Qual bomba tira-leite comprar?

Existem inúmeras marcas de bombas tira-leite no mercado, mas como saber qual é a melhor para você? Aqui vamos ajudar você a descobrir qual é a que mais se adapta a você e às suas necessidades.
Qual bomba tira-leite comprar?

Última atualização: 14 Abril, 2021

Uma bomba tira-leite é um produto de amamentação que, muito provavelmente, você usará em algum momento durante essa fase. As bombas tira-leite podem ser elétricas ou manuais e sua função, como o próprio nome sugere, é extrair o leite materno da mama para que possa ser armazenado e oferecido ao bebê em outro momento.

O uso da bomba tira-leite requer prática. No início, você pode ver uma pequena quantidade de leite sair, mas aos poucos você verá que as extrações vão ganhando maior volume.

É importante enfatizar que o leite que é extraído com bomba não é um indicador da quantidade de leite produzida. Nenhuma bomba será semelhante à sucção de um bebê.

Assim, vamos explicar a seguir as diferenças entre as bombas tira-leite manuais e elétricas. Tome nota de tudo!

Bombas tira-leite manuais

As bombas tira-leite manuais são as mais simples e econômicas. Funcionam com a pressão da sua mão na alavanca, que será responsável por bombear o seio.

Mulher usando uma bomba tira-leite manual.

São especialmente recomendadas para extrações pontuais, pois são um pouco mais lentas que as elétricas e também pode ser cansativo bombear manualmente todos os dias, em diferentes momentos do dia. Você pode encontrar inúmeras marcas de bombas tira-leite manuais, mas todas geralmente contam com características muito semelhantes.

Bomba tira-leite elétrica de extração simples

Elas são mais caras do que as bombas manuais, mas são mais confortáveis de usar. Essas bombas contêm um motor que, seja por corrente ou por pilhas, é a parte que realiza a força de sucção para extrair o leite. Assim, basta colocá-la no seio sem a necessidade de bombear manualmente.

As extrações costumam ser mais rápidas e eficazes, pois também permitem regular a velocidade e a intensidade da sucção.

São recomendadas para casos de uso continuado e frequente ou para a conveniência de não ter que bombear manualmente e para a maior velocidade e eficiência em comparação com um modelo manual.

A Medela é a marca que mais aperfeiçoou a extração do leite com seu sua bom tira-leite elétrica, embora no mercado você possa encontrar outras alternativas muito boas como a marca Avent, da Philips.

Existem também algumas bombas tira-leite elétricas sem fio, mais recentes, como as da Elvie Pump, uma ideia muito inovadora no mundo das bombas tira-leite. Elas têm um design ergonômico, pequeno, leve e silencioso para colocar entre o seio e o sutiã, e sem fios, para poder tirar o leite sem ser notada, em qualquer lugar ou hora.

A novidade desse tipo de bomba tira-leite é a ausência de fios. Portanto, você deve levar em consideração se, no seu caso, vai se extrair em qualquer lugar ou hora para que o investimento em uma bomba desse tipo valha a pena, já que seu preço é bastante alto e o funcionamento é igual ao de uma bomba tira-leite elétrica.

Bomba tira-leite elétrica de extração dupla

São as mais caras por causa da sua eficácia e dos seus ótimos resultados. O funcionamento é o mesmo de uma bomba tira-leite de extração simples, mas com a peculiaridade de poder estimular as duas mamas ao mesmo tempo, de forma que o tempo de extração será menor e com resultados rápidos e super eficazes.

O fato de serem mais eficazes e economizarem tempo no momento da extração não significa que seja o modelo que toda mãe precisa ter. Elas são especialmente recomendadas nos casos em que as extrações devem ser muito frequentes e periódicas. Por exemplo, quando você precisa extrair leite por causa de um parto prematuro ou para a amamentação múltipla.

Portanto, você terá que avaliar se, no seu caso, compensa financeiramente ter uma bomba tira-leite desse tipo, já que geralmente elas são muito caras.

Mulher usando uma bomba tira-leite dupla.

Extração manual

A extração manual é conhecida como a técnica de extrair o leite do seio manualmente, sem nenhum tipo de bomba tira-leite. A extração é realizada colocando a mão sob o seio de forma que o polegar fique acima do seio e o indicar e do meio, embaixo, formando a letra C.

Você deve colocar os dedos a cerca de 3 centímetros do mamilo e empurrar contra a parede torácica. Então, os dedos devem ser comprimidos em direção ao mamilo sem que deslizem na pele.

Pode ser um pouco complicado no início, mas é uma questão de tempo e prática para conseguir. Quando se aprende essa técnica, ela costuma ser realmente eficaz. Na verdade, muitas mães relatam que, depois de aprenderem essa técnica, até a preferem mais do que bomba tira-leite. A maior vantagem é que é grátis e não é necessário lavar nenhum utensílio, nem antes nem depois das extrações.

O que considerar ao comprar uma bomba tira-leite?

Na hora de comprar uma bomba tira-leite, você também deve observar o tamanho do funil (a parte que fica em contato com o seio). Nem todos os mamilos têm o mesmo tamanho, e usar o tamanho errado (grande ou pequeno demais) pode dificultar a extração, além de machucar o mamilo.

Por esse motivo, é importante certificar-se de que a bomba tira-leite tem a opção de troca de funil, pois nem todas têm essa possibilidade e vêm com um funil padrão, sem a alternativa de troca de tamanho.

Em suma, esperamos que este artigo tenha sido interessante e tenha ajudado você a descobrir qual é a bomba tira-leite que mais se adapta às suas necessidades.

Pode interessar a você...
9 dicas para usar a bomba tira-leite
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
9 dicas para usar a bomba tira-leite

Amamentar seu bebê é um gesto íntimo, muito carinhoso e belo. Toda essa ambiência intervém na saída do leite, que é influenciada por hormônios muit...