Quais métodos de letramento existem?

· 7 de março de 2019
De maneira genérica, falamos de letramento em referência ao período no qual as crianças começam a ler e escrever. No entanto, existem diferentes métodos de letramento, cada um com suas próprias características.

Na educação, falamos de letramento em referência ao período no qual as crianças aprendem a ler e a escrever. Isso geralmente ocorre entre quatro e sete anos de idade. No entanto, devemos saber que existem vários métodos de letramento. Neste artigo, vamos detalhar os principais.

Ler e escrever são parte do mesmo processo e o seu ensino é simultâneo. É por isso que o termo letramento é usado para designar todo esse procedimento.

Este é um período fundamental no ensino, uma vez que as crianças primeiramente devem aprender a ler e escrever para depois conseguir entender outros assuntos. Existem muitas teorias sobre a melhor forma de aprendizado nessa fase. A seguir, vamos conferir algumas informações para saber quais são os principais métodos de letramento.

Diferentes métodos de letramento

Método alfabético

Esse sistema vem sendo usado desde a antiguidade. Para a sua aprendizagem, a ordem alfabética é seguida. Isto é, cada letra do alfabeto é estudada, em ordem e pronunciando o seu nome. Simultaneamente, aprende-se a escrever cada uma delas.

A cada letra que é aprendida, combinações simples de consoantes com vogais são feitas para formar sílabas (por exemplo, l + a = la). Iniciamos com duas letras, depois vamos combinando mais, para formar sílabas mais longas e, posteriormente, palavras.

Após aprender a formar palavras, aprendemos a formar frases completas. Nesse método de letramento, começamos com uma leitura mecânica. Uma vez incorporada essa capacidade, passamos para a leitura expressiva, com sinais de pontuação. Por fim, passamos para a leitura compreensiva.

Método silábico

Esse procedimento para o ensino do letramento começa com o aprendizado das vogais. Em seguida, as consoantes são ensinadas, começando com aquelas que são mais fáceis de pronunciar.

 Método alfabético

Então, são feitas combinações para formar sílabas, e cada consoante é usada com todas as vogais. Por exemplo: ma, me, mi, mo, mu. Por fim, sílabas, palavras e frases mais complexas são formadas.

Método fonético

Nesse método de letramento, utiliza-se principalmente material fonético. Com isso, as vogais são ensinadas primeiramente pelo seu som, usando figuras e imagens com objetos que começam com cada uma delas. Paralelamente à leitura, a escrita de cada vogal é ensinada.

Em seguida, cada consoante é explicada com o seu som, usando imagens de objetos ou animais que começam com essa letra. Cada consoante aprendida é combinada com as cinco vogais. Assim, são formadas sílabas simples: pa, pe, pi, po, pu.

Mais tarde, essas sílabas já conhecidas pelas crianças são usadas para formar palavras simples e frases que usam apenas essas palavras. Por fim, são ensinadas as sílabas inversas, mistas, complexas, ditongos e tritongos. Uma vez que essas sílabas tenham sido integradas ao aprendizado, elas serão usadas para formar palavras e frases.

Ler e escrever são parte do mesmo processo e o seu ensino é simultâneo, por isso o termo letramento é usado para designar todo esse procedimento.

Método global

Existe outro método menos tradicional de letramento, baseado em um aprendizado global. Seus criadores alertam, no entanto, que esse método global ou analítico só será eficaz se fizer parte de um ensino inteiramente concreto e intuitivo.

Nesse caso, o aprendizado do letramento é pensado da mesma forma como a criança aprende a falar. Para isso, unidades com significado integral são apresentadas desde o início.

Através da memória visual, a criança vai aprender a reconhecer frases e, dentro dessas frases, palavras. Ela vai conseguir fazer associações e identificar elementos iguais em palavras diferentes. Dessa forma, vai aprender a reconhecer as letras.

Nessa técnica, a palavra escrita é simplesmente a representação gráfica de uma imagem que a criança já tem na sua cabeça.

 Diferentes métodos de letramento

A duração do processo de letramento com esse método é muito variável. Tudo vai depender do grau de maturidade geral da criança e do grupo, do seu tipo de inteligência e da sua capacidade de se localizar no espaço e no tempo, entre outras coisas.

Além disso, esse método de letramento é composto por quatro etapas bem diferenciadas: compreensão, imitação, elaboração e, por fim, produção.

Nessa última etapa, as crianças vão ser capazes de entender perfeitamente o que leem, além de explicar e responder perguntas sobre o conteúdo. Elas também vão conseguir escrever pequenas cartas, descrições e composições, por exemplo.

Sem dúvida, ao aprender a ler e escrever com este sistema, as crianças adquirem uma leitura rápida e fluente. Isso provavelmente acontece por causa do rápido entendimento do que elas estão lendo e escrevendo.

Em conclusão, os diferentes métodos de letramento existentes servem para melhorar a aprendizagem em sala de aula para os nossos filhos. No entanto, também são muito eficazes em casa. Então, não hesite em dedicar um tempo à prática para que, dessa forma, o seu filho possa desenvolver as suas habilidades linguísticas ao máximo.