Por que brincar no parque é bom para as crianças?

23 de fevereiro de 2019
Alguma vez você já se perguntou por que brincar no parque é bom para as crianças? A resposta é motivadora quando se trata do bem-estar dos mais jovens da casa.

Embora não seja mais tão comum quanto pode ter sido na sua infância, é bom sair e deixar as crianças brincarem no parque. Assim, elas podem se descontrair, interagir com outras crianças e se divertir.

No entanto, hoje em dia esse simples passatempo vem recebendo um grande valor, visto que é pouco comum diante do conforto oferecido pelos aparelhos eletrônicos e, em geral, pela vida estabelecida em torno da tecnologia.

Brincar no parque é bom para as crianças porque, assim, elas podem correr, gritar, rir e se sentir ‘livres’. Tanto na hora que estão brincando quanto depois, elas vão ter boas lembranças desses momentos atrás de uma árvore brincando de esconde-esconde ou simplesmente sentadas ao sol observando as formigas.

Brincar no parque é bom para as crianças devido aos múltiplos benefícios que isso traz

Mesmo que você não tenha percebido, as brincadeiras ao ar livre e o contato com a natureza influenciam positivamente o desenvolvimento geral das crianças. Descubra alguns benefícios de fazer isso:

Brincar no parque é bom para as crianças devido aos múltiplos benefícios que isso traz

Incentiva o exercício físico

Muitos dos brinquedos que estão nos parques são projetados com o objetivo de aumentar o desenvolvimento físico da criança. Por exemplo, fortalecendo cada um dos membros e mantendo-as ativas, o que permite o funcionamento adequado do sistema cardiovascular. Além disso, elas desenvolvem suas habilidades motoras.

Desenvolve a criatividade das crianças

Brincar no parque é bom para as crianças, pois as incentiva a desenvolver sua criatividade. Os espaços ao ar livre onde não há nada organizado favorecem a sua imaginação.

Também estimulam a sua curiosidade, obrigando-as a criar ideias de brincadeiras e atividades, ajudando-as a tomar decisões e a resolver dificuldades. O amplo espaço das áreas verdes nos parques faz com que elas precisem estabelecer os limites por si mesmas.

Melhora a saúde mental

As brincadeiras ao ar livre também oferecem benefícios psicológicos e mentais, embora não sejam tão óbvios a olho nu. Também permitem que a criança enfrente seus medos, além de criar sentimentos de realização, de tal forma que a autoestima aumente.

Benefícios sociais

Levar o seu filho ao parque o ajuda a desenvolver excelentes relações pessoais com as outras crianças e adultos. Principalmente para crianças tímidas ou retraídas.

Desenvolve a autonomia

As crianças que brincam ao ar livre regularmente são mais independentes e autônomas. Isso as ajuda a enfrentar problemas e a encontrar soluções por conta própria.

Promove a autossuficiência

A brincadeira proporciona autoconfiança às crianças para que se conheçam melhor. E com base no que elas querem, desenvolvem seus próprios interesses. Isso faz com que sintam que podem controlar suas vidas.

Fortalece os laços familiares

Brincar no parque em grupos familiares é uma boa maneira de dar atenção e dedicar tempo de qualidade aos seus filhos. Consequentemente, as crianças se sentem amadas por toda a família e, como consequência, agem reciprocamente.

4 brincadeiras que trazem benefícios específicos para as crianças

Brincadeiras que trazem benefícios específicos para as crianças

Brincar no parque é bom para as crianças porque cada uma das brincadeiras contribui para o desenvolvimento físico e mental delas de uma forma divertida. Anote as seguintes brincadeiras para que os seus filhos aproveitem de uma forma saudável.

  1. Bolas. Ao ficar atentos aos deslocamentos da bola, o pensamento das crianças é favorecido e, assim, elas começam a estabelecer relações espaciais.
  2. Balançar-se. Treina o seu equilíbrio e aumenta o desenvolvimento psicomotor. Além disso, também incentiva as crianças a pensar de forma criativa e resolver problemas.
  3. Túneis. Agilizam o movimento de engatinhar, ensinando as crianças a controlar o tempo e o espaço.
  4. Brincadeiras ao ar livre. As brincadeiras nas quais as crianças giram trabalham o ouvido e o equilíbrio, adquirindo também habilidades para ler e escrever.
    • Brincar com a terra e a areia fortalece os músculos das mãos e dos braços, desenvolvendo habilidades motoras finas.
    • Além disso, também educa o cérebro para reconhecer o que é liso, macio, duro ou grosso, ao sentir e encher as mãos com esses elementos.

O prazer de estar ao ar livre cria um estado de humor positivo, o que evita a depressão nas crianças. Para promover as conquistas dos seus filhos ao brincar no parque, faça isso regularmente e em um horário fixo.

Também é possível combinar com outras famílias porque, dessa forma, vai ser mais fácil para as crianças estabelecerem relações sociais.

Leve seus filhos ao parque e evite prejudicar sua saúde

Na sociedade atual, as crianças passam a maior parte do seu tempo livre brincando com aparelhos eletrônicos. Dessa forma, elas levam uma vida sedentária desde muito pequenas. Além disso, um grande número de videogames é violento e afeta a natureza irritada e agressiva de muitas crianças.

Certamente você já se convenceu de que brincar no parque é bom para as crianças porque, assim, de uma maneira divertida e agradável, você contribui para o crescimento saudável dos seus filhos.

  • Bento, G. (2015). Infância e espaços exteriores – perspectivas sociais e educativas na atualidade. Investigar Em Educação.