Qual é a idade ideal para aprender a ler?

19 de maio de 2018
No desenvolvimento da criança, muitos pais se perguntam qual é a idade ideal para o seu filho aprender a ler. Na verdade, isso vai depender de vários fatores.

Qual é a idade apropriada para aprender a ler? É uma questão cuja resposta vai depender das habilidades adquiridas pelas crianças e seu amadurecimento. Apressar ou pressionar pode ser nocivo e até gerar frustração.

Primeiro: aprender a falar

O primeiro requisito é que a criança tenha um comando básico da linguagem. Isto é, que saiba falar e entender o que ouve.

A maturidade é outro aspecto que deve ser considerado, uma vez que a criança pode não ser capaz de assimilar esse tipo de aprendizado. Portanto, para aprender a ler, é necessário um desenvolvimento psicológico e cognitivo adequado para iniciar esse processo.

Um tempo transcorre desde o início dos primeiros sons até alcançar uma naturalidade na expressão através da linguagem. Esse tempo será maior ou menor dependendo de cada criança. A linguagem escrita requer alto desenvolvimento intelectual e a criança deve ser capaz de lidar com isso.

Qual é a idade mínima para aprender a ler?

Os primeiros contatos com a linguagem escrita podem ocorrer dos três aos cinco anos de idade. Traços, brincadeiras, desenhos, saber algumas letras ou palavras – como nomes – podem despertar o interesse da criança pela linguagem escrita. Reconhecer alguns sinais e começar a usar o lápis é mais do que suficiente nessa idade.

O mais comum é iniciar a criança em atividades de leitura e escrita aos seis anos de idade. De acordo com suas habilidades naquele momento, ela poderá seguir em frente.

As questões a serem consideradas para uma criança começar a aprender a ler são:

  • Coordenação motora.
  • Organização visual.
  • Amplo vocabulário.
  • Capacidade de ouvir.
  • Interesse para aprender.
Qual é a idade ideal para aprender a ler?

O estímulo precoce é nocivo?

No mundo de hoje, tudo está indo mais rápido e as crianças também. Essa é uma era de estimulação constante, cada dia mais precoce.

No entanto, o avanço de determinados processos pode ser nocivo. A frustração pode aparecer e desencadear problemas de compreensão e expressão que se manifestam por volta dos 12 anos de idade.

“É necessário um desenvolvimento psicológico e cognitivo adequado para aprender a ler”

Passar da linguagem oral para a escrita implica um salto. Um som após o outro muda para um símbolo após o outro. Isso pode ser confuso e abstrato demais para a criança. Como consequência, o avanço dos processos pode desmotivar seu filho.

O início das habilidades grafomotoras

Tanto o método tradicional quanto o construtivista fixam em três anos o período de início da atividade grafomotora. Essa prática de movimentos de escrita ou ensino de palavras é aplicada a partir do período da educação infantil.

A motivação é fundamental

A motivação é uma responsabilidade de pais e professores e é o fator determinante para alcançar os objetivos. O importante é que a criança não se sinta pressionada. Perto dos cinco anos de idade, ela já é capaz de se adaptar às rotinas, e desenvolve habilidades sociais, brinca e trabalha em grupos. Tudo pode ser alcançado, mas sem imposições.

A imitação é uma prática comum nas crianças. Elas podem se interessar em ler ou escrever quando veem os mais velhos fazendo isso. Poderão, inclusive, reconhecer e tentar reproduzir as letras do seu nome ou escrever uma carta aos avós ou a um amigo.

De acordo com tudo isso, qual seria a idade recomendada para começar a ler? A resposta a esta questão vai depender da maturidade de cada criança.

Como estimular sua criatividade

Existem ações que podem ajudar a criança a começar mais cedo na alfabetização. Com esses atos simples podemos estimular sua criatividade:

  • Leia boas histórias.
  • Brinque com cartas ou jogos relacionados a palavras.
  • Mostre livros com relevos, texturas ou jogos.
  • Coloque materiais de desenho e escrita ao seu alcance.

A imitação é uma prática comum nas crianças. Elas podem se interessar em ler ou escrever quando veem os mais velhos fazendo isso.

O objetivo dessas ações sempre deve ser divertir a criança. Desta forma, ela vai se interessar espontaneamente pelo maravilhoso mundo da leitura, uma ferramenta que poderá manter por toda a vida.

Qual é a idade ideal para aprender a ler?

Uma criança que expressa e pronuncia bem as palavras e entende o que é dito está pronta para aprender a ler. Se ela entender conceitos como ‘em baixo’, ‘em cima’, ‘antes’, ‘depois’, ‘esquerda’ ou ‘direita’, o início da leitura será mais fácil.

Quando ela for capaz de fazer movimentos com a mão controlando a pressão no lápis, o início pode ser iminente.

Desde o ensino de letras e orações até propostas que estimulam a imaginação e a criatividade, as opções são variadas. O importante é acompanhar as crianças levando em conta seu próprio ritmo e ajudá-las nesse processo sem fazer nenhum tipo de pressão.

  • Aguirre, R. (2004). La lectura y la escritura en la escuela. En J. Peña González y S. Serrano de Moreno (Comps.), La lectura y la escritura en el siglo XXI (pp. 70-79). Mérida. Venezuela: CDCHT – ULA.
  • Cassany, D. (1996). Describir el escribir. Cómo se aprende a escribir. Barcelona, España: Pai-dós Ibérica S. A.
  • Fons, M. (2001). Enseñar a leer y a escribir. En Didáctica de la lengua en la educación infantil. Monserrat, Bigas y Monserrat Correig (Edits.) pp. 179-212. Madrid: SÍNTESIS, S. A.
  • Villalobos, J. (2006). La lectura y la escritura como herramientas para el desarrollo del cono-cimiento y aprendizaje. En J. Peña González y S. Serrano de Moreno (Comps.), La lectura y la escritura. Teoría y práctica (pp. 33-58). Mérida. Venezuela: Consejo de Desarrollo Científico Humanístico y Tecnológico y Consejo de Estudios de Postgrado Universidad de Los Andes.
  • Vygotsky, L. (1979). El desarrollo de los procesos psicológicos superiores. Barcelona: Grijalbo.