o ambiente ao seu redor.

A existência do vínculo do ser humano com a natureza tem milhares e milhares de anos, tantos quanto a existência de ambos. Durante décadas, passear na natureza foi a principal brincadeira durante a infância das crianças.

Atualmente, devido à hiperconectividade da sociedade em que vivemos, essa atração pela natureza foi um pouco perdida. No entanto, é importante recuperar essa interação entre os seres humanos e seu ambiente natural.

Benefícios de passear na natureza

A natureza sempre foi um fator fundamental para o desenvolvimento do ser humanoEla é positiva para a estimulação dos sentidos e também oferece a oportunidade de conhecer e descobrir tudo sobre ela.

Principalmente durante a infância, o espaço natural é muito estimulante para as crianças, tanto fisicamente quanto em nível psicomotor e intelectual. Assim, algumas das vantagens de passear na natureza são:

Melhora da sensibilidade

Esse é um aspecto muito importante. O contato com a natureza traz um nível mais alto de sensibilidade às pessoas, independentemente da idade.

O contato permanente com o ambiente natural, ao longo da vida, proporciona uma maior conscientização sobre os cuidados ambientais que as pessoas devem ter para que seja possível continuar a aproveitar a natureza plenamente.

Incentivo à descoberta, à imaginação e à empatia

O contato com a natureza desde a infância traz muitos benefícios. Nesse contato entre crianças e natureza, surge a vontade de aprender e descobrir mais sobre o ambiente que habitamos.

Esse é um fator positivo, pois a criatividade e a imaginação do pequeno são imediatamente ativadas e ele até mesmo desenvolve empatia em relação ao cuidado do espaço natural.

Estímulo das habilidades psicomotoras

Talvez esse seja um dos benefícios mais interessantes oferecidos por passear na natureza desde cedo. Os ambientes naturais dão fortes estímulos ao cérebro que favorecem firmemente a psicomotricidade das crianças. Assim, são obtidas habilidades motoras como agilidade e equilíbrio.

Passear na natureza

Atividades de lazer sem impacto e com maior conservação

Passear na natureza é uma atividade de lazer que quase não tem impacto sobre o ambiente natural, desde que haja cuidado com o ambiente. Passear em florestas, lagos, montanhas ou praias estimula a conservação e a proteção desse ambiente natural, tendo em vista o maior fluxo de visitantes.

Formação de pessoas mais saudáveis

O contato com a natureza cria pessoas mais positivas, observadoras e gratas. Na prática, o ser humano alegre e saudável libera mais endorfinas, que regulam a pressão sanguínea. O resultado é uma saúde mais equilibrada e estável.

Passear na natureza traz benefícios não apenas físicos, mas também emocionais. Por esse motivo, é uma atividade extremamente saudável e altamente recomendada para todos.

“Principalmente durante a infância, o espaço natural é muito estimulante para as crianças, tanto fisicamente quanto em nível psicomotor e intelectual.”

Incentivo à aprendizagem

Para as crianças, o contato com a natureza é verdadeiramente transcendental e representa um forte estímulo para o processo de aprendizagem. As crianças têm uma curiosidade constante por conhecer e descobrir a natureza, de modo que essa é uma ferramenta pedagógica extremamente benéfica.

O contato natural ajuda não apenas a estabelecer uma relação de respeito e benefício mútuo, como também ajuda a viver uma experiência de liberdade e responsabilidade no ambiente natural.

O contato com a natureza traz muitos benefícios, tanto na infância quanto na adolescência. É importante que esses passeios sejam feitos com mais frequência, para que seja possível aproveitar ao máximo suas vantagens.

Passear na natureza

Passear na natureza: a atividade ideal

Em conclusão, passear na natureza oferece muitas vantagens para a vida humana. Em qualquer fase da vida, o contato com o meio ambiente traz bem-estar e uma maior consciência, tanto de si mesmo quanto do ambiente ao redor.

Além disso, é muito interessante incluir passeios em espaços naturais desde a infância como uma ferramenta pedagógica. Enquanto isso, nas fases seguintes, também é um estímulo fundamental para a criação de pessoas e cidadãos livres, ativos, responsáveis e conscientes da importância de cuidar do meio ambiente.

Passear na natureza não é apenas uma questão de aprendizagem, e sim algo muito mais importante: é uma questão de saúde e formação de pessoas boas.

  • Felipe, Y. L., Hernández, M. M., & Gómez, N. A. (2018). La excursión a la naturaleza o práctica de campo: una necesidad en la preparación metodológica de los docentes para contribuir al desarrollo local. Foro educacional, (30), 137-152. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=6669657
  • Gómez, J. F. (2012). Vida en la Naturaleza. Revista Pasos, 38.
  • Seral, J. C., & Correas, R. G. (2000). Actividades en la naturaleza (Vol. 560). INDE.
  • Lara, F. A., Aguilar, A. G., López, L. H., López, R. M. M., Rodríguez, J. A. M., & de Castro Calvo, M. C. R. (1996). Actividades en la Naturaleza.