Por que é importante cuidar dos nossos avós?

· 19 de outubro de 2018
Há evidências crescentes de que os idosos preferem ser cuidados por um familiar próximo e que isso seja feito no conforto de sua casa. É por isso que devemos cuidar dos nossos avós e dedicar tempo a eles em nossas vidas para compartilhar momentos com eles.

Cuidar dos nossos avós pode ser uma tarefa gratificante ou uma tarefa árdua.

No entanto, nesta sociedade moderna, a responsabilidade de protegê-los não deve ser deixada ao acaso, muito menos ser negligenciada, como frequentemente acontece.

A importância social de cuidar dos nossos avós

Cuidar dos nossos avós é um dever muito sério. Já que nesse estágio da vida, é extremamente importante devolver-lhes todo o amor que nos mostraram e, com respeito e dignidade, fazer com que se sintam amados e necessários em nossas vidas.

Quando você é mãe e tem que lidar com o cuidado dos avós, você terá muitas oportunidades para transmitir valores aos seus filhos.

Por meio de ações diárias simples, você os ensinará a ser mais responsáveis, pacientes e amorosos.

Além disso, permitirá que eles se beneficiem da experiência adquirida com seus avós, sem esquecer também a aprendizagem intrínseca de cuidar de você quando envelhecer.

3 maneiras de cuidar dos nossos avós

Existem muitas alternativas para cuidar dos nossos avós. Mas, claro, todos os casos variam de acordo com as circunstâncias. Por isso, anote as seguintes opções:

cuidar dos nossos avós

1.- Cuidar deles em casa

Se você decidir levá-los para casa, tenha em mente o seguinte:

  • Aceite ajuda. Você deve saber que você não deve fazer tudo. Lembre-se de que mesmo que você esteja na sua casa, qualquer membro do círculo familiar, seja ele próximo ou não, pode colaborar no cuidado dos nossos avós.
  • Defina claramente os limites. Mesmo que seus avós estejam morando na sua casa, esta ainda é a sua casa. É claro que talvez você deva estar aberta a agradá-los sempre que puder para que eles se sintam confortáveis ​​e amados, mas você deve ser aquela que assume as responsabilidades.
  • Faça adequações na sua casa para cuidar de seus avós. Certifique-se de que não há perigo para uma pessoa idosa na sua casa. Se necessário, instale rampas para uma cadeira de rodas ou corrimão acessível nas escadas.
  • Oriente seus familiares. É bom conversar com as crianças que estão nessa nova situação e explicar com simplicidade o porquê agora os avós vivem conosco. Deixe-as participar de seus cuidados na medida do possível. Será uma ótima experiência para elas.
  • Prepare-se. Tenha em mãos o número de telefone do médico de seus avós, assim como seus medicamentos. Levando em consideração que é sempre bom estarmos prevenidos no cuidado com as pessoas idosas.

2.- Delegar seus cuidados a um lar especializado

Essa opção é cada vez mais aceita na sociedade moderna, principalmente devido aos dilemas existenciais e às obrigações trabalhistas da atualidade. Se você escolher essa opção, considere o seguinte:

Em primeiro lugar, pesquise. Peça referências do lar para fazer sua escolha. Também consulte se contam com uma equipe qualificada, incluindo médicos e enfermeiros

Além disso, avalie a distância que você deverá percorrer para ver seus avós em caso de emergência.

Lembre-se de que delegar seus cuidados a uma casa especializada não exime você de suas responsabilidades. Portanto, planeje visitas durante datas especiais para a família.

Por outro lado, certifique-se de ter os recursos necessários para assumir o custo que essa alternativa demanda.

Em alguns países, os asilos são muito bem organizados, não falta nada e recebem apoio do Estado em programas de previdência social. Seja cautelosa!

Delegar o cuidado de nossos avós a um lar especializado deve ser uma decisão conjunta. Todos os membros da família devem concordar com essa decisão, incluindo os próprios idosos.

“É extremamente importante devolver-lhes todo o amor que nos mostraram e, com respeito e dignidade, fazer com que se sintam amados e necessários em nossas vidas”

3.- Cuidar de nossos avós em seu próprio lar

Às vezes, será melhor ajudar nossos avós em sua própria casa. Assim, você pode protegê-los com segurança e respeitar o espaço deles.

Pode ser uma alternativa muito amorosa. Lembre-se de que nada forçado é bom. Se você está pensando em cuidar de seus avós na casa deles, pergunte a si mesma o seguinte:

cuidar dos nossos avós

  • Precisam de companhia?
  • Terei tudo que preciso para cuidar deles?
  • Esta é a melhor opção para o bem-estar deles?
  • Quais são os riscos? Quais problemas podem surgir?

Em suma, cuidar dos nossos avós na casa deles pode salvá-los dos desconfortos típicos da idade. Obviamente, isso contribui para sua saúde mental e física.

Por fim, você deve sempre lembrar que improvisar não é uma boa opção quando o assunto é cuidar dos nossos avós.

Se a qualquer momento você tiver dúvidas, consulte outros membros da família, médicos e, acima tudo, tenha em mente as preferências deles.