Quando introduzir o ovo na dieta das crianças?

9 de março de 2019
Os ovos podem significar uma grande contribuição proteica na dieta das crianças. O importante é saber a idade que elas podem começar a comer e as quantidades diárias recomendadas.

Sem dúvida, o ovo é um alimento que não pode faltar na dieta das crianças. No entanto, devemos saber quando e como introduzi-lo para que possam assimilar corretamente.

Esse alimento é rico em nutrientes e contribui de forma excepcional durante os primeiros anos de vida. A criança pode consumir ovos de qualquer forma? Na verdade, não. Mas não se preocupe, pois isso não necessariamente limita as opções. A seguir vamos discutir com mais detalhes.

Características do ovo

O ovo é composto de três partes: a casca, a gema e a clara. Juntas, a clara e a gema contém um alto índice de aminoácidos essenciais, ácidos graxos e outros nutrientes como minerais e vitaminas. Em outras palavras, os nutrientes são bem distribuídos entre a clara e a gema.

A clara é composta por 88% de água e proteínas, dentre as quais se destaca a ovoalbumina. Por esse motivo, em alguns tipos de dieta é recomendável comer somente a clara. Por sua vez, a gema é rica em gorduras, sais minerais e proteínas ricas em fosfatos.

Sem dúvida, o ovo é um alimento que não pode faltar na dieta das crianças. No entanto, devemos saber quando e como introduzir para que possam assimilar corretamente.

Benefícios de introduzir o ovo na dieta das crianças

  • Contém todos os nutrientes necessários para o crescimento saudável das crianças.
  • Fornece energia por conta do alto teor de proteína.
  • Devido à sua consistência macia, é fácil de mastigar e digerir.
  • Proporciona vitamina D ao organismo de forma natural.
  • A gema contém gorduras monoinsaturadas, por isso não é prejudicial ao organismo.

Por isso e por muitos outros benefícios, devemos incluir o ovo na dieta das crianças. Para isso, é recomendável um ovo por dia, é claro, dependendo da idade da criança.

A introdução do ovo na dieta das crianças deve ser feita aos poucos. A partir dos 6 meses de idade recomenda-se começar com a gema e de preferência bem cozida, sem adição de sal.

A partir dos 10 meses, você pode começar a introduzir o ovo em outras formas como, por exemplo, ovo mexido (sem tempero), omelete e cozido. O ovo frito deve ser evitado até os 24 meses de idade.

Em relação à quantidade de ovo, recomenda-se não abusar. Assim, comece oferecendo meio ovo durante os primeiros 6 meses e , depois, um ovo inteiro. Não é recomendado que a criança coma muitos ovos, excedendo a quantidade correspondente ao seu peso.

Ideias para introduzir o ovo na dieta das crianças

Ninhos de ovos com espinafre e queijo

Ingredientes

  • 1 ovo
  • Manteiga
  • Queijo (a gosto).
  • Creme de espinafre
  • Opcional: cebola

Modo de preparo

  1. Quebre o ovo, bata e reserve.
  2. Unte uma assadeira com manteiga e coloque o creme de espinafre, até mais ou menos a metade.
  3. Com uma colher grande, abra alguns buracos no espinafre.
  4. Despeje um ovo batido em cada buraco.
  5. Tempere com apenas um toque de sal e logo adicione o queijo. Em seguida, coloque em banho-maria.
  6. Leve ao forno por cerca de 15 minutos ou até que os ovos estejam cozidos.

Omeletes coloridos

Ingredientes

  • 2 ovos
  • 1 pedaço de cenoura cozida
  • 1 beterraba cozida
  • 4 folhas de espinafre
  • 1 colher de sopa de óleo
  • Uma pitada de sal

Modo de preparo

  1. Bata os ovos e adicione o sal (só um pouco).
  2. Coloque os ovos batidos em três recipientes diferentes, dividindo em partes iguais.
  3. Com os demais ingredientes faça três purês: um com a cenoura, um de beterraba e outro com o espinafre.
  4. Logo, adicione cada purê nos respectivos recipientes com os ovos batidos.
  5. Coloque o óleo em uma frigideira quente.
  6. Despeje uma mistura de cada vez para ter omeletes coloridos.
A omelete com batata é um bom prato para as crianças.

Omelete de batatas

Ingredientes

  • 1 batata
  • 2 ovos
  • 1 colher de sopa de óleo.
  • Sal e queijo a gosto.

Modo de preparo

  1. Corte a batata em pedaços pequenos e cozinhe no óleo.
  2. Bata os ovos em uma tigela e adicione sal. Coloque as batatas cozidas na tigela com os ovos batidos.
  3. Coloque a mistura inteira em uma frigideira. Uma vez cozida de um lado, vire com a espátula ou com a ajuda de um prato. Dessa forma a omelete vai ficar bem dourada em ambos os lados.

Hoje em dia é possível encontrar no mercado até mesmo ovo em pó, embora geralmente seja destinado à confeitaria. Apesar de geralmente não ser usado normalmente, não tem problema se for o mais conveniente para o seu caso.​​

O ovo é um alimento que deve ser usado de forma equilibrada para que possa realmente contribuir para a nutrição das crianças e, portanto, para a saúde delas.