Por que pintar é um bom passatempo?

Por que pintar é um bom passatempo?

Última atualização: 28 Março, 2021

Desde pequenas, as crianças gostam de pintar. Por volta do primeiro ano de vida, elas conseguem fazer os primeiros desenhos e é quando descobrem que a pintura é um bom passatempo. Seus primeiros passos como pequenos artistas começam pela exploração. É um prazer ver como chega um ponto em que eles se interessam apenas pelo prazer de sentir o movimento das cores no papel.

Se você não observou, faça isso. Deixe a criança traçar as primeiras linhas, evoluindo com os desenhos e curtindo cada traço que ela mesma faz com o lápis de cor. Pode ser que você tenha um artista em potencial ao seu redor e ainda não perceba. E se não for esse o caso, não é algo decisivo para direcionar o pequeno em maior ou menor grau no mundo gráfico.

Os rabiscos são quase sempre a primeira expressão do desenho espontâneo das crianças. A estimulação precoce dessa prática ajudará a expressar as emoções e a criatividade das crianças.

Pintar é uma forma de expressão da criança, pois, através dessa atividade, ela transmite suas emoções e seu humor, além de ser uma importante forma de desabafo.

 

Bebê brincando com tinta.

Conheça seu filho enquanto você o vê pintar

É importante que, como pais, vocês incentivem seus filhos a pintar. Deixe a criança preencher um papel com traços e desenhos pelo puro prazer de pintar, colorir, desenhar sem nenhum objetivo específico ou aparente e você verá como ela se diverte em seu mundo de cores.

É bom não se preocupar demais tentando decifrar os desenhos, pois essa prática leva você a imaginar coisas que nem sequer existem em seus traços. Apesar desse conselho, é positivo observar certos aspectos nos rabiscos ou nas figuras desenhadas, sempre levando em consideração a idade da criança.

Você pode observar, entre outros aspectos, os traços: se são fortes e desproporcionais ou fracos, se há preferência por usar as mesmas cores ou se quase toda a gama de cores é usada. Estudos afirmam que crianças que usam as cores do arco-íris, ou seja, toda a gama de cores, são consideradas crianças equilibrada emocionalmente, alcançando fluidez em suas experiências pessoais e com capacidade de enfrentar e resolver problemas.

Os pais também podem observar se há a falta de atenção e concentração, se há uma necessidade constante de mudar de atividades, qual é a preferência da criança ou se ela desenha com harmonia, criatividade e talento. Todos esses traços de personalidade podem aflorar com a simples arte da pintura.

Quando a criança começa a desenhar formas ou figuras, ela não deve ser corrigida ou criticada. Como sugestão, você pode pegar um papel, colorir e desenhar ao lado dela, mostrando o que você sabe. Pintar em companhia e tranquilamente criará um ambiente propício à conversa, e a criança se sentirá amparada e amada, pois sua mãe ou seu pai estará dedicando um pouco de tempo a ela.

Menina rabiscando paredes.

Benefícios da pintura

Embora pintar e desenhar seja um passatempo muito simples, é uma daquelas atividades em que as crianças podem obter benefícios abrangentes, pois é um exercício que pode ajudar a desenvolver a personalidade em vários níveis, incluindo o nível psicomotor e cognitivo. Além de tudo isso, desenhar é uma atividade que desenvolve a criatividade e a imaginação.

A psicóloga Sara Güilamo, diretora do Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica Madre y Maestra (Pucmm), localizada na República Dominicana, explica que dentro da parte cognitiva do desenvolvimento, o manuseio de informações faz parte das habilidades necessárias para pintar. Essa atividade também estimula aptidões artísticas, com as quais é possível “estimular os diferentes hemisférios cerebrais, oferecendo uma visão abrangente do ser humano”.

Ao nível das habilidades psicomotoras, Güilamo estabelece que a pintura é eficaz por envolver uma série de encontros entre o trabalho físico e os processos psíquicos. Portanto, é uma atividade que se tornou recorrente em quase todas as crianças de idade pré-escolar, como forma de fortalecer ambas as áreas nos pequenos.

O desenho e a forma de pintar das crianças, transmitem o seu humor e revelam os seus sentimentos, porque elas estão contando as suas experiências e pensamentos sem querer. Está comprovado que essa atividade favorece a escrita, a leitura, a criatividade, além de ajudar a criança a ter mais autoconfiança. A espontaneidade com que os pequenos fazem um desenho, aliada ao uso de cores, nos revelam, psicologicamente, como é a personalidade de uma criança.

Pode interessar a você...
Como ensinar a criança a recortar?
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Como ensinar a criança a recortar?

Ensinar a criança a recortar é um processo apaixonante e contribui para o desenvolvimento de habilidades motoras finas. O objetivo principal desta atividade é que a criança desenvolva movimentos que permitam ter uma maior coordenação dos dedos, mãos e olhos.