Qual é o peso ideal para engravidar?

29 de julho de 2019
Mulheres muito magras ou com sobrepeso podem ter problemas para engravidar. Para conseguir, é melhor preparar o corpo e manter um peso saudável.

A maternidade é uma experiência muito especial para qualquer mulher. Aquelas que desejam vivê-la, muitas vezes têm muitas dúvidas. Uma delas é referente ao peso ideal para engravidar.

Antes da concepção, muitas mulheres fazem um acompanhamento com um médico especialista para receber orientações nesse novo caminho que desejam seguir. A primeira recomendação que recebem nesses casos é começar a fazer mudanças em seus hábitos antes de engravidar.

Isso nada mais é do que preparar o corpo para a gravidez e focar na manutenção de boas condições de saúde antes da chegada do bebê. Um dos fatores mais importantes para o corpo de uma mulher grávida é o peso. As mulheres devem sempre saber se estão acima ou abaixo do ideal.

Se a mulher que deseja engravidar está com excesso de peso, é hora de trabalhar para eliminar os quilos extras. Pelo contrário, não é aconselhável fazer dieta durante a gravidez. Ao emagrecer, substâncias chamadas cetonas são produzidas, o que prejudicaria o bebê.

Já durante a gravidez, é normal ficar um pouco mais gordinha, e isso permite que o bebê cresça adequadamente. Entretanto, no curso da gravidez, o ganho de peso não deve ser desproporcional. Deve sempre ser um aspecto monitorado por um especialista.

Como saber qual é o peso ideal para engravidar?

Existem vários métodos para determinar o peso ideal e os limites de cada mulher. O ideal é ter um peso de acordo com a altura. Isso pode estar relacionado ao que é conhecido como índice de massa corporal (IMC).

O IMC é uma quantidade que determina, a partir da altura e do peso, o intervalo em que uma pessoa está classificada em relação à sua composição corporal. Inclui baixo peso, peso normal e obesidade. Esse cálculo é obtido dividindo o peso do corpo de uma pessoa em quilos pela altura ao quadrado.

Como saber qual é o peso ideal para engravidar?

A partir daí, o médico indicará qual é o peso ideal da futura mamãe e indicará o quanto é permitido aumentá-lo durante as 40 semanas de gestação.

Se as recomendações dadas pelo especialista não forem seguidas e a gravidez começar com excesso de peso, podem ocorrer as seguintes complicações:

  • Diabetes gestacional.
  • Defeitos no tubo neural.
  • Bebês muito grandes – isso é conhecido como macrossomia.
  • Indução do parto.

Por essas razões, obter o peso ideal para engravidar é geralmente o maior objetivo que as mulheres propõem para começar com o estágio da maternidade.

Obesidade e gravidez

Se quiser alcançar o peso ideal para engravidar, você precisa se observar atentamente para evitar a obesidade a todo custo. Hipertensão, diabetes e doenças cardíacas não são os únicos problemas que afetam a fertilidade. O excesso de peso também tem um grande impacto.

Por ter excesso de peso corporal, os níveis de insulina aumentam, o que faz com que os ovários produzam mais hormônios masculinos do que deveriam. Isso interromperia a liberação dos óvulos e, portanto, a gravidez não ocorreria.

Consequências da obesidade na gravidez

A obesidade não afeta apenas a saúde da gestante em muitos aspectos, mas, além disso, é um grande obstáculo para engravidar. Algumas das razões são as seguintes:

  • Causa ciclos menstruais irregulares.
  • Há um aumento na taxa de infertilidade.
  • Menos sucesso com tratamentos de fertilidade.

“Não é aconselhável fazer dieta durante a gravidez. Ao emagrecer, são produzidas substâncias chamadas cetonas que causam danos ao bebê”.

É fácil alcançar o peso ideal para engravidar?

A melhor coisa para conseguir alcançar um peso ideal antes da gravidez é ir a um especialista que avaliará e orientará a futura mãe durante todo o processo. A perda de peso ajuda não só a conceber, mas permitirá ter uma boa gravidez e um desenvolvimento normal do bebê.

É importante reconhecer que dietas severas não ajudam. Evitar proteínas, gorduras ou carboidratos trará consigo uma falta de vitaminas e minerais.

Um plano de refeições que inclua frutas, legumes, laticínios, carnes com baixo teor de gordura, grãos, arroz e aveia é ideal para a perda de peso. Assim, com porções moderadas, o corpo se mantém com os nutrientes necessários para diminuir os quilos extras e aumentar a fertilidade.

Especialistas em maternidade apontam que 12% das mulheres que não conseguem engravidar tem como motivo a obesidade. Enquanto isso, 75% das mulheres inférteis engravidam se controlarem seu peso e mantiverem uma boa alimentação, com uma dieta adequada e supervisionada.

É fácil alcançar o peso ideal para engravidar?

Por outro lado, fazer exercícios também vai ajudar a alcançar o peso ideal para engravidar, além de promover o bom humor. Caminhar por, pelo menos, 30 minutos por dia é uma boa parte do exercício.

Isso reduz o colesterol e melhora a frequência cardíaca. Além disso, ajuda a combater o estresse, tranquiliza a mente e, ao começar a ver os resultados, aumenta a autoestima e contribui para a paz interior.

Seguir todas essas recomendações irá ajudar você a viver a maternidade sem problemas. Pode parecer rigoroso no início, mas no final traz uma bela recompensa.